“Kompasu” | Sinal 8 de tempestade tropical içado às 22h30

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) vão içar o sinal 8 de tempestade tropical às 22h30, uma vez que o ciclone tropical “Kompasu” vai cruzar o ponto mais próximo da região, a cerca de 400 quilómetros de Macau, entre esta madrugada e o início da manhã desta quarta-feira.

Esta noite o tempo deverá ser “instável com aguaceiros fortes frequentes acompanhados de trovoadas”, apontam os SMG. Entre as 21h e as 5h devem ocorrer inundações nas zonas baixas da cidade, com o nível de altura da água a não ir além dos 0,5 metros.

12 Out 2021

Evergrande volta a falhar pagamento de juros sobre títulos de dívida

Detentores de dívida da construtora chinesa Evergrande disseram hoje não ter recebido o pagamento de juros sobre três títulos emitidos em dólares, numa altura em que a dívida corporativa chinesa negoceia aos preços mais altos numa década.

A construtora mais endividada do mundo deveria ter feito o pagamento de juros, num valor total de 148 milhões de dólares, até ao meio-dia de terça-feira em Hong Kong.

Os investidores disseram não terem recebido o dinheiro, de acordo com duas pessoas familiarizadas com o assunto, citadas pelo jornal Financial Times. Os títulos foram negociados pela última vez entre 21 e 22 cêntimos por cada dólar.

No mês passado, a Evergrande falhou um pagamento crucial de 83,5 milhões de dólares de juros, sobre um título que vence no próximo ano. A falha desencadeou um período de carência de 30 dias, antes de a empresa entrar formalmente em incumprimento. A empresa já perdeu pelo menos cinco pagamentos de juros de títulos.

A crise de liquidez da Evergrande suscitou dúvidas sobre a saúde financeira do setor imobiliário chinês, à medida que as vendas diminuem e Pequim pressiona as construtoras a reduzirem os níveis de dívida.

O mercado de títulos de dívida com altas taxas de juros da Ásia, no qual as construtoras chinesas estão entre os maiores emissores, após décadas de rápida urbanização no país, foi agitado por vendas em pânico, nos últimos dias, que empurrou as taxas para os valores mais altos numa década.

A Sinic Holdings, outra construtora chinesa, disse na noite de segunda-feira que “provavelmente” vai entrar em incumprimento, porque “não tem recursos financeiros” suficientes.

As obrigações estão a ser negociados a cerca de 25 cêntimos por cada dólar.

A construtora Fantasia, que foi fundada por uma sobrinha do ex-vice-presidente chinês Zeng Qinghong, falhou também o pagamento de juros sobre um título de 206 milhões de dólares.

O sentimento em relação aos títulos da Evergrande piorou consideravelmente em julho, após uma série de incidentes que incluíram o congelamento dos seus depósitos num banco chinês e a suspensão da venda de alguns projetos.

A venda de novas casas e terrenos no setor imobiliário da China representa cerca de um quarto da economia do país.

12 Out 2021

“Kompasu” | Governo pede que não haja corrida aos supermercados

Depois de uma corrida aos supermercados verificada nas últimas horas, devido à chegada do ciclone tropical “Kompasu”, a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT) e o Conselho de Consumidores (CC) garantem que a quantidade de bens alimentares disponível para venda é suficiente.

Segundo uma nota de imprensa, os fornecedores e comerciantes já foram contactados pelas autoridades para que assegurem “o fornecimento estável dos bens de primeira necessidade”.

As autoridades afirmam que “o stock de bens de primeira necessidade em Macau é suficiente”, sendo que as mercadorias têm chegado ao território “constantemente”. Neste sentido, é feito um apelo aos residentes para que “não comprem em excesso nem façam uma corrida às compras”.

Até este mês chegaram a Macau 1,47 milhões de quilos de arroz e 920 mil litros de óleo alimentar, “uma quantidade suficiente para o consumo de cerca de um mês”.

12 Out 2021

“Kompasu” | Sinal 8 emitido entre as 20h e as 23h de hoje

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) prevêem içar o sinal 8 de tempestade tropical entre as 20h e as 23h de hoje. Segundo uma nota divulgada esta tarde, o ciclone tropical deverá continuar a intensificar-se, atravessando a parte setentrional do Mar do Sul da China.

Durante a madrugada de hoje e o início da manhã desta quarta-feira “o sistema vai cruzar o ponto mais próximo da região, a cerca de 400 quilómetros a sul de Macau”, deslocando-se depois “genericamente” para a Ilha de Hainan.

Esta noite o tempo deverá ser instável, com aguaceiros fortes e frequentes, acompanhados de trovoadas. O vento deverá intensificar-se gradualmente. Entre as 21h e as 3h de amanhã deverão ocorrer inundações nas zonas baixas do Porto Interior, com uma altura do nível de água inferior a 0,5 metros.

Tendo em conta a ocorrência destas inundações, a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT) e o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau (CPTTM) deslocaram-se hoje às zonas baixas da cidade para lembrar os comerciantes de que devem adoptar medidas preventivas.

12 Out 2021

Ciclone “Kompasu” deixa nove mortos e 11 desaparecidos nas Filipinas

Pelo menos nove pessoas morreram e 11 foram dadas como desaparecidas nas Filipinas, após a passagem do ciclone tropical severo Kompasu, que provocou inundações e aluimentos de terra, anunciaram hoje as autoridades. As fortes chuvas provocadas pela tempestade tropical fustigaram a ilha mais populosa do arquipélago, Luzon.

Quatro pessoas morreram em aluimentos de terras na província montanhosa de Benguet e uma pessoa afogou-se na província costeira de Cagayan, disse a agência de gestão de catástrofes filipina. Sete pessoas foram dadas como desaparecidas na ilha de Luzon.

“Onze municípios foram inundados mas a situação acalmou esta manhã”, disse Rogelio Sending, responsável pelas comunicações para a província de Cagayan, à agência France-Presse (AFP).

As principais estradas e pontes ainda estão inundadas, acrescentou, embora as águas tenham começado a regredir.

A tempestade tropical provocou uma inundação repentina numa aldeia na província de Palawan, uma ilha no sudoeste do arquipélago, fazendo quatro mortos. Quatro pessoas estão desaparecidas nesta ilha.

Todos os anos, cerca de 20 tempestades atingem as Filipinas, um arquipélago composto por mais de 7.600 ilhas, devastando culturas e infra-estruturas, o que contribui para manter milhões de pessoas em situação de pobreza.

12 Out 2021

Charles Michel e Xi Jinping realizam videoconferência esta semana

O presidente da China, Xi Jinping, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vão ter uma conversa por telefone na sexta-feira, avançou hoje o jornal de Hong Kong South China Morning Post.

A teleconferência, que decorre por volta das 10:30 no horário de Bruxelas, será a primeira ocasião em que os dois líderes falam diretamente, desde o final do ano passado.

Xi falou em várias ocasiões com líderes de países europeus, como a chanceler cessante da Alemanha, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron.

Fontes citadas pelo South China Morning Post asseguram que a China estava relutante em retomar as negociações oficiais, após a deterioração nas relações entre Pequim e a União Europeia, mas que um “esforço coletivo” foi realizado em Bruxelas para consertar os laços.

Em março, a UE impôs as suas primeiras sanções ao país asiático – especificamente a quatro altos funcionários e uma entidade – desde o massacre da Praça de Tiananmen, em 1989, como resultado das “graves violações dos direitos humanos” contra minorias de origem muçulmana na região de Xinjiang, no noroeste da China.

Pequim respondeu com medidas semelhantes contra eurodeputados, políticos, investigadores e entidades europeias que criticam o país asiático.

O Parlamento Europeu congelou em maio o processo de ratificação do acordo de investimento alcançado entre a UE e a China, em dezembro do ano passado, após sete anos de negociações, com uma resolução aprovada por ampla maioria.

12 Out 2021

Covid-19 | Confirmado novo caso de recaída oriundo do exterior

Um residente, que foi diagnosticado com covid-19 fora de Macau, voltou a testar positivo, tendo sido classificado esta segunda-feira pelas autoridades como um caso confirmado de recaída do exterior. À chegada ao território, o homem fez um teste de zaragatoa com um resultado “fraco positivo”, tendo feito depois um teste sorológico, com resultados de anticorpos IgM e IgG positivos.

Segundo uma nota de imprensa, trata-se de um homem de 20 anos que foi diagnosticado com covid-19 nos EUA dia 28 de Agosto, não estando vacinado.

No dia 8 de Outubro, o residente efectuou nos EUA um teste de ácido nucleico com resultado negativo. No dia seguinte viajou desde Detroit até São Francisco, tendo feito novo voo para Singapura. Esta segunda-feira o homem viajou de Singapura para Macau.

O residente encontra-se internado no Centro Clínico de Saúde Pública do Alto de Coloane, estando neste momento sem sintomas. As autoridades não consideram este caso de infecção como sendo importado.

12 Out 2021

“Kompasu” | Probabilidade “alta” de ser içado sinal 8 já esta noite

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) deverão içar esta noite e durante a madrugada desta quarta-feira o sinal 8 de tempestade tropical, a propósito da passagem pelo território do ciclone tropical “Kompasu”. De momento o sinal 3 continua em vigor, sendo que o vento se deverá intensificar nas próximas horas.

Por volta das 14h o ciclone tropical encontrava-se a cerca de 550 quilómetros a sueste de Macau, com direcção à ilha de Hainan.

Segundo as previsões dos SMG, a partir da noite de hoje “o tempo na região tornar-se-á instável havendo, frequentemente, aguaceiros fortes acompanhados de trovoadas”. Entre as 21h e 3h poderão ocorrer inundações nas zonas baixas do Porto Interior, com uma altura do nível das águas inferior a 0,5 metros.

12 Out 2021

AMC | Acordo com banca procura evitar crédito malparado

A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) anunciou ontem ter coordenado com o sector bancário medidas para agilizar os apoios financeiros às PME anunciados pelo Governo. Para aliviar a pressão financeira em relação ao reembolso de empréstimos, “a AMCM suporta a adopção pelos bancos, de medidas de concessão de benefícios às PMEs, nomeadamente o ‘pagamento apenas de juros, sem amortização do capital’, no pressuposto de os riscos serem controláveis”.

Assim sendo, é afirmado que os bancos podem também estender, “de forma adequada”, o período de reembolso de empréstimos para as empresas em dificuldades. Para evitar situações de incumprimentos, a AMCM esclarecer que não será considerado empréstimo vencido, ou situação de crédito malparados, a falta de reembolso do capital emprestado. Para aceder a este programa, as PME podem candidatar-se nos bancos de Macau.

Outra medida que visa reduzir encargos operacionais foi com acordo que estabelece que PME em dificuldade que usem os serviços da Simple Pay podem beneficiar de “redução ou abatimento da taxa de transação” quando usado este meio de pagamento electrónico. As “PME que tenham realizado a actualização dos aparelhos existentes para o “Simple Pay”, por um período de seis meses, ficando dispensadas da necessidade de apresentar qualquer pedido”.

12 Out 2021

“Kompasu” | Içado sinal 1 de tempestade tropical

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) içaram hoje o sinal 1 de tempestade tropical devido à passagem pelo território do ciclone tropical “Kompasu”.

Segundo um comunicado, na manhã desta terça-feira os SMG “vão considerar” içar o sinal 3. Em relação ao sinal 8, poderá ser içado entre a noite desta terça-feira e o início da manhã de quarta-feira, sendo essa possibilidade “relativamente alta”.

Às 23h o “Kompasu” estava a cerca de 870 quilómetros a lés-sueste de Macau, com direcção à Ilha de Hainan. Nas pontes, o vento pode atingir, ocasionalmente, o nível forte com rajadas. O vento deverá intensificar-se nas próximas horas, sobretudo a partir da noite de terça-feira. Nesse período o tempo “vai ser instável, havendo aguaceiros ocasionais e trovoadas”.

12 Out 2021

SJM | Casino Oceanus reabriu portas no sábado

O casino Oceanus, da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), voltou a abrir portas no sábado após ter sido detectado o 72º caso de infecção associado a este local.

Segundo um comunicado, a SJM assegura que foi realizada a limpeza e desinfecção dos espaços mediante inspecção dos Serviços de Saúde de Macau. O casino Oceanus fechou portas no passado dia 5, depois de as autoridades terem registado o percurso do homem, que jogou neste casino nos dias 28 e 30 de setembro, bem como no dia 2 de Outubro.

11 Out 2021

Covid-19 | Anunciadas medidas para garantir emprego e sobrevivência do comércio

O Governo anunciou hoje “oito medidas destinadas a manter a sobrevivência dos estabelecimentos comerciais e assegurar o emprego”, em resposta à crise provocada pela pandemia de covid-19.

A bonificação de juros de créditos bancários para as pequenas e médias empresas (PME), alterações às condições de pedido de empréstimos sem juros para as PME e o ajustamento do reembolso de empréstimos sem juros são três das decisões tomadas pelas autoridades.

O Governo prometeu também incentivar a abanca a ajudar as empresas no reembolso dos empréstimos e as instituições financeiras a oferecerem benefícios nas taxas cobradas.

As autoridades anunciaram também a isenção do pagamento de rendas e retribuições dos bens imóveis pertencentes ao Governo, por um período de três meses, o incentivo aos proprietários de estabelecimentos comerciais na redução das rendas e a prestação de apoio aos operadores e às pessoas empregadas.

Neste último caso, os residentes de Macau contribuintes do imposto profissional com rendimentos de trabalho não superiores a 144 mil patacas e alguns profissionais liberais vão receber um apoio extraordinário de dez mil patacas.

Já os contribuintes do imposto complementar de rendimentos e do segundo grupo do imposto profissional que não tenham obtido lucros operacionais em 2020 vão receber entre dez mil e 200 mil patacas.

11 Out 2021

Economia | Clube de negócios luso-chinês inaugura sede em Cantão

Um grupo de empresários portugueses e chineses inaugurou ontem um clube de negócios em Cantão, visando impulsionar o comércio e o investimento, numa altura em que as viagens para aquele país estão praticamente suspensas.

“Fazemos tudo o que faz uma câmara de comércio e mais o que eles não fazem”, explicou à agência Lusa Dário Silva, empresário natural do Porto, radicado na China há mais de dez anos, e um dos fundadores do clube de negócios, designado PorCham.

O projecto conta com 50 associados, que representam um total de volume de negócios de 2,5 mil milhões de euros, maioritariamente empresas chinesas com interesses em Portugal, segundo a mesma fonte.

“O objectivo da PorCham é transformar-se na primeira Câmara de Comércio China–Portugal com sede na China, o que não existe e nunca existiu”, explicou Dário Silva.

“Há já alguns projectos de investimento em estudo que passam pela criação de dois fundos de investimento, um vocacionado para o sector imobiliário e outro para o sector empresarial e industrial, bem como dois possíveis investimentos industriais, um no sector da saúde e outro no sector dos compósitos”, revelou.

O clube vai também servir para fazer “mediação” de negócios e representar produtos portugueses em feiras comerciais na China, numa altura em que as entradas no país são restringidas pelas medidas de prevenção contra a covid-19. A emissão de autorizações de residência ou vistos de negócios foi reduzida durante o período da pandemia.

“Muitos [dos empresários] não podem vir, mas já houve casos em que os empresários enviam o produto e nós representamos”, disse Dário Silva.

11 Out 2021

Literatura | Prémio Nobel para o tanzaniano Abdulrazak Gurnah

A Academia Sueca distinguiu com o Nobel da Literatura o escritor tanzaniano Abdulrazak Gurnah “pela sua penetração compassiva e intransigente dos efeitos do colonialismo e do destino dos refugiados no fosso entre culturas e continentes”. Hoje é conhecido o Nobel da Paz, depois de já terem sido revelados os prémios da Química, Física e Medicina

O Comité do Nobel da Literatura anunciou ontem que o prémio deste ano foi para o escritor tanzaniano Abdulrazak Gurnah, autor de “Paradise” e “Desertion” e de obras que reflectem as consequências do colonialismo e a condição dos refugiados.

Nascido em 1948 na ilha de Zanzibar, na Tanzânia, Abdulrazak Gurnah mudou-se para o Reino Unido nos anos 60 com o estatuto de refugiado. Apesar do Swahili ser a sua primeira língua, Gurnah cedo começou a escrever em inglês, fazendo desta a sua ferramenta literária.

Esta foi a primeira vez desde 2012 que o Nobel é atribuído a um escritor não europeu ou americano: nesse ano foi Mo Yan, escritor chinês, a receber o prémio.

O autor, nascido na Tanzânia, foi assim distinguido este ano com o prémio literário, depois de este ter sido atribuído em 2020 à poetisa Louise Glück, em 2019 ao romancista, poeta e dramaturgo Peter Handke e em 2018 à romancista e contista Olga Tokarczuk.

De acordo com a Academia Sueca, o grosso da obra de Gurnah — consistente em 10 romances e vários contos — debruça-se sobre a condição do refugiado, da dificuldade entre manter a identidade que se carrega e a que é preciso criar numa nova terra.

Abdulrazak Gurnah não tem actual obra traduzida disponível em Portugal. O seu único título trazido para o mercado nacional é “Junto ao Mar”, editado pela defunta Difel, em 2003.

Tal como ocorreu em 2020, o Comité do Nobel da Literatura anunciou que os vencedores das diferentes categorias do Nobel não tomarão parte no tradicional jantar que ocorre em Dezembro em Estocolmo devido à situação pandémica. Por isso mesmo, a cerimónia de entrega e os discursos dos vencedores são transmitidos.

Ciências da natureza

Na quarta-feira foi a vez do prémio Nobel da Química, entregue ao alemão Benjamin List e ao escocês David MacMillan “pelo desenvolvimento de organocatálises assimétricas”. Os dois cientistas, apesar de manterem investigações em separado, chegaram a uma maneira de desenvolver moléculas de forma mais rápida e que possibilita maiores avanços no ramo farmacêutico.

Segundo a Academia Sueca, os dois laureados desenvolveram “uma nova e engenhosa ferramenta para o fabrico de moléculas” através de “organocatálise”, o que permite a “investigação de novos fármacos e já permitiu começar a tornar o ramo da química mais verde”.

A descoberta consiste no facto de que, à data, se acreditar que apenas metais e enzimas fossem capazes de catalisar a formação de moléculas. No entanto, o seu processo de “organocatálise assimétrica” permite que se criem “pequenas moléculas orgânicas”, o que facilita avanços em múltiplas indústrias.

A criação molecular é uma parte fundamental da química, o que, por sua vez, alimenta muitos dos avanços científicos já realizados e ainda por realizar. Até agora, a formação de moléculas estava a cargo de enzimas, isoladas pelos cientistas e sujeitas a experiências para provocar reações químicas.

Agora, porém, houve avanços. Se List conseguiu catalisar a criação de moléculas não através de uma enzima, mas de um aminoácido chamado prolina, já MacMillan chegou à conclusão que os catalisadores metálicos se destruíam através da mistura e que talvez fosse necessário criar um tipo de catalisador mais duradouro.

O estudo do caos

O Nobel da Física deste ano foi atribuído a Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi “pelas suas contribuições para a nossa compreensão de sistemas físicos complexos”.

A Real Academia Sueca de Ciências explica que os três laureados foram distinguidos “pelos seus estudos de fenómenos caóticos e aparentemente aleatórios. Syukuro Manabe e Klaus Hasselmann estabeleceram a base de nosso conhecimento sobre o clima da Terra e como a humanidade o influencia. Giorgio Parisi é distinguido pelo seu contributo revolucionário para a teoria de materiais desordenados e processos aleatórios”.

O primeiro prémio do ano a ser conhecido foi o Nobel da Medicina, atribuído conjuntamente a David Julius e Ardem Patapoutian pelas “descobertas de receptores de temperatura e tacto”. As suas descobertas explicam como o calor, o frio e o tacto enviam sinais ao sistema nervoso.

“A nossa capacidade de sentir calor, frio e o tacto são essenciais para a sobrevivência e para a interação com o mundo à nossa volta. No nosso dia-a-dia tomamos essas sensações como garantidas, mas como é que os impulsos nervosos são iniciados, para que a temperatura e a pressão sejam percepcionados? Esta foi a resposta que os laureados pelo Nobel [da Medicina de 2021] encontraram”, explica o comité Nobel.

David Julius utilizou a capsaicina, um composto químico e o componente activo das pimentas que induz uma sensação de ardor para identificar um sensor nas terminações nervosas da pele que respondem ao calor. Já Ardem Patapoutian utilizou células sensíveis à pressão para descobrir um novo tipo de sensores que respondem ao estímulo mecânico na pele e nos órgãos internos.

Como resultado destas descobertas, passou a ser possível compreender melhor como o calor, o frio e o toque são processados pelo sistema nervoso, sendo que os canais iónicos identificados são importantes para muitos processos fisiológicos e situações de doença.

O conhecimento adquirido está já a ser utilizado no desenvolvimento de tratamentos para uma série de patologias, incluindo dor crónica. “Os laureados identificaram os elos essenciais que faltavam à nossa compreensão sobre a complexa interacção entre os nossos sentidos e o meio ambiente”, conclui o comité Nobel.

Até às descobertas alcançadas por David Julius e Ardem Patapoutian, a compreensão do funcionamento do sistema nervoso e a interpretação do ambiente à sua volta desconhecia ainda como é que a temperatura e os estímulos mecânicos eram convertidos em impulsos eléctricos no sistema nervoso.

David Julius nasceu em Nova Iorque, em 1955, e é atualmente professor na Universidade da Califórnia. Ardem Patapoutian nasceu em Beirute, no Líbano, em 1967, mas mudou-se durante a juventude para os Estados Unidos e é agora cientista no instituto Scripps Research, em La Jolla, na Califórnia.

10 Out 2021

Suíça | Pequim classifica como “construtivo” encontro com EUA

A reunião entre altos cargos das duas nações em território neutro pôs alguma água na fervura e fez descer as tensões acumuladas nos últimos tempos. Um encontro virtual entre Joe Biden e Xi Jinping, até ao fim deste ano, continua a ser uma carta em cima da mesa

A China descreveu ontem como “construtivo” o encontro entre o conselheiro de Segurança Nacional do Presidente dos Estados Unidos, Jake Sullivan, e o chefe da diplomacia chinesa, Yang Jiechi, na cidade suíça de Zurique.

“A reunião foi construtiva e propícia para melhorar o entendimento”, apontou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, em comunicado.

“Foi acordado fortalecer a comunicação, lidar adequadamente com as diferenças, evitar conflitos e trabalhar para que as relações bilaterais retornem ao caminho certo”, lê-se na mesma nota.

A relação entre as duas maiores economias do mundo deteriorou-se, nos últimos anos, abalada por atritos no comércio, tecnologia, Direitos Humanos ou segurança.

O comunicado chinês não refere se o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o seu homólogo chinês, Xi Jinping, realizarão um encontro virtual, antes do final deste ano, conforme afirmou na quarta-feira o alto funcionário dos EUA.

A mesma fonte sublinhou que Washington deseja “estabilidade”, para “poder competir de forma intensa, mas responsável”, embora Pequim tenha salientado ontem que se opõe ao uso da palavra “competição”, para definir as relações entre os dois países.

Yang disse que a China quer uma “coexistência pacífica”, enquanto Sullivan enfatizou que os EUA vão “continuar a investir na sua própria força nacional” e a “trabalhar com os seus aliados e parceiros”, de acordo com o comunicado da Casa Branca.

Caminho do respeito

Segundo o comunicado chinês, Yang disse ao seu interlocutor que espera que os EUA adoptem “políticas racionais e pragmáticas” e não usem “questões de soberania e segurança” para “interferirem” nos assuntos internos da China.

O comunicado chinês também refere que os Estados Unidos “aderiram” ao acordo, segundo o qual Washington reconhece Pequim como o único Governo de toda a China.

Taiwan é um dos principais motivos de conflito entre as duas potências, especialmente porque Washington é o principal fornecedor de armas da ilha e seria o seu maior aliado militar, caso a China tente a reunificação através da força.

Ambas as partes concordaram que a conversa ocorreu num tom “respeitoso”, em contraste com a cimeira de Março, na qual os representantes de ambas as potências protagonizaram uma acesa troca de acusações.

10 Out 2021

UNESCO | Gravações de Amália Rodrigues candidatas a “Memória do Mundo”

O Ministério da Cultura vai candidatar as gravações de Amália Rodrigues ao programa da UNESCO “Memória do Mundo”, pelo “valor universal excepcional do registo da sua voz e da sua música”

“No ano em que se celebra o centenário de Amália Rodrigues, queremos sublinhar a importância e o valor universal excepcional do registo da sua voz e da sua música, fazendo jus à sua carreira de dimensão mundial, através do reconhecimento pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) das gravações da cantora como “Memória do Mundo””, afirmou ontem a ministra Graça Fonseca, em comunicado.

A candidatura será promovida através da equipa do Arquivo Nacional do Som, em colaboração com a empresa Edições Valentim de Carvalho, proprietários da colecção de fitas-magnéticas gravadas pela intérprete entre 1951 e 1990 e de outras gravações, algumas nunca publicadas, como ensaios, diferentes ‘takes’, experiências de gravação, gravações informais, entre outras.

Segundo a tutela, a candidatura surge na sequência do trabalho há muito desenvolvido pela Valentim de Carvalho na preservação e divulgação deste fundo documental, e do início de um trabalho conjunto com a equipa do Arquivo Nacional do Som. O ministério sublinha que esta candidatura não só afirma a importância do fundo documental como reforça, na prática, a visibilidade destes documentos.

Amália Rodrigues, intérprete associada a um repertório português como é o Fado, foi responsável pelo conhecimento e projecção deste género além-fronteiras, sem ter deixado de se preocupar com a sua renovação.

Quando fala em fronteiras, o Governo refere-se a “todas as fronteiras”, ultrapassando as meramente territoriais, que ficaram marcadas pela apresentação da cantora “ao vivo” e pela publicação dos seus discos “praticamente em todo o mundo, da Austrália ao Azerbaijão”, com actuações tanto em palcos de pequenas aldeias italianas, como no Lincoln Center de Nova Iorque.

Linguagem universal

Amália Rodrigues ultrapassou também as fronteiras linguísticas, interpretando repertório em diversas línguas, como português, castelhano, italiano, francês, ou inglês, mas sobretudo as fronteiras do género musical, “afirmando-se como intérprete do fado, mas também das rancheras mexicanas, do flamenco ou da canção italiana, entre outros repertórios, inspirando autores como Charles Aznavour ou Vinicius de Moraes que para ela compuseram”.

Graças a uma capacidade musical “fora de série”, a cantora “revolucionou o género nas suas múltiplas dimensões: musical, poética, estilo interpretativo”.

A candidatura das gravações de Amália Rodrigues à UNESCO tem uma forte vertente patrimonial, de reconhecer a importância universal destes documentos, de os preservar e divulgar. Mas o Ministério da Cultura pretende também “reafirmar inequivocamente o compromisso nacional de desenhar, implementar e fortalecer uma política consolidada para o património sonoro”.

“Estamos a trabalhar para instalar as infraestruturas tecnológicas do Arquivo Nacional de Som, encerrando definitivamente uma história já com 85 anos. E estamos a fazê-lo e vamos sempre fazê-lo com todos os agentes detentores de património sonoro”, destaca o comunicado.

O programa “Memória do Mundo” é uma iniciativa da UNESCO que visa realçar e preservar documentos ou conjuntos de documentos com especial significado e valor para a humanidade, documentos (também fonográficos) com “importância mundial e valor universal excepcional”.

Passado preservado

As primeiras inscrições tiveram lugar em 1997, e até hoje já foram inscritos como “Memória do Mundo” mais de 400 documentos ou conjuntos de documentos, da Magna Carta, à Bíblia de Gutenberg.

Portugal inscreveu até hoje 10 documentos, entre os quais o Tratado de Tordesilhas, o Diário da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia, a Carta de Pêro Vaz de Caminha, ou o registo de vistos atribuídos pelo cônsul português Aristides Sousa Mendes.

No domínio do património documental sonoro, são vários os documentos inscritos: o disco com a gravação do apelo à resistência francesa na II Guerra Mundial pelo General de Gaulle; as colecções históricas dos arquivos de som de Viena, de Berlim e de São Petersburgo; as 103 fitas-magnéticas com a gravação do julgamento de Frankfurt – Auschwitz; ou uma colecção de discos comerciais de Carlos Gardel.

A candidatura das gravações de Amália Rodrigues será a primeira candidatura portuguesa de um documento audiovisual.

7 Out 2021

Diplomacia | EUA e China concordam respeitar acordo sobre Taiwan

Joe Biden e Xi Jinping falaram por telefone e concordaram em respeitar o acordo entre os dois países, datado de 1979, que reconhece Pequim como o único Governo chinês de Taiwan

O Presidente dos Estados Unidos disse ter falado com o homólogo chinês sobre Taiwan e que tinham concordado em respeitar o ‘status quo’, quando as tensões entre Pequim e Taipé estão a aumentar.

“Falei com Xi [Jinping] sobre Taiwan. Concordámos… em cumprir o acordo sobre Taiwan. Deixámos claro que não creio que [ele] deva fazer outra coisa que não seja cumprir o acordo”, disse Joe Biden aos jornalistas, na terça-feira, em Washington, de acordo com a agência de notícias EFE.

Biden parecia referir-se ao ‘status quo’ entre os EUA e a China, no qual Washington reconhece, desde 1979, Pequim como o único Governo chinês, com o entendimento de que Taiwan terá um futuro pacífico.

Esta política é conhecida como “uma só China” e foi adoptada pelo antigo Presidente Jimmy Carter.

Ao abrigo desta política, os Estados Unidos garantem apoio político e militar a Taiwan, mas não prometem explicitamente defender a ilha de um ataque da China, de acordo com a agência de notícias Associated Press (AP).

A chamada entre Biden e Xi surgiu depois de Taiwan ter afirmado que as relações com Pequim atravessam “o pior momento em 40 anos” e denunciado que 150 caças chineses entraram na Zona de Identificação de Defesa Aérea (ADIZ) da ilha, nos últimos dias.

O ministro da Defesa taiwanês, Chiu Kuo-cheng, afirmou que a China será “capaz de encenar uma invasão em grande escala” da ilha até 2025.

Franceses na ilha

Taiwan recebe também desde ontem uma delegação de quatro senadores franceses chefiada pelo antigo ministro francês da Defesa Alain Richard, apesar dos fortes protestos da embaixada de Pequim em Paris.

A delegação francesa tem, entre outros encontros, uma reunião marcada com a chefe de Estado de Taiwan, Tsai Ing-wen.

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros já rejeitou os protestos da República Popular da China afirmando que os senadores são livres de se deslocarem para onde entenderem.

Taiwan já felicitou a delegação francesa por ter resistido às pressões de Pequim.

“Saúdo com sinceridade e dou as boas vindas a Taiwan à delegação francesa chefiada pelo senador Alain Richard. Estou ansiosa por me encontrar com vocês e de trabalharmos juntos no sentido de reforçar as ligações entre Taiwan e a França”, disse Tsai Ing-wen através de uma mensagem que foi divulgada através da rede social Twitter.

“Os senadores efectuam esta visita apesar das ameaças do embaixador da República Popular da China em França, mostrando um empenhamento indefetível em relação ao espírito da liberdade e da democracia”, declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan em comunicado publicado na terça-feira.

A embaixada da República Popular da China avisou ontem, no portal oficial da embaixada em Paris, que esta visita pode afectar “a imagem de França”, os interesses de Pequim e as relações sino-francesas.

Em Fevereiro, o embaixador chinês em Paris enviou uma carta ao antigo ministro francês da Defesa, Alain Richard, declarando que a visita é “uma violação clara do princípio de uma só China” e que a deslocação “iria transmitir um mau sinal às forças independentistas de Taiwan”.

Membro da maioria presidencial, Alain Richard preside o Grupo de Informação entre o Senado de Paris e Taiwan e já visitou Taipé em 2015 e em 2018.

Richard recusa estar a pôr em causa o princípio de “uma só China”.

 

7 Out 2021

A Arquitectura e o Jogo

Guy-Ernest Debord (1931-1994)

(tradução de Emanuel Cameira)

Johan Huizinga, no seu Ensaio sobre a Função Social do Jogo, declara que “… a cultura, nas suas fases primitivas, contém as características de um jogo, desenvolvendo-se segundo as formas e na atmosfera do jogo”. O idealismo latente do autor, e a sua apreciação estritamente sociológica das formas superiores do jogo, não desvalorizam a contribuição inaugural da sua obra. Em contrapartida, é inútil buscar nas nossas teorias sobre a arquitectura ou a deriva outros motivos que não a paixão pelo jogo.

Por mais que o espectáculo de quase tudo o que acontece no mundo desperte a nossa raiva e repulsa, sabemos, cada vez mais, como nos divertir com tudo. Aqueles que disto depreendem sermos ironistas são demasiado ingénuos. A vida à nossa volta é feita para obedecer a necessidades absurdas e, inconscientemente, tende a satisfazer as suas verdadeiras necessidades.

Essas necessidades e suas satisfações, compreensões parciais confirmam, por toda a parte, as nossas hipóteses. Por exemplo, um bar chamado Au bout du monde [Nos confins do mundo], no extremo de uma das unidades mais icónicas de Paris (o bairro das ruas Mouffetard-Tournefort-Lhomond), não está lá por acaso. Os acontecimentos não pertencem ao acaso senão quando conhecemos as leis gerais da sua categoria. É necessário um esforço de consciencialização, tão amplo quanto possível, dos elementos que determinam uma situação, à parte dos imperativos utilitários cujo poder sempre diminuirá.

Queremos, para a arquitectura, uma organização muito parecida à que desejamos para a nossa vida. Como é costume dizer-se, as belas aventuras só podem ter por cenário e origem os bairros elegantes. A noção de bairros elegantes mudará.

Actualmente já podemos apreciar a atmosfera de algumas áreas desoladas, tão propícias para a deriva quanto escandalosamente impróprias para habitação, onde, ainda assim, o regime aprisiona as massas trabalhadoras. O próprio Le Corbusier reconhece, em O urbanismo é uma chave, que se tivermos em conta o miserável individualismo anárquico da construção nos países altamente industrializados, “… o sub-desenvolvimento pode ser tanto a consequência de um excedente quanto de uma escassez”. Esta observação pode naturalmente voltar-se contra o promotor neo-medieval da «comunidade vertical».

Indivíduos bastante diferentes esboçaram, mediante abordagens aparentemente similares, algumas arquitecturas intencionalmente desconcertantes, que vão desde os célebres castelos do rei Luís da Baviera a essa casa de Hanôver que, ao que parece, o dadaísta Kurt Schwitters perfurou com túneis e complexificou com uma floresta de colunas de objectos aglomerados. Todas essas construções recuperam um carácter barroco, tal como se encontra evidenciado nos ensaios de uma arte integral, que seria absolutamente determinante. A este respeito, importa assinalar as relações entre Luís da Baviera e Wagner, que deveria, ele próprio, buscar uma síntese estética, da maneira mais penosa e, no fim de contas, mais vã.

Convém deixar claro que se as manifestações arquitectorais, às quais somos levados a atribuir valor, estão de algum modo relacionadas com a arte naïf, estimamo-las por algo bem diferente, a saber, a concretização de forças futuras inexploradas de uma disciplina economicamente pouco acessível às «vanguardas». Na exploração dos valores mercantis estranhamente ligados à maioria dos modos de expressão da ingenuidade, é impossível não reconhecer a exibição de uma mentalidade formalmente reaccionária, bastante parecida à atitude social do paternalismo. Mais do que nunca, acreditamos que os homens merecedores de alguma estima devem ter sabido como responder a tudo.

Os riscos e os poderes do urbanismo, que actualmente nos contentamos em utilizar, não porão fim ao nosso objectivo de participar, tanto quanto possível, na sua construção real.

Sabemos bem que o domínio provisório e livre da actividade lúdica, que Huizinga acredita poder opor enquanto tal à «vida quotidiana» caracterizada pelo sentido do dever, é o único campo, fraudulentamente limitado por tabus de pretensão duradoura, da vida verdadeira. Os comportamentos de que gostamos tendem a estabelecer todas as condições favoráveis ao seu pleno desenvolvimento. Trata-se agora de alterar as regras do jogo, de uma convenção arbitrária para um fundamento moral.

Tradução de: Debord, Guy-Ernest, “L’Architecture et le Jeu” [1955], in Potlatch 1954-57, Paris, Éditions Gérard Lebovici, 1985, pp. 137-140.

7 Out 2021

Pedofilia | Papa Francisco manifesta vergonha pela “longa incapacidade da igreja”

O Papa Francisco expressou ontem a sua “vergonha” pela “longa incapacidade da Igreja” para lidar com casos de padres pedófilos, após a publicação do relatório sobre os 330.000 casos de abuso ou violência sexual por parte do clero francês.

“É um momento de vergonha”, disse o Papa Francisco durante a audiência geral ao saudar os fiéis franceses, expressando às vítimas a sua “tristeza e dor pelos traumas que sofreram”.

De acordo com o relatório publicado na terça-feira por uma comissão independente, desde 1950 houve pelo menos 330.000 casos de abuso ou violência sexual contra menores ou pessoas vulneráveis e foram identificados entre 2.900 e 3.200 pedófilos religiosos.

De acordo com o relatório, cerca de 216 mil crianças ou adolescentes foram abusados ou agredidos sexualmente por clérigos católicos ou religiosos. O número de vítimas sobe para 330 mil quando considerados “agressores leigos que trabalham em instituições da Igreja Católica”, nomeadamente nas capelanias, professores nas escolas católicas ou em movimentos juvenis.

“Infelizmente são números enormes”, disse o Papa, referindo-se ao relatório em que emergia um panorama desolador para a Igreja Católica, “muito acima do esperado”, como reconheceu o presidente da Conferência Episcopal Francesa, Éric de Moulins-Beaufort .

“Desejo exprimir às suas vítimas a minha tristeza e a minha dor e pelos traumas que sofreram, a minha vergonha, a nossa vergonha, pela longa incapacidade da Igreja em colocá-los no centro das suas preocupações”, sublinhou o Papa.

E acrescentou: “Rezemos, Senhor, a Ti a glória e a nós a vergonha”.

Feridas e coragem

Francisco também encorajou “os bispos, fiéis, superiores e religiosos a continuarem todos os esforços para que dramas semelhantes não se repitam” e expressou apoio aos religiosos franceses para superar “esta provação”.

O Papa Francisco convidou também os católicos franceses a assumirem “suas responsabilidades para que a Igreja seja um lar seguro para todos”.

Após a publicação do relatório, a assessoria de imprensa do Vaticano publicou uma nota na qual o Papa expressava sua “dor” e se dizia que os seus pensamentos se dirigiam “em primeiro lugar às vítimas, com grande dor, pelas suas feridas”, agradecendo pela coragem de denunciar os factos.

Francisco foi informado da publicação do relatório pelos bispos franceses, que recebeu nos últimos dias durante as visitas ‘ad limina’ (que se realizam a cada cinco anos).

“O seu pensamento dirige-se em primeiro lugar às vítimas, com grande dor, pelas suas feridas, e gratidão, pela sua coragem na denúncia, e à Igreja da França, porque, na consciência desta terrível realidade, (…) é possível embarcar num caminho de redenção “, referia o comunicado.

O relatório surge depois do escândalo que envolveu o agora ex-padre Bernard Preynat, condenado, no ano passado, por abuso sexual a uma pena de prisão de cinco anos, por ter abusado de mais de 75 rapazes durante décadas.

7 Out 2021

Cruzeiro Seixas em destaque na feira de arte internacional Frieze

O percurso e obra do mestre do surrealismo português, falecido há cerca de um ano, voltam a ser objecto de homenagem numa prestigiada feira de arte intenacional

A obra de Cruzeiro Seixas vai estar em destaque na feira de arte internacional Frieze, em Londres, entre 13 e 17 de Outubro, enquanto trabalhos dos portugueses Hugo Lami e Pedro Sousa Louro vão ser expostos em eventos paralelos.

Documentos, cartas, desenhos, poesia e desaforismos, alguns dos quais inéditos, do surrealista português, que morreu no ano passado aos 99 anos, vão estar entre trabalhos raramente vistos de figuras pouco conhecidas mas consideradas pioneiras da arte de vanguarda do século XX.

A exposição chega pela mão da Perve Galeria, que fez a selecção de trabalhos produzidos ao longo de cinco décadas, com especial ênfase no trabalho desenvolvido pelo artista enquanto viveu em Angola, ao longo de 12 anos, entre 1952 e 1964.

O período em Angola destaca-se não só pelo uso de materiais nativos que na altura causaram fricções com o regime e a polícia política de Salazar, mas também por ter sido quando “descobriu a poesia”, influenciando a sua produção artística posterior, disse à agência Lusa o diretor artístico da Perve Galeria, Carlos Cabral Nunes.

A mostra é a segunda exposição internacional do Ciclo de Celebração do Centenário de Cruzeiro Seixas, que a Perve tem vindo a promover desde 2020.

“Cruzeiro Seixas não é só um artista português, é um extraordinário artista internacional. A sua obra transcende a nossa própria condição de país periférico. Ele é o artista português na história que mais obra realizou, com uma linguagem própria, muito multifacetada e surpreendente”, defende.

A Secção Spotlight tem curadoria da norte-americana Laura Hoptman, actual diretora do museu Drawing Center em Nova Iorque, e que durante anos dirigiu o Museu de Arte Moderna da mesma cidade (MoMA), e é dedicada a artistas vanguardistas do século XX.

Este ano vai incluir obras de artistas como Woody Vasulka, Franca Sonnino, Obiora Udechukwu, Feliciano Centurión, Santi Alleruzzo, entre muitos outros.

A galeria de Lisboa é a única portuguesa entre 130 galerias internacionais na Frieze Masters, a parte da feira internacional dedicada a artistas anteriores ao século XXI.

Ouras presenças

O evento “irmão”, Frieze London, dedica-se à arte contemporânea e artistas ainda vivos, com obra posterior ao ano 2000.

Juntas, atraem anualmente cerca de 60 mil visitantes, como programadores, artistas, coleccionadores, galeristas e críticos, bem como o público em geral, mas em 2020 realizou-se num formato digital devido à pandemia covid-19.

Aproveitando a presença de especialistas internacionais em Londres, muitas galerias realizam exposições paralelas para coincidir com a Frieze, como é o caso da Neon Art Gallery, que vai promover uma exposição individual do português Hugo Lami.

Intitulada “Life Found on the Moon” (“Encontrada Vida na Lua”, em tradução do inglês), a exposição decorre entre 11 e 17 de Outubro.

Lami vive entre Lisboa, onde estudou Pintura na Escola Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, e Londres, onde concluiu um mestrado em Escultura no Royal College of Art.

Também residente e formado em Londres, no Chelsea College of Arts, o português Pedro Sousa Louro participa numa exposição colectiva de mais de 70 artistas de 25 países na Saatchi Gallery.

A StART Fair pretende marcar o lançamento da StART.art, uma plataforma de comércio electrónico para artistas.

Já no âmbito da Frieze Sculpture, uma das maiores exposições de escultura ao ar livre de Londres, que decorre até 31 de Outubro, expõe o português José Pedro Croft.

A exposição tem curadoria, pelo nono ano consecutivo, de Clare Lilley, directora do programa no Parque de Esculturas de Yorkshire, e apresentará também trabalhos das artistas brasileiras Solange Pessoa e Vanessa da Silva.

6 Out 2021

Taiwan | 56 caças chineses entram na Zona de Identificação da Defesa Aérea

A China volta a fazer uma demonstração de força em resposta às declarações dos Estados Unidos e ao reforço da cooperação militar entre o país norte-americano e a ilha

Um total de 56 caças chineses entraram na segunda-feira à noite na Zona de Identificação da Defesa Aérea (ADIZ) de Taiwan, informou o Ministério da Defesa da ilha num comunicado.

Segundo o Ministério da Defesa, duas incursões separadas na parte sudoeste da ADIZ envolveram caças J-16, J-11 e Su-30, bombardeiros H-6, aviões de radar KJ-500 e aviões de reconhecimento Y-8.

A força aérea da ilha emitiu avisos de rádio e mobilizou unidades até que as aeronaves chinesas deixassem a ADIZ de Taiwan, que não está definida ou regulamentada por nenhum tratado internacional e não é equivalente ao seu espaço aéreo, mas abrange uma área maior que inclui áreas da China continental.

Os 56 aviões são um número recorde para as cada vez mais frequentes incursões de aviões chineses na ADIZ de Taiwan, e seguem duas outras incursões em 3 e 1 de Outubro.

Tal acontece um dia depois de os Estados Unidos terem instado a China a parar esta prática, que descreveu como “provocadora” e “desestabilizadora”.

Em resposta a Washington, a China afirmou na segunda-feira à noite que “os Estados Unidos deveriam deixar de apoiar as forças que são a favor da ‘independência de Taiwan’ e, em vez disso, tomar medidas concretas para manter a paz e a estabilidade no Estreito”.

“Os Estados Unidos fizeram mal ao vender armas a Taiwan e ao reforçar os laços oficiais e militares com a ilha, incluindo uma venda de armas planeada de 750 milhões de dólares a Taiwan, aterrando aviões militares norte-americanos em Taiwan e navegando em navios de guerra através do Estreito”, disse uma porta-voz chinesa.

“A China opõe-se firmemente a tudo isto e tomou medidas que considera necessárias”, acrescentou a porta-voz.

Segundo os peritos citados pelo jornal chinês Global Times, esta última incursão é “um forte aviso tanto aos secessionistas taiwaneses como às forças estrangeiras que os apoiam”.

Analistas taiwaneses disseram na segunda-feira que a China pretende “aumentar a pressão sobre Taiwan e mostrar o seu poder militar aos países vizinhos, bem como aos Estados Unidos e ao Reino Unido”.

Fricções antigas

O número de aviões militares chineses que entram na ADIZ de Taiwan aumentou nos últimos meses.

A 24 de Setembro, Taiwan informou que 24 caças chineses realizaram incursões semelhantes depois de a ilha se ter candidatado a aderir ao Acordo Global e Progressivo para a Parceria Trans-Pacífico (CPTPP), ao qual Pequim “categoricamente” se opõe.

Taiwan tem-se considerado um território soberano com o seu próprio governo e sistema político sob o nome da República da China desde o fim da guerra civil nacionalista-comunista em 1949, mas Pequim mantém que é uma província rebelde e insiste em regressar àquilo a que chama a pátria comum.

A ilha é também um importante ponto de discórdia entre a China e os Estados Unidos, especialmente porque Washington é o principal fornecedor de armas de Taiwan e seria o seu maior aliado militar no caso de um conflito com a China.

Em 1979, depois de quebrar os laços diplomáticos com Taipé e de os estabelecer com Pequim, os Estados Unidos adoptaram o ‘Taiwan Relations Act’, no qual se comprometia com a defesa da ilha e o fornecimento de equipamento militar, um compromisso que gerou numerosas fricções entre as duas potências.

6 Out 2021

Mundial2022 | Selecção portuguesa em preparação para Qatar e Luxemburgo

A selecção portuguesa de futebol arrancou ontem a preparação para os jogos de sábado, com o Qatar, e 12 de Outubro, com o Luxemburgo, o último a contar para a qualificação para o Mundial2022. Os eleitos para a equipa das ‘quinas’ treinaram ontem na Cidade do Futebol, em Oeiras, distrito de Lisboa, com um jogador a falar à comunicação social para lançar o duplo desafio.

Entre os 24 convocados por Fernando Santos, a grande novidade é o médio Matheus Nunes, do Sporting, com dois regressos em relação à lista de setembro, casos do defesa Diogo Dalot (Manchester United) e do médio William Carvalho (Bétis). Portugal jogará duas vezes no Estádio Algarve, a começar pelo segundo particular com o anfitrião do próximo campeonato do mundo, já no sábado, após uma primeira vitória por 3-1 em Debrecen (Hungria).

André Silva, o ausente Otávio e Bruno Fernandes marcaram na Hungria, altura em que a selecção ‘folgou’ no grupo A de qualificação, que lidera com 13 pontos, contra 11 da Sérvia, segunda e em posição de ‘play-off’.

Nos primeiros cinco encontros de apuramento, de oito, Portugal venceu o Azerbaijão (1-0, na casa emprestada de Turim), empatou na Sérvia (2-2), ganhou no Luxemburgo (3-1), venceu na receção à República da Irlanda (2-1) e ganhou no Azerbaijão (3-0).

Os luxemburgueses são terceiros com seis pontos, mas menos um jogo, e ainda ‘sonham’ com o lugar de ‘play-off’.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 termina em Novembro e os vencedores dos 10 grupos apuram-se diretamente para a fase final, enquanto os segundos classificados seguem para os ‘play-offs’.

6 Out 2021

Filipinas | Filho de Ferdinand Marcos candidato à presidência

Ferdinand “Bongbong” Marcos, filho do ditador filipino Ferdinand Marcos, anunciou ontem que se candidatará à presidência em 2022, 35 anos após o seu pai ter sido deposto por uma revolução popular pacífica.

“Anuncio hoje a minha intenção de concorrer à presidência das Filipinas nas eleições de Maio de 2022. Trarei essa forma de liderança unificadora ao nosso país”, anunciou Marcos num vídeo gravado na sua página do Facebook.

Marcos, que foi senador e perdeu a vice-presidência em 2016 por alguns milhares de votos, especulava há meses sobre a candidatura ao tão esperado regresso ao poder da sua família, que teve de se exilar no Havai após a deposição do seu pai em 1986.

Num discurso de três minutos em inglês e tagalo, que se centrou na devastação da pandemia da covida-19, Marcos salientou a necessidade de unidade nacional e “uma visão partilhada” para que o país saia da crise.

“Junta-te a mim na mais nobre das causas e teremos sucesso”, disse Marcos “Bongbong” diante de um grupo de apoiantes no final do vídeo, gravado em Manila.

A candidatura surge após meses de rumores na imprensa e nas redes sociais, sobre a possível escolha de Sara Duterte, a filha do actual presidente, que também está a considerar concorrer à presidência, como sua companheira de candidatura à vice-presidência.

Desafio maior

Aos 64 anos, o filho do ditador que governou as Filipinas durante mais de duas décadas enfrenta o seu maior desafio político numa eleição em que defrontará, entre outros, o doze vezes campeão mundial de boxe, Manny Pacquiao, e o actual presidente da câmara de Manila, Isko Moreno.

Segundo as últimas sondagens, os seus índices de popularidade permitem-lhe sonhar em imitar o seu pai, cuja figura permanece controversa e atrai um número crescente de nostálgicos.

Marcos fez a sua estreia política em 1980 quando, aos 23 anos de idade, se tornou vice-governador da província de Ilocos Norte, o feudo dos Marcos, onde também serviu como governador antes de se tornar senador de 2010 a 2016.

A recuperação do poder, que consideram usurpado após a revolução pacífica do povo apoiada pela Igreja Católica e algumas elites em 1986, tem sido desde então uma obsessão da dinastia, cuja matriarca, Imelda Marcos, também concorreu à presidência em 1992.

Agora, com 92 anos e reformada da política, depois de ter ocupado o seu lugar no Congresso até 2019, a chamada “Borboleta de Ferro” tem sido a defensora mais tenaz do legado do seu marido, que morreu no exílio no Havai em 1989.

O revisionismo sobre o ditador Ferdinand Marcos, que impôs uma Lei Marcial com mão de ferro em 1972 e suprimiu qualquer indício de dissidência, foi impulsionado nos últimos anos pelo actual presidente, Rodrigo Duterte, que autorizou a transferência dos seus restos mortais para o Cemitério dos Heróis em Manila, em 2016, e chamou a Bongbong um “sucessor adequado”.

Bongbong e a sua irmã Imee também sugeriram que se retirassem dos livros de história as referências aos abusos dos direitos humanos durante o governo do seu pai, um período de estabilidade e prosperidade de acordo com eles, e encorajaram os seus detratores a “virar a página”.

6 Out 2021

Pequim2022 | China testa instalações para os Jogos Olímpicos de Inverno

A quatro meses dos Jogos Olímpicos de Inverno, a decorrer em Pequim de 4 a 20 de Fevereiro de 2022, mais de 2.000 atletas e oficiais estrangeiros participarão esta semana numa série de eventos-teste, anunciou ontem a organização.

Integrado nesses vários eventos de teste a Pequim2022, o China Speed Skating Open decorrerá de sexta-feira a domingo, com a participação de atletas da Coreia do Sul e dos Países Baixos no National Speed Skating Stadium, apelidado de ‘fita branca’.

Para além do teste à pista de velocidade do National Stadium, que servirá igualmente para os atletas contactarem com esta nova estrutura, também serão realizados eventos nas modalidades de luge, bobsleigh, hóquei no gelo, esqui e snowboard.

Estas competições, que permitem aos organizadores aferir das condições das instalações e do seu correcto funcionamento, são tradicionalmente agendadas para decorrer um ano antes dos Jogos, mas a pandemia de covid-19 obrigou ao seu adiamento.

As medidas pandémicas, nomeadamente as restrições nas viagens, levaram ao cancelamento das etapas da Taça do Mundo de esqui alpino, cross-country, saltos e dos Mundiais de esqui livre e snowboard, que deveriam servir como eventos de teste.

Tal como nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, os participantes nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022 serão testados ao novo coronavírus diariamente e obrigados a fornecer testes de triagem negativos ao entrar na China.

Na bolha

O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou na semana passada que os espectadores de fora da China não poderão assistir ao evento.

Apenas os participantes totalmente vacinados, incluindo representantes dos órgãos de comunicação social e funcionários, estarão isentos de quarentena de 21 dias e poderão entrar na ‘bolha olímpica’, da qual não poderão sair durante os Jogos.

“Neste circuito fechado, todos os participantes do evento só podem deslocar-se entre os locais de competição e participar em actividades relacionadas com o seu trabalho, competição e treino. Outras actividades não são permitidas”, disse Huang Chun, gestor do controlo de epidemias do comité organizador de Pequim2022.

5 Out 2021