Liga de Elite | Ching Fung bateu Hang Sai por 4-0

OChing Fung venceu Hang Sai por 4-0, na quarta-feira à noite no Canídromo, e colocou fim na crise de resultados, com a primeira vitória nesta Liga de Elite. Os comandados de João Rosa entraram melhor na partida e Alex Sampaio inaugurou o marcador, ainda no primeiro minuto.

Em vantagem, o Hang Sai, equipa que se reforçou para a temporada, conseguiu aguentar até aos 52 minutos sem sofrer qualquer golo. No entanto, William Gomes fez o 2-0 nessa altura, e 29 minutos depois, quando o relógio indicava os 81, dilatou o resultado para o 3-0. O último golo do Ching Fung chegou quase no final do encontro, aos 90 minutos, através de Li Meng Ho.

No outro encontro de quarta-feira, o Ka I e o Tim Iec empataram 2-2. O resultado tem um sabor amargo para a equipa orientada por Josecler, uma vez que o Ka I estevem em vantagem por 2-0 até aos 77 minutos. Até essa altura, Thiago Silva foi o jogador em destaque com golos para o Ka I aos 27 minutos, ainda na primeira parte, e aos 52 minutos. Contudo, a reacção do Tim Iec surgiu aos 77 minutos por Hun Seng Kai e aos 87, por Lei Chi Seng.

15 Fev 2019

Liga de Elite | Sporting de Macau derrotou Tim Iec por 2-0

Malachy no melhor e no pior. Nigeriano do Sporting falhou penálti, mas emendou-se com um bis. Após duas jornadas, o Chao Pak Kei é o líder isolado do campeonato e o Ching Fung ocupa o último lugar, após ter perdido com o Monte Carlo por 2-0

 

O Sporting de Macau registou na sexta-feira a primeira vitória na Liga de Elite, após derrotar o Tim Iec por 2-0, no Canídromo. O nigeriano Malachy foi a figura da partida, apesar de ter falhado a marcação de uma grande penalidade.

Logo no início o árbitro apontou para a marca de penalty, e Malachy assumiu a responsabilidade da cobrança. No entanto, o nigeriano falhou o alvo, com a bola a passar rente ao poste.

A redenção chegou minutos depois. Num jogo em que os leões dominaram, foi aos 16 minutos que Taylor Gomes arrancou na direita do ataque, mas rematou contra o guardião So Ka Chon, que fez a mancha. A bola acabou por sobrar para Malachy que de primeira colocou o marcador em 1-0.

Com uma capacidade muito limitada de incomodar o conjunto verde-e-branco, o Tim Iec limitava-se a tentar gerir a diferença entre as duas equipas. No entanto, na segunda-parte, num contra-ataque dos leões de quatro para três, Malachay veio da esquerda para o centro e rematou rasteiro, à entrada da área. So Ka Chon ainda se atirou à bola, mas não conseguiu evitar o 2-0.

Com este resultado, o Sporting de Macau subiu ao 7.º lugar e somou os primeiros três pontos. Por sua vez, o Tim Iec está na 6.ª posição, com os mesmos pontos que os leões, após a vitória na primeira jornada, diante dos Sub-23, por 2-1.

Ka I bateu Polícia

Em relação aos resultados de quinta-feira, o Ka I bateu a formação da Polícia por 2-0. O primeiro golo deste encontro chegou logo aos 15 minutos, pelo brasileiro Rodrigo Santos, com um remate à entrada da área com o pé esquerdo.

O resultado final chegou na segunda parte, aos 81 minutos, por intermédio de Josecler, após um contra-ataque.

Também na quinta-feira, o Ching Fung confirmou o mau-arranque no campeonato. A formação somou a segunda derrota consecutiva, e perdeu por 3-0 com o Ching Fung, após ter sido derrotada na jornada inaugural pelo Chao Pak Kei por 4-0.

Ho Kit Pang inaugurou o marcador, já na segunda parte, quando relógio indicava 48 minutos. Mas a goleada só chegou com o bis de Lo Man Hin, que fez andar o marcador aos 70 e 90 minutos.
Após a segunda jornada, Chao Pak Kei é o líder com seis pontos, mais dois do que Monte Carlo, Benfica de Macau e Ka I.

Ching Fung e Sub-23, ambas as equipas com zero pontos, ocupam os dois lugares de despromoção à 2.ª Divisão.

10 Fev 2019

Taça | Pedro Lopes estreia-se no Sporting com vitória frente ao Ka I por 3-2

O Sporting carimbou a passagem às meias-finais da Taça da Associação de Futebol de Macau com uma vitória por 3-2, diante do Ka I. Também o Benfica consegui o apuramento, com a goleada por 7-0 com o Lai Chi

O técnico Pedro Lopes estreou-se no comando técnico do Sporting com uma vitória, no sábado à noite, diante do Ka I, por 3-2. No Estádio de Macau, os leões entraram a ganhar, mas deixaram-se empatar 2-2. Contudo, o tento de Jean Peres, aos 68 minutos, permitiu à formação verde e branca colocar-se na frente e carimbar a passagem à próxima fase.

“Foi uma estreia que me fez sentir satisfeito. Este resultado é também a continuação do trabalho do Nuno Capela [treinador que deixou o clube na semana passada]. Mantivemos as coisas como tínhamos vindo a trabalhar, não fizemos grandes alterações, apenas uns pequenos ajustes porque estávamos diante do um adversário complicado e demo-nos bem”, disse Pedro Lopes, treinador do Sporting de Macau, ao HM.

“A mudança aconteceu de forma suave e os jogadores não sentiram muito as alterações, até porque esta é uma equipa que já veio a trabalhar junta este ano. Mas senti que os jogadores estavam muito determinados, tranquilos e focados em vencer. A prova disso é que mesmo quando foi o 2-2, a equipa reagiu bem e conseguiu apontar o 3-2”, acrescentou.

Logo no primeiro tempo os leões criaram mais oportunidades e chegaram à vantagem por 2-0, com golos de Price aos 33 e 40 minutos. Porém, em cima do intervalo, William fez o 2-1, com que a primeira parte chegou ao fim.

Depois do intervalo foram apenas precisos oito minutos para que o Ka I, ainda motivado pelo golo, chegasse ao empate. Souza foi o marcador de serviço.

Apesar do empate, a formação leonina não se deixou abalar e aos 68 minutos, Jean Peres, que tinha entrado minutos antes, fez o 3-2. Foi com este resultado que o encontro chegou ao fim.

Na próxima ronda da competição, as meias-finais, o Sporting vai ter pela frente o vencedor do encontro entre Cheng Fung e Monte Carlo, que se realizou ontem e que ainda decorria à hora de fecho do HM.

Benfica seguiu em frente

Também o Benfica de Macau carimbou a passagem à próxima fase da competição com uma goleada por 7-0, diante do Lai Chi. Na próxima ronda, as meias-finais, os encarnados vão ter pela frente o Chao Pak Kei ou o Hang Sai, encontro que terminou depois da hora de fecho do HM.
Os golos do Benfica foram apontados por Lai Kam Hong (5), Alison Brito (11 e 19), Iuri Capelo (57), Ip Cho Kan (68), José Martins (62) e Pang Chi Hang (70).

As meias-finais estão agendadas para 12 de Abril.

9 Jul 2018

Liga de Elite | Campeonato termina com vitória do Benfica diante do Sporting

A Liga de Elite terminou ontem à noite com um clássico que as águias ganharam por 2-0 frente aos leões. O Chao Pak Kei ganhou 5-1 frente ao Ka I e garantiu o 2.º lugar da Liga de Elite

 

Foi com uma vitória do Benfica de Macau diante do Sporting de Macau, por 2-0, que a Liga de Elite terminou. O encontro foi disputado, ontem à noite, no Estádio de Macau e serviu apenas para cumprir calendário, isto porque momentos antes o Chao Pak Kei goleou o Ka I por 5-1 e colocou um fim à ténue esperança que os leões ainda tinham de chegar ao 2.º lugar da Liga de Elite.

As águias venceram, mas o jogo poderiam ter tido uma história diferente, porque os leões tiveram uma oportunidade de ouro, aos 36 minutos, para se adiantarem no marcador. Após uma excelente arrancada na direita do ataque, Prince sofreu um toque na área dos encarnados e o árbitro assinalou falta. Porém, o nigeriano permitiu que Batista defendesse e segurasse a igualdade. Com o resultado em 0-0, chegou o intervalo.

No segundo tempo, o Benfica mostrou a razão de ser campeão e controlou os acontecimentos. Aos 50 minutos, Tetteh rematou à entrada da área, e o guardião do Sporting defendeu à primeira, mas Nicholas Torrão foi o mais rápido a chegar ao ressalto e encostou para o 1-0.

Minutos depois, aos 69, um arrancada de Pang Chi Hang conduziu um contra-ataque pela esquerda do ataque encarnado e o lance acabou com um chapéu ao guardião adversário que colocou o resultado em 2-0.

Antes do fim do último jogo da Liga de Elite de 2018, o Benfica também teve um penálti a seu favor, mas Carlos Leonel falhou a baliza do Sporting.

C.P.K. foi segundo

Com o 2.º lugar matematicamente ainda em aberto, o C.P.K. confirmou o estatuto de favorito à posição e não facilitou diante do Ka I. A precisar de um empate, a equipa mostrou-se mais dominante, logo na primeira parte. Porém, só conseguiu marcar perto do intervalo. Aos 42 minutos a defesa do Ka I perdeu a bola para Diego Patriota que com um remate à entrada da área colocou o resultado em 1-0. O brasileiro contou ainda com a ajuda do guarda-redes, que ficou muito mal na fotografia.

Na segunda parte, foi o C.P.K. que voltou a entrar mais forte e Patriota, aos 67, entra na área, faz o que quer da defesa adversária e desvia para o 2-0. O jogo parecia estar resolvido, mas um remate de longe de William, no momento alto da noite, aos 72 minutos, colocou o marcador em 2-1.

Apesar de tudo parecer em aberto, o Chao Pak Kei respondeu prontamente e com golos de Souza (76), Bruno Nogueira (79) e Patriota (87), que fez hat-trick, estabeleceu o 5-1 final.

No pólo oposto da tabela classificativa, caso não haja desistências ou penalizações inesperadas, Lai Chi e Serviços de Alfândega caem para a 2.ª Divisão.

Por sua vez, e numa altura em que ainda falta uma jornada para o final da divisão secundaria, Tim Iec e Sub-23, equipa que pertence à Associação de Futebol de Macau, são as equipas que vão ser promovidas à Liga de Elite.

2 Jul 2018

Liga de Elite | Benfica venceu diante de Monte Carlo e celebra penta

O s encarnados escreveram mais uma página da História do futebol de Macau. O golo solitário de Nikki Torrão foi o suficiente para tornar as águias na primeira equipa a conquistar cinco campeonatos consecutivos.
Pentacampeões. É este o novo título do Benfica de Macau desde domingo, após a vitória por 1-0 diante do Monte Carlo. No Estádio de Macau, as águias dominaram a seu bel-prazer, mas o desperdício fez com que apenas acabassem por marcar um golo, aos 30 minutos, por intermédio de Nicholas Torrão.
Em relação ao encontro em si pouco há para escrever. Os encarnados entraram muito pressionastes e o Monte Carlo, assumindo as suas limitações, concentrou-se essencialmente em defender e fazer o tempo passar com perdas de tempo.
Finalmente, aos 30 minutos, David Tetteh serve na área Carlos Leonel, o atacante remata de primeira, a meia altura, e a bola embate na barra com estrondo. O ressalto acaba por sobrar para Nikki Torrão que de cabeça, e com o guarda-redes adversário no chão após se ter feito ao lance anterior, apontou o golo da vitória.
No final os encarnados conseguiram mais um título da Liga de Elite, o quinto consecutivo, depois de já terem somado um participação meritória na Taça AFC, com quatro vitórias em seis jogos.
“Apesar da época ainda não ter acabado, foi uma temporada positiva. É o quinto título consecutivo, um feito que vai ser difícil repetir e que é o esforço da equipa e destes jogadores que são uns guerreiros”, disse Bernardo Tavares, treinador das águias, ao HM.
“Mas tenho de dar o maior ênfase ao Duarte [Alves, director técnico]. É ele o grande obreiro deste projecto, é ele o responsável pelas pessoas que têm passado pelo clube e pelas metas traçadas. Com ele o Benfica de Macau tem crescido todos os anos e este título é o ponto alto, a nível interno, de uma época muito positiva”, acrescentou o técnico.
Também o goleador da equipa, Carlos Leonel, se mostrou muito satisfeito com o feito alcançado: “É um sentimento muito bom. Não é qualquer equipa que consegue ser pentacampeã. Estamos todos muito orgulhosos e queremos dar continuidade a este crescimento do clube”, disse Carlos Leonel, ao HM.
O jogador considerou ainda que o Benfica de Macau está num patamar muito superior ao das outras equipas e que a participação na Taça AFC permite às águias adquirir uma maturação que não se encontra dentro de portas. “Foi na Taça AFC que atingimos o topo e adquirimos uma maturidade como equipa que conseguimos transpor para dentro de campo. Na Liga Elite o Benfica de Macau tem outros argumentos, é uma equipa muito mais madura, que conhece os momentos do jogo e que sabe geri-los. A AFC deu-nos esta identidade”, defendeu.

Olhos na Taça
Numa altura em que ainda faltam dois jogos para o final da Liga de Elite, as águias vão querer somar mais seis pontos. Contudo, o grande objectivo passa por conquistar a Taça de Macau, que esta época se realiza em moldes diferentes da temporada anterior. A Associação de Futebol de Macau vai realizar duas taças, uma só com equipas da Liga de Elite e outra com formações da 2.ª e 3.ª divisões.
“Ainda faltam dois jogos, mas claro que agora apontamos à Taça. O nosso objectivo só pode ser a dobradinha”, vincou Leonel Alves. O avançado admitiu também que esta vai ser a sua última, por enquanto, no Benfica de Macau.
“Estou a estudar mandarim e essa tem sido uma das minhas prioridades, a par do futebol. Em Setembro vou começar o ano lectivo em Pequim. Por isso, ainda não sei como vai ser o meu futuro, mas não vou estar em Macau”, revelou, ao HM.
Também Bernardo Tavares definiu a taça como a próxima meta, mas recorda que antes disso há dois jogos, diante da Polícia e Sporting, para serem ganhos.
“Ainda há dois jogos para fazer na Liga de Elite. Gostamos de valorizar as competições, mas vamos optar por rodar com jogadores, para dar minutos a quem tem menos. Depois é que nos vamos focar na dobradinha e na Taça”, explicou.

19 Jun 2018

Liga de Elite | Benfica de Macau ataca ‘penta’ frente ao Monte Carlo

U m, dois, três, quatro e cinco… Pode ser este o registo do Benfica de Macau ao nível de títulos da Liga de Elite, caso vença o Monte Carlo no Domingo, ou veja o Monte Carlo empatar ou perder frente à Polícia.
O Benfica de Macau defronta o Monte Carlo no domingo às 20h30, no Estádio de Macau, e em caso de vitória confirma a conquista do título da Liga de Elite, o quinto consecutivo. Em declarações ao HM, Bernardo Tavares, treinador das águias, destacou a evolução dos Canarinhos, desde o início da temporada, e admite que os encarnados poderão enfrentar mais dificuldades do que as esperadas.
“O nosso objectivo em qualquer jogo é entrar para ganhar. Mas estamos a falar de uma equipa que evoluiu bastante e tem jogadores locais com bastante qualidade. Nota-se que houve uma grande evolução desde o início do campeonato”, disse o treinador. “Vi o jogo deles frente ao Chao Pak Kei e confesso que esperava um pouco mais, mas no encontro anterior a esse, diante do Ka I apostaram em transições rápidas e criaram lances de perigo, é este tipo de jogo que espero contra nós”, acrescentou.
No entanto, o treinador considera que este encontro se trata de um dérbi e que mesmo que um dos adversários atravesse um período mais complicado, a mentalidade acaba sempre por ser diferente: “É um dérbi de Macau, é um Benfica contra o Monte Carlo e as duas equipas acabam sempre por ter uma mentalidade diferente nestes encontros, mesmo que não esteja ao nível anterior”, justificou.
À entrada desta 16.ª jornada, os encarnados têm sete pontos de vantagem para o C.P.K., que entra em acção no mesmo dia, às 18h30, diante da Polícia. Caso o Chao Pak Kei não ganhe, o Benfica é automaticamente campeão, mesmo antes de defrontar o Monte Carlo.
Contudo, Bernardo Tavares prefere focar-se na tarefa da equipa e garantir que os encarnados fazem o seu trabalho: “Se conseguirmos apontar um golo cedo, a ânsia de sermos campeões desaparece rapidamente e a tarefa torna-se mais fácil. Se o Monte Carlo for adiando o nosso golo, vamos ter uma tarefa mais difícil, porque com o desenrolar da partida a ansiedade vai crescer e é mais difícil tomar as melhores decisões”, constatou.

Sempre no controlo
Para o ataque ao título o Benfica de Macau tem como baixas garantidas Amâncio, por lesão, Titto, por castigo. Alguns jogadores poderão também ter de falhar o encontro devido a compromissos profissionais.
Todavia as alterações forçadas não vão alterar a estratégia da equipa: “Vamos entrar para manter o controlo do jogo. Vai ser essa a nossa postura até porque nesta edição da Liga de Elite não houve uma única equipa que não nos tivesse dado o controlo da posse da bola. Apenas o C.P.K. não o fez, mas só quando já estava a perder no encontro em que empatámos”, considerou.
Sobre uma eventual conquista do título, Bernardo Tavares aponta como principal responsável a equipa e Duarte Alves: “De ano para ano tem tentado sempre valorizar o clube. É o grande responsável, caso o campeonato se confirme”, apontou.

15 Jun 2018

Liga de Elite | Benfica está a uma vitória de assegurar o penta

As águias poderiam ter chegado ao título já este fim-de-semana, mas a vitória do Chao Pak Kei diante do Monte Carlo, por 5-0, adia a questão para Domingo. Mesmo assim, nesta jornada, os encarnados cumpriram a sua função e venceram os Serviços de Alfândega por 5-0

 

O Benfica derrotou na sexta-feira os Serviços de Alfândega por 5-0 e está a uma vitória do pentacampeonato. A vitória na Liga de Elite poderia mesmo ter ficado selada no Sábado, caso o Chao Pak Kei tivesse cedido pontos diante do Monte Carlo, mas a equipa que ocupa o segundo lugar venceu os Canarinhos por 5-0 e adiou a decisão para a próxima jornada.

No Estádio de Macau, as águias não facilitaram e colocaram-se na frente do marcador, logo aos dois minutos de jogo. Iuri Capelo foi servido na direita do ataque das águias, arrancou para o interior da área adversária e tirou um cruzamento rasteiro. Nesse momento surgiu o goleador da equipa Carlos Leonel a emendar para o 1-0.

Mais nove minutos de jogo e os encarnados marcaram o 2-0. Um golo que mostra a razão da Alfândega ocupar o último lugar da Liga de Elite. Após um cruzamento na direito do ataque do Benfica, a bola sobra para Nikki Torrão. O internacional por Macau consegue ganhar espaço, de costas para a baliza, e tirar mais um cruzamento, desta vez na esquerda. O guardião Ieong ainda tentou sair à bola, mas falha o soco e serve Carlos Leonel. Com muita calma o avançado das águias dominou a bola, tirou Ieong da jogada e rematou para o 2-0.

Finalmente aos 22 minutos, o encontro ficou sentenciado com o terceiro golo do encontro, que acabou com as esperanças de uma recuperação dos Serviços de Alfândega. Mais uma vez a defesa dos serviços ficou a dormir, permitiu um primeiro remate de Lei Chin Kin, que Ieong afastou com todo o mérito, mas a bola sobrou novamente para Carlos Leonel. À frente da baliza o encarnado limitou-se a fazer o que sabe melhor, marcar, e apontou o 3-0.

Na segunda parte o sentido único do jogo não se alterou. Nikki Torrão aos 47 minutos, após um cruzamento para a área de Lei Chin Kin, apontou o 4-0. O mesmo jogador voltou a bisar já em cima do minuto 90.

Confusão entre jogadores

Antes do final do jogo houve ainda tempo para confusão dentro de campo. Lam Man Keong desarmou em falta Titto, e o jogador do Benfica perdeu o controlo, saindo disparado atrás do atleta da Alfândega. Valeu a calma de alguns jogadores, que evitaram que os empurrões e insultos escalassem para algo mais. Como consequência, Lam, que assumiu uma postura mais passiva no caso, viu o segundo amarelo e foi expulso. Titto viu o vermelho directo.

No outro jogo que interessava para as contas do título, o C.P.K. goleou o Monte Carlo, também por 5-0, com golos de Alexandre Matos, Lam Ka Seng, Diego Patriota, Danilo e César Felipe.

Num altura em que estão nove pontos em disputa, o Benfica de Macau tem sete de vantagem para o Ka I. Por isso, em caso de uma vitória nos três jogos que falta disputar, as águias asseguram matematicamente o título. O próximo encontro dos encarnados está agendado para o próximo Domingo, às 20h30, no Estádio de Macau, diante do Monte Carlo. Por sua vez, o C.P.K. joga no mesmo dia, com a Polícia, às 18h30. Um deslize do Chao Pak Kei também pode assegurar o título das águias.

11 Jun 2018

Liga de Elite | Benfica de Macau impõe goleada por 5-0 ao Ching Fung

O triunfo no fim-de-semana permitiu ao encarnados seguirem invencíveis com 13 vitórias em 14 jogos. Carlos Leonel voltou a mostrar que é o matador da equipa e apontou mais um hat-trick. As águias estão cada vez mais perto do penta

 

O Benfica de Macau continua imperturbável na frente da Liga Elite e, no sábado à tarde, derrotou o Ching Fung por expressivos 5-0, em jogo a contar para a 14.ª jornada da Liga de Elite. Como tem sido habitual nas águias, mais uma vez foi Carlos Leonel a abrir o caminho para a vitória, com dois golos nos primeiros 22 minutos. O goleador chegou mesmo ao hat-trick, ao apontar também o último tento do encontro.

Mal o árbitro apitou para iniciar a partida, o Benfica de Macau assumiu as rédeas do encontro, mostrando que pretendia colocar-se em vantagem o mais rapidamente possível. Com as oportunidades a surgirem para as águias a um ritmo acelerado, a formação orientada por Bernardo Tavares colocou-se em vantagem aos 11 minutos. Após uma combinação entre Hugo Reis e Lei Chin Kin na esquerda do ataque encarnado, o português cruzou para a área onde surgiu Carlos Leonel a desviar de cabeça para o 1-0.

Mais onze minutos de grande intensidade encarnadas e mais um golo. Lei Chin Kin, desta vez na direita, bombeia uma bola para a área, onde à segunda surge Carlos Leonel, já dentro da pequena área, a desviar com o pé esquerdo para o 2-0. Um golo que antevia o fim do encontro, perante a incapacidade do adversário para ameaçar verdadeiramente a baliza do Benfica.

No entanto, em desvantagem o Ching Fung não abdicou de tentar sair em ataque organizado, mesmo que na maior parte das vezes não tenha sido bem sucedido. Contudo, ao mesmo tempo, começou a abrir mais espaço na sua defensiva, que as águias, mesmo numa fase mais relaxada, souberam aproveitar.

Foi por isso, sem surpresas, que Nikki Torrão fez o 3-0, ainda durante o primeiro tempo, quando o cronómetro indicava 38 minutos. Após um canto de Hugo Silva na direita do ataque encarnado, Torrão, aproveitou a passividade da defensiva da equipa azul e emendou ao segundo poste, com todo o tempo do mundo, para o 3-0.

Mais do mesmo

No segundo tempo, o rumo do encontro não sofreu alterações mas as águias mostraram uma menor eficácia. Foi também por essa razão que o 4-0 só chegou aos 80 minutos por Lei Kam Hong. Após a marcação de um livre pelo Ching Fung as águias iniciaram um contra-ataque que só parou com Lei Kam Hong isolado, após um sprint do tamanho do relvado, e a rematar para o golo.

Já perto do apito final, aos 88 minutos, as águias marcaram o golo final. Após uma combinação entre Edgar Teixeira e Nikki Torrão, a bola sobra para Carlos Leonel que à entrada da área remata em jeito para o 5-0 final.

Numa altura em que as águias têm sete pontos de vantagem para o C.P.K., segundo classificado, caso as duas formações não cedam mais pontos até ao final da Liga de Elite, o Benfica sagra-se campeão na 16.ª jornada, diante da Polícia. O jogo está agendado para 24 de Junho. Porém, as águias têm ainda pela frente a Alfândega e o Monte Carlo.

Nos restantes jogos, o Lai Chi perdeu com o Monte Carlo por 6-0, o Kai bateu a Polícia por 2-1 e o C.P.K. goleou a Alfândega por 15-0. À hora de fecho da edição o Sporting ainda defrontava o Hang Sai.

 

II Divisão | Consulado vence Casa de Portugal

O Consulado de Portugal venceu a Casa de Portugal por 3-2, na sexta-feira à noite, no Canídromo, em encontro a contar para a II Divisão. A equipa orientada por Pelé entrou melhor no encontro e aos 53 minutos vencia por 2-0, após um tento de João Monteiro. Antes já Fabrício Lima tinha marcado, aos 21 para a Casa de Portugal. Mesmo sem o capitão Vítor Sereno, o Consulado deu a volta ao resultado com golos de Ruan Silva, aos 56 e 74 minutos, e ainda de Manuel Cunha, aos 66 minutos.

4 Jun 2018

Futebol | Queixa sobre jogadores inscritos de forma ilegal adia campeonato

Todos os jogos da 4.ª divisão do futebol de Macau foram adiados, devido às suspeitas de utilização ilegal de jogadores que estão federados em campeonatos fora da RAEM. A informação foi avançada pelo portal Happy Macao, especializado em desporto local, e confirmada pelo vice-presidente da Associação de Futebol de Macau, Daniel Sousa, ao HM.

“Os jogos foram adiados. Estamos a estudar um caso que tem que ver com a 4.ª Divisão, mas não queremos mencionar as equipas e os jogos envolvidos em concreto. São dados que vamos dar a conhecer depois de haver uma decisão da Comissão Disciplinar”, afirmou Daniel Sousa, presidente da AFM, ao HM. “Esperamos que haja uma decisão dentro de uma semana ou duas. Logo a seguir, iremos retomar o campeonato”, acrescentou.

De acordo com o portal Happy Macao, a situação terá tido origem a 17 de Maio, após o encontro entre a União de Macau e o Cheng Loi, jogo em que a primeira equipa perdeu nos penáltis. Após a derrota, a formação da União apresentou queixa, por considerar que o Cheng Loi utilizou atletas inscritos em outros campeonatos, o que contraria o regulamento.

“Houve uma queixa e agora estamos a recolher todas as informações necessárias, mesmo junto das outra associações fora de Macau. O regulamento diz que os jogadores estrangeiros só podem ser inscritos com a apresentação da autorização da transferência internacional ou com a declaração das associações”, informou o vice-presidente da AFM.

Situação repetida

Esta é uma situação que não é nova em Macau. No ano passado, o Sporting foi penalizado devido à utilização de Júnior Soares, que também estava inscrito em Hong Kong. Na altura, os leões foram penalizados com uma derrota por 3-0 diante do Lai Chi, formação que apresentou a queixa. Porém, Daniel Sousa admite que o controlo destas ocorrências é mais limitado na 4.ª divisão.

“Este ano está a funcionar nas três primeiras divisões um sistema mais rigoroso para controlar estas situações. A quarta divisão, embora seja uma categoria que também faz parte do sistema de promoção e despromoção, é encarada mais como um torneio de entretenimento”, explicou o dirigente. “Não temos aplicado os regulamentos de uma forma tão rigorosa como nas três primeiras divisões, mas vamos reunir com os clubes. Se exigirem que a regra passe a ser aplicada de forma mais rigorosa, é o que vamos fazer”, frisou.

1 Jun 2018

Liga de Elite | Miguel Noronha foi o herói da vitória do Monte Carlo frente ao Ka I

O Estádio de Macau assistiu a um espectáculo de golos no sábado à noite com os Canarinhos a imporem-se por 6-5, já em período de descontos

 

O Monte Carlo venceu o Ka I por 6-5 no sábado à noite, num encontrou que ficou marcado pelo golo tardio apontado por Miguel Noronha. Quando o cronómetro indicava os 94 minutos, o atacante rematou à entrada da área e apontou o 6-5, que permitiu a vitória tardia canarinha.

Com o golo, Miguel Noronha tornou-se o herói da vitória, num jogo que ficou marcado também pela grande eficácia dos canarinhos, que em seis remates à baliza marcaram seis golos. Por sua vez, o Ka I rematou mais mas mesmo assim não o suficiente para evitar uma derrota surpreendente, apesar dos quatro tentos apontados por William.

Apesar de uma entrada mais ofensiva da equipa que actuou de vermelho, foi o Monte Carlo que se colocou primeiro em vantagem. Aos 10 minutos, Miguel Noronha isolou Vernon Wong, numa jogada de contra-ataque, e o avançado na frente do guardião Sou Kwok Ho rematou para o 1-0. Um golo que nasceu do primeiro remate à baliza feito pelo Monte Carlo.

Se no primeiro lance de golo a defesa do Ka I se tinha mostrado algo desconcentrada, a confirmação desse facto chegou aos 27 minutos. Vernon Wong teve tempo para, dentro da área, fintar três adversários e ainda rematar quase em câmara lenta para o 2-0, sem que o guardião Sou pouco mais pudesse fazer do que tentar sair-lhe aos pés.

Em desvantagem, a recuperação do Ka I começou aos 33 minutos. Fábio Ribeiro surge isolado perante o Ho Mai Fan, que consegue cortar a bola. Contudo, William chega mais rápido que toda a gente ao ressalto e reduz para 1-0. Mais tarde, a um minuto do intervalo, Kou Cheng Hong apontou o tento do 2-2, quando tirou dois adversário do caminho e rematou, já dentro da pequena área, para o golo.

Esforço inglório

No regresso do intervalo, o Ka I veio com a mesma atitude e demorou pouco tempo a chegar à vantagem. William, no espaço de dez minutos, aos 46 e 56, colocou os encarnados na frente por 4-2.

Contudo, o esforço do brasileiro foi inglório. Na defesa a equipa do Ka I deixou-se adormecer e sofreu três golos, que colocaram o resultado em 5-4, com sete minutos do tempo regulamentar para jogar. Geofredo Cheung, Miguel Noronha e Iong Oi Chit foram os marcadores de serviço.

O Ka I não baixou os braços e três minutos depois, aos 86 minutos, chegou ao empate através de William, que fez o 5-5. Com este resultado, o encontro parecia caminhar para o fim, mas, aos 94 minutos, chegou o golo que haveria de imprimir surpresa ao marcador. Noronha remata, à entrada da área, com pouca força e de forma rasteira, mas e a bola toma a direcção da baliza, só parando lá dentro. O guardião Sou pouco fez e assim o Monte Carlo garantiu os três pontos num encontro em que nem sempre se defendeu da melhor maneira.

 

Jogo entre Casa de Portugal e Tim Iec adiado

A Casa de Portugal tinha encontro agendado diante do Tim Iec para ontem, no Canídromo, mas o jogo foi adiado devido ao aviso de tempestade içado pelos Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG). A nova data deverá ser agendada durante esta semana, sendo provável que o encontro se realize em Julho. Já na quinta-feira à noite o Consulado de Portugal tinha derrotado o Hong Ngai por 2-0, com golos de Pedro Maia, aos 66 minutos, e Diego Miranda, aos 78 minutos.

28 Mai 2018

Liga de Elite | Benfica e Sporting ultrapassam adversários com vitórias gordas

As águias são cada vez mais líderes, após terem goleado o recém-promovido Hang Sai por 5-1 e o Chao Pak Kei ter empatado com o Ching Fung. Nos leões os três reforços nigerianos estrearam-se com golos na vitória diante da Polícia por 5-0

O Benfica de Macau somou ontem a quarta vitória em quatro jogos, após ter goleado por 5-1 o Hang Sai, e deixou o Chao Pak Kei mais longe, que se deixou empatar aos 90 minutos diante do Ching Fung 1-1. Num encontro entre duas equipas com dimensões muito diferentes, o Hang Sai mostrou-se uma formação muito esforçada e lutadora, no entanto, não chegou para evitar a goleada.

As coisas não começaram propriamente bem para o encarnados, que aos 19 minutos viram Lei Kam Hong lesionar-se num lance com o guarda-redes adversário. Por essa razão, Bernardo Tavares foi obrigado a utilizar a primeira substituição, com a entrada de Nicholas Torrão.

Apesar da contrariedade, o Benfica conseguiu chegar ao golo cinco minutos depois, com um lance de bola parada a revelar-se decisivo. Após um canto marcado na direita do ataque das águias, Gilchrist surgiu ao segundo poste sozinho, sem qualquer pressão, e desviou para o 1-0.

Apesar da entrada forçada, a aposta em Torrão mostrou-se acertada e aos 38 minutos o atacante apontou o 2-0. O lance nasceu da insistência da frente benfiquista, que soube pressionar o adversário e causar o erro que isolou Torrão. Na frente do guarda-redes o internacional por Macau fez o chapéu para o golo.

A segunda parte começou como terminou a primeira, com a pressão alta do Benfica a não dar grandes oportunidades ao Hang Sai, principalmente na altura da equipa recém-promovida sair para o ataque.

A estratégia voltou a pagar dividendos e Reis fez o marcador para 3-0, aos 50 minutos. Menos de um minuto depois, Tony Lopes fez o resultado subir para 3-0 e 4-0, aos 51 e 64 minutos.

Ainda antes do fim, aos 80 minutos, Samuel Ramosoeu apontou o tento de honra do Hang Sai, após uma perda de bola do Benfica em zona proibida.

Reforços fizeram a diferença

Chegados a Macau no fim-de-semana passado, os três reforços nigerianos do Sporting destruíram por completo a defesa da Polícia, na vitória leonina por 5-0. Na partida de ontem, o central Chidi Bright, que jogou durante a primeira parte no meio-campo, precisou apenas de dois minutos para se estrear a marcar. Após um pontapé de canto a favor do Sporting, o defesa aproveitou os ressaltos e emendou para o 1-0, à frente do guarda-redes.

Foi só depois do intervalo que a vantagem disparou para os 5-0, ao mesmo tempo que a defensiva da Polícia se mostrava incapaz de parar os atletas nigerianos.

Indicava o relógio do Estádio da Taipa 47 minutos, quando Malachy Elu, também ele reforço, apontou o 2-0. Em resposta a um ataque dos agentes da PSP, Prince Aggreh arrancou na direita da defesa leonina e foi ganhando metros até chegar à área contrária, deixando a defensa para trás. Já na área tirou outro defesa da frente e assistiu Elu, que só teve de encostar para os 2-0.

Aos 60 minutos, novo golo na sequência de canto. Após o cruzamento a bola sofre dois desvios de cabeça de atletas leoninos, até que surge Prince Aggreh Prince a emendar para o 3-0.

A diferença entre os reforços do Sporting e os restantes atletas ficou novamente patente aos 86 minutos. Após uma falta à entrada da área da Polícia, Aggreh arranca para cima da defensiva contrária, passa três adversários em velocidade e cruza para a área. O cruzamento acaba nos pés do defesa da Polícia, que quando tentava aliviar rematou contra Cissé, que fez desta forma o 4-0.

O último golo ficou a cargo de Elu, após mais uma excelente arrancada e uma combinação com Aggreh, que deixou os agentes da PSP completamente perdidos.

Nos restantes jogos o Ka I bateu o Monte Carlo por 2-0 e o Lai Chi perdeu por 3-0 com a Alfândega.

12 Fev 2018

Liga de Elite | Chao Pak Kei goleou Hang Sai por 14-0

Embalada por Danilo a equipa do C.P.K. está a ter um início de temporada arrasador e à segunda jornada soma duas vitórias e 26 golos marcados. Só o goleador brasileiro já conta com 12 golos na conta pessoal

O Chao Pak Kei está a ter um arranque de campeonato fulgurante e na sexta-feira bateu o recém-promovido Hang Sai por 14-0, no Estádio de Macau. No encontro para a segunda jornada, o ataque Danilo voltou a estar em destaque apontado sete golos, depois de já ter apontado outros cinco, na primeira jornada, diante do Lai Chi.

Apesar do Hang Sai ter entrado na partida com a motivação extra de uma surpreendente vitória na primeira jornada, por 1-0, diante do Monte Carlo, as aspirações de repetirem um resultado que se pudessem considerar positivo terminaram rapidamente.
O primeiro golo surgiu logo aos 4 minutos, num canto, batido por Diego Patriota. Após a marcação da bola parada, o brasileiro conseguiu tirar um segundo cruzamento, após o ressalto, sendo que a bola sofreu dois desvios de atacantes do C.P.K. antes de seguir em direcção à baliza do Hang Sai. Lok Ka On ainda conseguiu defender à primeira, mas Danilo chegou mais rápido do que a defesa contrária ao ressalto e encostou para o 1-0.

Novamente aos 9 minutos chegou outro golo. O lateral Choi Chan In cruzou longo para a área, onde surgiu Ronald Cabrera que desviou para a baliza e fez o 2-0. O C.P.K. contou com a ajuda de Lok Ka On, que saiu fora do tempo e abriu o caminho para o golo.

Antes do intervalo, o C.P.K. ainda marcou mais cinco tentos, desta feita por Danilo, que marcou mais três, aos 11’, 28’ e 33’, e Ho Ka Seng, que bisou com golos aos 38’ e 40’.

Com 7-0, o encontro chegou ao intervalo resolvido, com o segundo tempo a servir para cumprir o calendário. Mesmo assim o C.P.K. não deixou de procurar dilatar a vantagem.

Na segunda parte, os restantes 7 golos foram apontados por Bruno Nogueira, 47’, Diego Patriota, 63’ e 79’ e Adilson, 78’. Danilo também fez o gosto ao pé com nada menos do que três golos, aos 71’, 80’ e 82’.

C.P.K. e águias na frente

Com este resultado, águias e C.P.K. lideram a Liga de Elite com 6 pontos, cada, depois dos encarnados terem ganho ao Lai Chi por 5-0, com cinco golos de Nicholas Torrão.

No terceiro lugar está o Ching Fung que empatou 0-0, no Sábado, no Canídromo, com o Ka I. A equipa de João Rosas soma quatro pontos. Já o Ka I, orientado por Josecler, tem um ponto em duas jornadas, após a derrotas com o Benfica.

No restantes jogos, o Sporting goleou os Serviços de Alfândega por 5-0 e o Monte Carlo bateu a Polícia por 2-1.

Na luta pelos dois lugares de descida estão o Lai Chi e os Serviços de Alfândega, com 0 pontos, cada.

 

29 Jan 2018

Liga de Elite | Águias vencem Ka I por 1-0 e estreiam-se com vitória

O Chao Pak Kei e Benfica de Macau entraram da melhor maneira no principal escalão do futebol de Macau derrotaram o Lai Chi e Ka I, respectivamente. O Monte Carlo acabou surpreendido pelo recém-promovido Hang Sai e perdeu por 1-0.

Os favoritos à conquista do título da Liga de Elite, Benfica e Chao Pak Kei, entraram no campeonato a ganhar. As águias bateram o Ka I por 2-1, naquele que foi o jogo grande da jornada, e o Chao Pak Kei esmagou o Lai Chi por 12-0.

No regresso da Liga de Elite, o Benfica de Macau teve pela frente a tarefa mais complicada e teve de suar para garantir os três pontos. Com os reforços Vítor Almeida, Bruce Tetteh, Tito Okello e Gilchrist Nguema a alinharem de início, as águias assumiram o controlo da partida desde o início e mostraram ser mais fortes. No entanto, a vitória só foi garantida pela capacidade de aproveitar os erros do adversário.

Contra a maré do jogo, foi o Ka I que chegou primeiro ao golo, aos 16 minutos. Após uma perda de bola das águias, no meio-campo, Cheong Kin Chong rematou a cerca de 35 metros da baliza, em zona central, e fez um chapéu monumental ao guarda-redes Batista, inaugurando o marcador para o Ka I, com 1-0.

O golo não afectou os encarnados, que retomaram o encontro com o domínio que tinham demonstrado até então. No entanto, a equipa mostrava incapacidade para criar oportunidades claríssimas de perigo.

Sentido esta incapacidade, Bernardo Tavares, que se estreou no comando das águias, ordenou a substituição de Iuri Capelo, por Amâncio. Foi nessa altura que o improvável aconteceu. Após uma jogada na direita do ataque encarnado, surge um cruzamento rasteiro para a área do Ka I. Apesar da bola estar aparentemente controlada, Lao Pak Kin acabou por fazer o corte para o autogolo.

Apesar do empate, o técnico do Benfica avançou com a substituição. Uma aposta que deu frutos, visto que, aos 31 minutos, Iuri Capelo foi o responsável pelo cruzamento que resultou no erro defensivo, permitindo a bola sobrar para Titto Okello. Com o golo nos pés, o avançado não desperdiçou.

No segundo tempo, o Ka I conseguiu responder melhor ao domínio encarnado, equilibrando os acontecimentos. Porém, a formação de Josecler nunca conseguiu criar verdadeiras ocasiões de golo.

Goleada monumental

Por sua vez, o Chao Pak Kei não deu qualquer hipóteses no desafio diante do Lai Chi, que venceu por 12-0. Num jogo sem história, os favoritos colocaram-se a ganhar logo aos 16 minutos, por intermédio de Danilo, e limitaram-se a ir dilatando a vantagem. Quando o intervalo chegou, a vantagem era de 3-0, após os golos de Alexandre Raposo e Diego Patriota.

Na segunda parte, com os jogadores do Lai Chi a quebrarem fisicamente, o C.P.K. apontou mais nove golos, com quatro a serem da autoridade de Danilo, dois de Diego Patriota, um Bruno Nogueira e outro de Ronald Cabrera.

Nos restantes encontros, o Monte Carlo foi surpreendido pelo Hang Sai por 1-0. Os canarinhos que apostam numa equipa formada só com jogadores locais foram surpreendidos pela equipa recém-promovida. No entanto, o Monte Carlo acabou a partida com um golo anulado, quando estava 0-0, por alegado fora-de-jogo, que motivou muitas queixas.

Já o Sporting de Macau perdeu diante do Ching Fung, por 1-0, e no jogo das autoridades, a PSP impôs-se aos Serviços de Alfândega por 4-0.

Após a primeira jornada, Chao Pak Kei, PSP, Benfica, Ching Fung e Hang Sai. lideram com três pontos. Seguem-se Monte Carlo, Sporting, Ka I, Serviços de Alfândega e Lai Chi, todos com zero pontos.

Sporting de Macau faz acordo com empresário

O Sporting de Macau chegou a acordo com o empresário Graham Heydorn para a cedência de três atletas, que só deverão actuar na próxima jornada. O contrato foi celebrado, ontem, e deverá ter a duração de pelo menos dois anos. Graham Heydorn representa vários atletas, nomeadamente Jean Michaël Seri, costa-marfinense do Nice, que tem sido associado a transferências para Manchester City, Manchester United e Chelsea, ou Musa Yahaya que actua no FC Porto B. Graham Heydorn foi igualmente o responsável pela ida de Christian Atsu para o FC Porto, em 2011, atleta que actualmente representa o Newcastle.

22 Jan 2018

Análise da 9ª jornada da Liga de Elite | Suspense mesmo até ao fim

João Maria Pegado

O vencedor da Liga de Elite vai ser decidido na última jornada. Benfica e Monte Carlo venceram os seus jogos e assim o suspense será mesmo até final do campeonato. Quem já está fora da corrida do titulo é o CPK, que empatou frente a uma Polícia que assim pode respirar um pouco mais no que diz respeito à manutenção, ganhando um pouco de ar sobre o Lai Chi e Development Team. Manutenção essa que foi também garantida pelo Sporting de Macau que assim fica entre os melhores para próxima época. Ainda como motivo de interesse para última jornada, o quarto lugar do campeonato, com três equipas a disputarem essa posição: Kei Lun,Cheng Fung e Ka I.

Tempo de celebrar

Sexta-feira os leões do território conseguiram uma das vitórias mais saborosas dos últimos tempos. A uma jornada do fim atingiram o objectivo proposto no inicio da época. E muitas dúvidas houve no início do campeonato que esse objectivo fosse conseguido, mas a resiliência de uma nova direcção e o trabalho incansável de uma equipa técnica nova deram a tranquilidade necessária para os jogadores conseguirem exprimir a sua qualidade em campo.

Mais: em tempo de vacas magras vimos alguns jovens a despontar para o futebol local. Parabéns da “Análise da Jornada” a todos os envolvidos nesta permanência. Quanto ao jogo de realçar a vitória leonina, Sporting 2 vs 1 Development, que deixa a equipa da associação em último lugar do campeonato a três pontos da salvação.

Contas do título

A caminhada para o título começou no sábado, com o líder do campeonato a vencer: Benfica 2 Vs 0 Kei Lun. Num jogo em que a equipa liderada por Henrique Nunes tinha duas baixas por suspensão, Torrão e Bernardo, o Kei Lun vendeu cara a derrota e só na segunda parte é que o Benfica decidiu o jogo a seu favor, o que muito se ficou a dever à reposição do meio-campo encarnado que, durante a primeira parte, viu Cuco a central.

Com o 10 benfiquista na sua posição de origem foi ver o Benfica a crescer nas asas de Edgar Teixeira e no abre-latas Pang Chi Hang que, com uma assistência e um penálti ganho, garantiu os três pontos para a sua equipa. Com esta vitória os encarnado entram na última jornada a precisarem de uma vitória no dérbi lisboeta de Macau. Quanto ao Kei Lun tem a quarta posição para defender contra a Polícia.

No domingo estavam reservados os outros dois encontros com candidatos ao título, Monte Carlo 3 Vs 2 Ching Fung. Tal como o líder, os canarinhos não tiveram tarefa fácil frente a um Ching Fung que ainda quer alcançar o Kei Lun na quarta posição. Tudo parecia bem encaminhado quando no primeiro minuto, Leandro Tanaka fez o que sabe fazer melhor:marcar.

Contudo, o Ching Fung igualou ainda na primeira parte, dando o mote para uma grande partida que teve incerteza no resultado até ao fim. Com esta vitória, o Monte Carlo terá que vencer o seu último jogo frente ao Lai Chi e esperar que o Benfica não ganhe.

Quem ficou de fora da rota do título foi o CPK, que se mostrou deveras afectado com a derrota contra o Benfica na última jornada, tendo agora empatado — CPK 1 Vs Policia 1 — com o golo do empate aparecer no último minuto.

 

Ka I não desiste

De início condenado a um campeonato para permanecer na Liga de Elite, a equipa do Ka I entra nesta ultima jornada com hipóteses de acabar em quarto lugar, ao aproveitar muito bem com uma vitória — KA I 3 Vs 1 Lai Chi — a derrota de Kei Lun e Ching Fung.

Jogador da jornada

#8 Benfica de Macau Pang Chi Hang – E a duas jornadas do fim o melhor jogador do campeonato passado mostra estar de volta às grandes exibições. Não tem sido fácil destacar-se numa equipa recheada de bons jogadores mas no sábado o palco foi dele.

27 Jun 2017

Liga de Elite, antevisão da jornada | Sprint final

Benfica, Monte Carlo e CPK, entram nesta penúltima jornada com hipóteses reais de serem campeões, nunca a Liga Elite teve tantos potenciais candidatos a levantarem o troféu como esta época. Contudo, as probabilidades são diferentes para os três.

João Maria Pegado

Benfica de Macau

O Benfica, com a vitória do passado Sábado sobre o então primeiro classificado CPK, colocou-se na frente para renovar o título de campeão e conquistar o seu quarto campeonato seguido.

Neste momento os encarnados são a única equipa a depender de si própria para levantar o troféu. Para tal precisa de somar 6 pontos. Três desses seis pontos podem ser conquistados já este Sábado às 18:30 frente ao Kei Lun. No jogo da primeira volta o Benfica teve uma vitória fácil por 4-0, mas a equipa de Josicler melhorou muito desde então tendo vindo a realizar boas exibições, como aquela que empatou com o Monte Carlo.

Henrique Nunes, técnico dos encarnados, sabe que este não vai ser um jogo fácil mas ao vencer dificilmente o titulo lhe escapará e poderá mesmo ser campeão esta jornada se vencer e o dois perseguidores não ganharem.

Monte Carlo

Os canarinhos ainda hoje devem pensar no empate frente ao Kei Lun, pois não fosse a perda desses dois pontos e hoje estaria em primeiro lugar da Liga Elite. Para conseguirem quebrar a sequência de títulos do Benfica, os pupilos de Cláudio Roberto terão que ganhar os seus dois jogos finais e esperar por um deslize dos encarnados.

A equipa canarinha está a terminar o campeonato em alta, prova disso foi a vitória frente ao Benfica que relançou o campeonato e perante as equipas da parte de baixo da tabela tem goleado.

Entretanto este domingo, às 18:30, vão ter um adversário complicado: o Cheng Fung. Na primeira volta os canarinhos venceram por uns expressivos 7-2 mas é sabido a apetência desta equipa, liderada por João Rosa, para tirar pontos aos líderes da tabela, como fez por duas vezes esta época aos encarnados.

CPK

A equipa capitaneada por Diego Patriota é das três a que tem a situação mais complicada, o que não era verdade a semana passada. A verdade é que a derrota com os encarnados atirou o CPK para terceira posição e, neste momento, para voltarem a liderar o campeonato precisam de um verdadeiro milagre.

Os encarnados têm que perder pontos, assim como os canarinhos, tendo que a equipa liderada por Inácio Hui vencer ambos os jogos que faltam.

O primeiro desses dois jogos realiza-se no domingo, pelas 20:30, frente à Polícia.

Na primeira volta o CPK venceu por 2-0. Nesta segunda volta não se afigura um jogo fácil porque a derrota para o grupo da Polícia poderá indicar a descida de Divisão, algo que a equipa de Ka Li Man quer evitar a todo custo.

Restantes jogos

Sexta feira, 21:00. Sporting vs Development Team. A equipa liderada por Nuno Capela vai realizar o jogo de uma época. Com uma vitória sobre os jovens da associação irão realizar o que o muitos pensavam impensável antes do início do campeonato e grande objectivo deste grupo de trabalho: a manutenção.

Entretanto, vão apanhar uns jovens da associação feridos no orgulho após a derrota com o Lai Chi, que os deixou numa situação muito complicada e só uma vitória neste encontro poderá ainda dar esperanças aos jovens de Macau.

Sábado, às 20:30, Ka I vs Lai Chi. A equipa capitaneada por William Carlos Gomes tem praticamente a sua situação resolvida, só uma grande combinação de resultados os colocavam acima dessa posição ou até abaixo. Já o Lai Chi ganhou nova vida e uma vitória aqui e uma derrota da Polícia poderá colocá-los a uma jornada do fim acima da linha de água.

23 Jun 2017

Liga de Elite, análise da jornada | Tetra à vista

Benfica 2 vs 0 CPK. Muita expectativa para o jogo de sábado para saber se tínhamos um líder diferente a duas jornadas do fim em relação aos últimos dois anos (há três anos era o Sporting o líder perdendo a liderança na última jornada), mas o Benfica quis voltar ao seu habitat e numa exibição com menos brilho do que costuma fazer mas com muita vontade em recuperar o que era seu durante a maioria do campeonato.

O jogo não foi muito espectacular, muita bola pelo ar, ramente se viu uma jogada com mais do que três passes seguidos e pouca construção de jogo a partir das linhas recuadas, muito por culpa do tempo que se fez sentir, chuva intensa praticamente todo o jogo. Ambas equipas apostavam num futebol directo e na recuperação das segundas bolas para começar a construir a partir no meio campo ofensivo.

O CPK foi o primeiro adaptar-se às condições do campo e o primeiro a criar perigo com ambas as jogadas serem de contra-ataque aproveitando algum desnorteio dos encarnados na sua transição defensiva. Entretanto esta forma de jogar do CPK, não iria resultar por muito tempo, primeiro porque iriam desgastar fisicamente com tantos ataques rápidos, segundo, quando o Benfica acertou a sua transição e começou a recuperar o seu meio campo e esta linha já não era ultrapassada com facilidade, o seu melhor jogador começou a ficar sem bola para jogar visto estar sozinho na frente de ataque e sem ele para temporizar a meio campo e deixar a linha defensiva respirar os encarnados começaram a tomar conta do meio campo ofensivo não deixando os pupilos de Inácio Hui sair do seu meio campo defensivo.

Entretanto para os encarnados as melhor ocasiões só vinham de bola parada e foi nessa situação, aos 45 minutos, após uma jogada do campo de treino a partir de um lançamento de linha lateral e uma deliciosa assistência de Leonel Fernandes, Marco Meireles fazia o golo que dava a liderança ao Benfica ao intervalo.

Na segunda parte havia duas situações possíveis para alterar o jogo uma para cada uma das equipas. Ou o Benfica marcava cedo e o jogo estava garantido e mais golos até poderiam surgir e formar um resultado como o da primeira volta, ou o CPK alterava a sua maneira de jogar recuando o Patriota mais para uma zona onde tivesse mais bola e influência de jogo, tirando um dos centrais estrangeiros e colocando o Vinicius Aiko. Nada disto aconteceu o que deixou um jogo com emoção até ao fim com o Benfica mais perigoso mas sem conseguir controlar o jogo, fazendo o CPK sonhar com o empate que era tudo que precisava. Foi preciso esperar pelo último minuto para o Benfica resolver o jogo após uma grande penalidade convertida por Leonel Fernandes. Estava feito o resultado e Benfica volta para a liderança e deixa o CPK na 3ª posição a dois pontos.

Jogo muito difícil para as duas equipas onde deixaram tudo em campo para saírem com a vitória mas o Benfica demonstrou mais vontade e risco na procura da vitória.

Restantes jogos

Monte Carlo 5 Vs 1 Policia. Os canarinhos não tinham outra opção se queriam continuar a sonhar com o título tinham que ganhar e fizeram-no em grande estilo com uma goleada à formação da Policia que continua acima da linha de água mas agora tem o LaiChi e Sub23 a um e dois pontos respectivamente. Ambas as equipas defrontaram-se LaiChi 3 Vs 0 Development Team, com o destaque do jogo a vir já no final quando as duas equipas se evolveram em cenas pouco dignas de um jogo de futebol, com vários socos a e pontapés a serem trocados entre as equipas e elementos técnicos.Com esta vitória o Lai Chi, praticamente condenado à descida desde o início da competição, pode novamente sonhar com a permanência.

Chuva de golos

Destaque para estes dois últimos jogos aqui relatados Sporting 2 Vs 2 Kei Lun, excelente resultado dos leões do território com um bis de Iuri Capelo contra a equipa de Josi Cler que tem estado muito no campeonato mas desta vez não conseguiu ainda garantir o quarto lugar. Quanto ao Sporting de Macau precisa de dois pontos nos próximos dois jogos para garantir a permanência.

No outro jogo Ka I 3 Vs 3 Cheng Fung. Mais um excelente jogo mas que hipoteca fortemente o sonho das duas equipas ainda chegarem ao quarta posição.

Homem da jornada- Cuco # 10 Benfica de Macau- Intransponível, muito da subida de rendimento do Benfica se deve a ele. A partir do momento em que conseguiu anular as transições ofensivas do CPK os encarnados começaram a ganhar o jogo. Num terreno muito difícil nunca parou de trabalhar defensivamente em prol do grupo.

20 Jun 2017

Antevisão da 16ª jornada da Liga de Elite: Um poleiro para três

João Maria Pegado

Hoje às 21:00 no Estádio de Macau tem início a 16ªJornada, com as honras de abertura a pertencerem às equipas do Sporting De Macau Vs Kei Lun. Os leões do território vão tentar garantir pontos neste jogo para conseguir o mais cedo possível o grande objectivo desta época, a manutenção. Para isso vai defrontar uma das equipas que mais tem surpreendido pelo futebol positivo que pratica e com bons executantes na sua formação. A equipa de Josi Cler neste momento tem como objectivo garantir o 4ºlugar do campeonato.

Rota do título

Este fim de semana está reservado para rota do título. CPK, Benfica e Monte Carlo têm mais uma das três finais a disputar. As primeiras equipas a entrarem em campo, sábado às 20:30, são o CPK Vs Benfica de Macau, primeiro e segundo classificado respectivamente. Depois de todo o campeonato na frente os encarnados encontram-se em segundo lugar e logo quando faltam três jornadas para o fim. E quis o destino que na jornada seguinte o Benfica defronta-se o primeiro classificado, o CPK. Melhor não poderia ter acontecido à equipa de Henrique Nunes que assim só depende de si para voltar à posição que foi sua praticamente todo o campeonato. Mas não vai ser fácil. Pela frente terá um super motivado CPK que pela primeira vez na sua curta história está em primeiro lugar a três jornadas do fim e também só dependendo de si próprio.

A estatística está do lado do Benfica mas tradição de surpresas no futebol está com o CPK.  Atento a este desafio estará o Monte Carlo que em caso de empate dos primeiros dois classificados poderá subir ao primeiro lugar, para isso terá que jogar ao mesmo nível que jogou na altura que derrotou o Benfica, e assim infligir outra derrota à Policia que vai deixar tudo que tem dentro do campo ou então colocar-se em situação muito difícil de permanência no grande escalão de Macau. Monte Carlo vs Policia 18:30 de Domingo.

Aflitos e meio da tabela

Sábado às 18:30 Lai Chi Vs Development, vão lutar pela manutenção com a urgência de pontos a estar do lado do Lai Chi. Se não pontuarem neste encontro poderão começar a preparar a próxima época na 2ºDivisão.

O último jogo da jornada Cheng Fung Vs Ka I vai ser um desafio interessante entre equipas que lutam pelos lugares do meio da tabela. Enquanto Cheng Fung tenta alcançar o 4º lugar o Ka I ainda sonha em apanhar o próprio Cheng Fung.

16 Jun 2017

Análise da jornada da Liga de Elite | Campeonato até ao fim

Por João Maria Pegado

Sábado quando todos esperavam uma vitória do Benfica De Macau e com esses três pontos afastar o Monte Carlo da luta pelo título da liga, eis que os canarinhos dizem presente e arrancam uma valiosa vitória sobre o campeão em título. Monte Carlo 2 vs 1 Benfica de Macau. O mérito desta vitória, para além dos jogadores canarinhos, terá que ser dado ao técnico Claudio Roberto.

No jogo anterior entre estas duas equipas tinha sido criticado aqui neste espaço por mim, por não ter potencializado o melhor que tem na sua equipa, o ataque. Neste jogo subiu as linhas para junto do ataque mantendo a sua equipa muito compacta e não deixando espaço entre linhas para o Benfica organizar o seu ataque posicional como tanto gosta. Desta forma a partida tornou-se num jogo de transições rápidas onde o Monte Carlo é mais forte.

Por parte da equipa de Henrique Nunes o que ficou mais visível foi a forma desconcentrada com que encararam este jogo decisivo e a atitude pouco aguerrida com que entraram em campo. Exemplo disso foi o canto que originou o primeiro golo do Monte Carlo. Na parte da finalização os encarnados não tiveram das suas melhores noites com muitos golos falhados ao contrário dos canarinhos que tiveram dois golos de grande execução técnica.Com este resultado o Monte Carlo reduz para 1 ponto a diferença em relação ao Benfica.

Em terceiro, a dois pontos do primeiro classificado, está o CPK, que na sexta feira derrotou o Kei Lun. CPK 2 Vs 1 Kei Lun.

Contudo não foi uma vitória fácil para os pupilos de Inacio Hu. Depois de estarem em vantagem ainda na primeira parte, a equipa de Josi Cler empatou logo no reatar da segunda parte levando a incerteza ao até ao final, com o desbloqueio a acontecer numa bela jogada protagonizada por Vinicius Akio, entrado aos 58 minutos para o lugar de Vitor Almeida. Akio fez um belo passe para Ho Ka Seng que só teve que encostar para a baliza e fazer o golo da vitória a 10 minutos do fim. Este golo coloca o CPK a dois pontos do líder, a duas jornadas do fim e com menos um jogo. Na próxima jornada defrontará o líder e em caso de vitória a meio da semana contra os Sub23, poderá entrar em campo contra o Benfica na primeira posição.

Manutenção ao rubro

Tudo na mesma em relação a luta pela manutenção. No sábado Policia 1 Vs 1 KaI. A equipa de Ka Li Man esteve em vantagem até bem perto do final e quase que conseguia os três pontos importantíssimos para a manutenção, algo que será muito difícil visto ter que jogar os últimos dois jogos frente ao segundo e terceiro classificado.

No domingo realizaram-se as outras duas partidas, Development Team 3 Vs Chuac Lun 3, a equipa do Development esteve a ganhar por 2-0 e mas permitiu a reacção do Chuac Lun na segunda parte que virou o resultado, mas entretanto no último minuto os jovens macaenses conseguiram o golo do empate, que impossibilitou o assalto da equipa de João Rosa ao quarto lugar por troca com Kei Lun.

No último jogo da jornada verificou-se mais um empate. Sporting 1 Vs 1 Lai Chi. Os leões de Macau viram a oportunidade de garantir já a manutenção gorada devido a uma segunda parte de fraco nível depois de uma primeira parte onde a equipa apresentou algumas mudanças no onze mas que mereceu a vantagem que detinha ao intervalo. Com os empates de Policia, Development Team e Sporting, fica tudo igual para as últimas duas jornadas, sendo que o Lai Chi será uma certeza na segunda divisão. Resta um lugar e quem perdeu mais uma jornada foi o grupo da Policia.

Nota negativa para Associação De Futebol de Macau

A irresponsabilidade continua a reinar na principal prova da Associação. No jogo entre Policia Vs Ka I, o jogador da Policia após um lance disputado de forma leal com um adversário, deslocou a clavícula. Um lance normal no futebol mas o que não é normal é um jogador ter que ficar 20 minutos no chão sem assistência por não haver ambulância nem paramédicos presentes no estádio, nem um saco de primeiros socorros. Triste!

Homem da jornada Anderson de Oliveira #5 Monte Carlo

Grande responsável pela vitória importantíssima do seu clube, travou uma luta praticamente sozinho no meio campo contra os médios centros do Benfica, onde quase sempre levou a melhor. Capacidade física impressionante, excelente recuperador de bolas devido a um sentido posicional acima da média. Um dos bons estrangeiros do nosso campeonato.

31 Mai 2017

Liga de Elite, antevisão | Fim-de-semana decisivo

João Maria Pegado

A jornada 15 do campeonato da liga elite poderá ser importante para o desenrolar final do campeonato, os líderes jogam entre si e também haverá desafios relativos às equipas que lutam pela manutenção .

Na sexta feira terá lugar o encontro Kei Lun Vs CPK. A equipa de Inácio Hui, que neste momento tem menos um jogo realizado, tem nesta partida uma oportunidade de continuar a pressionar o Benfica ou ultrapassar o Monte Carlo na segunda posição da tabela. Contudo o seu adversário não é o ideal para contar com uma vitória garantida. A equipa de Josi Cler tem estado a jogar o seu melhor futebol da época, prova disso foi o empate na jornada anterior frente ao Monte Carlo. O jogo será disputado no Estádio de Macau às 21:00.

Sábado, jogo grande

O CPK em caso de vitória será um espectador atento ao grande jogo da jornada que vai pôr frente a frente o primeiro contra o segundo classificado, Monte Carlo Vs Benfica De Macau.

O Benfica tem continuado a somar vitórias e neste momento tem quatro pontos de vantagem sobre o seu adversário, em caso de vitória aumentará para sete pontos essa diferença, ficando apenas nove pontos em disputa. Com este cenário a equipa de Henrique Nunes estará completamente focada nesse objectivo de colocar o Monte Carlo numa posição muitíssimo difícil de conseguir atingir o primeiro lugar. Ficando unicamente o CPK com essa responsabilidade(em caso de vitória na sexta-feira) de impedir que o Benfica se torne novamente campeão. Curiosamente o jogo CPK Vs Benfica será já na próxima semana.

O Monte Carlo por sua vez entra neste jogo, após ter goleado os jovens da associação por 5-0, o que terá sido porventura um bom teste para o jogo deste fim-de- semana. Para garantir os três pontos frente aos encarnados, o treinador do canarinhos deverá apostar numa estratégia diferente da que foi usada na primeira volta, onde foi goleado com sete golos sem resposta.

Grande jogo na Taipa a partir das 20:30, que pode clarificar muito os primeiros lugares da tabela final.

Ainda no sábado às 18:30 Policia Vs Kai.

Domingo, dia virado para a permanência

A tarde começa com o jogo entre Development Team Vs Cheng Fung. A equipa da associação vai querer pontuar frente a equipa do Cheng Fung, para poder de seguida observar com atenção ao jogo entre o Lai Chi Vs Sporting De Macau. Os leões do território têm um jogo de extrema importância, ao jogar com um adversário directo na luta pela permanência, contudo terão pela frente os velozes que vêem neste jogo a sua última esperança para poderem continuar acreditar numa possível manutenção. No lado do verde e branco uma possível vitória, e as derrotas de Policia e Development Team, darão um passo de gigante para garantir a manutenção, grande objectivo da época quando poucos acreditavam nessa hipótese no início deste campeonato.

26 Mai 2017

Liga de Elite | Benfica dilata vantagem após empate do Monte Carlo

Por João Maria Pegado

Realizou-se este fim de semana a décima quarta jornada da liga elite. Destaque para o empate do Monte Carlo frente ao Kei Lun. Com este resultado os canarinhos do território viram o Benfica De Macau aumentar para cinco pontos de diferença a sua liderança na prova e foram ultrapassados no segundo lugar pelo CPK. Na luta pela a manutenção destaque para a vitória dos jovens da associação que assim reduzem a diferença para o Grupo Desportiva da Policia.

O jogo grande da jornada teve lugar na sexta feira à noite, com o Monte Carlo Vs Kei Lun. A equipa de Claudio Roberto entrava para este jogo sem grande margem de manobra e o único resultado possível era a vitória. Do outro lado estava a equipa de Josi Cler bastante motivada com a excelente prestação neste campeonato.

O Monte Carlo apresentou-se no seu sistema habitual 3-5-2 e o Kei Lun num 4-3-3.  A luta centrava-se a meio campo com a disputa dos capitães Silva e Anderson Oliveira, ambos a tentar obter o controlo de jogo, ora impedindo ataques rápidos ora organizando saídas rápidas para o ataque. Nenhuma das equipas jogava em ataque posicional, devido às características dos seus avançados. Os treinadores montaram as suas equipas para jogarem em transições rápidas, tornando o jogo emotivo para o adepto e com muitas oportunidades de golo. Nesta forma de jogar destaque para Neto no Monte Carlo e Diego Borges e Cesar Felipe no Kei Lun. Ao intervalo os canarinhos venciam por 1-0 com golo de Keverson Santana e assistência de Neto.

Para o segundo tempo o treinador do Monte Carlo fez duas alterações para ver logo no primeiro minuto o Kei Lun empatar a partida. Cesar Felipe aproveitou um erro enorme de Ho Man Fai, guarda redes internacional A pela selecção de Macau, e de baliza aberta fez finalmente o golo que tanto tinha procurado na primeira parte. O 1-1 estava feito. Foi um balão de oxigénio para o Kei Lun tanto que aos 56 minutos Josi Cler jogou a cartada decisiva: tirou Ismael e colocou Alexandre da Silva. Excelente o treinador do Kei Lun na leitura do jogo ao perceber que o desafio não passava pelo meio campo, tirou um médio mais defensivo, deixando esse trabalho para Silva(que jogão), e colocou mais uma unidade na frente.

Já o treinador do Monte Carlo teve o azar do jogo após mexer pela última vez na equipa, o central Geofredo Sousa lesiona-se, deixando a sua formação a jogar com 10 elementos. Aos 77 minutos e com muita sorte à mistura o Monte Carlo chega a vantagem no marcador através de um golo injusto para o guarda-redes do Kei Lun na forma como o sofreu, ele que tinha estado em grande plano até esse momento. A seguir a este golo só se viu Kei Lun e aos 93 minutos, Alexandre Silva finalmente conseguiu introduzir a bola dentro da baliza dando justiça ao marcador final de 2-2.

Grande jogo no estádio da Taipa bastante emotivo com um resultado justo pela determinação do Kei Lun e pelo esforço do Monte Carlo que com dez homens em campo durante 20 minutos conseguiu ainda estar em vantagem. Mas este não era o resultado que pretendiam e alegria estava toda na equipa de Josi Cler.

Outros jogos

No sábado , Policia 0 Vs 2 Development Team, excelente resultado para os jovens da associação que assim reduzem a diferença para dois pontos para o oitavo classificado que é esta mesma Policia. No segundo jogo o Sporting 0 Vs CPK 3, os Homens do CPK não podiam deixar escapar esta oportunidade para assaltar o segundo lugar e fizeram-no com competência derrotando os Leões do território que novamente mostram boa imagem vendendo cara a derrota.

No domingo, o Benfica De Macau não teve dificuldades em derrotar o KA I, fechando o jogo ainda na primeira parte com 3-0 ao intervalo e finalizando com um 4-1,aumentando para 5 pontos a diferença para o segundo classificado. No outro o jogo mais uma derrota para o Lai Chi 1 Vs 2 Cheng Fung. Com este resultado os velozes praticamente dizem adeus à Liga Elite.

Jogador da Jornada #20 Silva (Kei Lun)

Gigante em tamanho mas também no jogo que realizou. Foi sempre o primeiro a parar os ataques rápidos do Monte Carlo, impressionante o posicionamento táctico, quase sempre adivinhando onde bola da equipa adversária iria sair para o ataque. Para de seguida e com grande qualidade, algo tem vindo a melhor com o passar dos anos, construir os ataques da sua equipa, sendo sempre o primeiro a organizar e clarificar o jogo do Kei Lun.

16 Mai 2017

Liga de Elite, 9ª Jornada | Análise do jogo Benfica-Sporting

Por João Maria Pegado

A liga elite chegou ao fim da primeira volta com o dérby lisboeta no Estádio de Macau. Dérbi que no entanto não foi como todos os adeptos gostavam de ter assistido ( Benfica 9 Vs 0 Sporting ). Acredito que nem os próprios adeptos benfiquistas ficaram extremamente contentes com este resultado. Mas o que estará estado na origem deste resultado tão desnivelado? As ausências de jogadores nucleares em ambas as equipas, com maior prejuízo para os Leões do território que não tem a mesma qualidade no seu plantel daquela que os encarnados apresentam.

No lado do Benfica não tivemos os goleadores Leonel Fernandes e Nicholas Torrão e o lateral esquerdo Chi Kin, sendo substituídos por Alison Brito, Vinícius Morais e Amâncio Goitia, jogadores que ainda não efectuaram muitos jogos este ano mas que têm muitos anos de liga elite e não seria por aqui que a estrutura do Benfica ia ficar mais frágil . No lado dos Leões as ausências dos reforços da Guiné Conacri , Iuri Capelo, Duarte Pinheiro Torres e o capitão  César Gibelino, retirou muita da qualidade e experiência à formação leonina tendo sido substituídos por jogadores muito jovens que pela primeira vez jogavam um derby. Este factores de juventude e inexperiência no lado do Sporting fooram determinantes para um resultado tão desnivelado aliado a um Benfica de Henrique Nunes, que desde do jogo com Cheng Fung aprendeu a lição e respeita o adversário e esse respeito passa por levar o jogo de forma séria do princípio ao fim.

Do jogo

Desde de início se percebeu as dificuldades do Sporting em conseguir ter bola e o plano de jogo de Nuno Capela ofensivamente passava muito pela activação da ligação Ema Maicon, Miguel Botelho ou Tony Lopes para tentarem os ataques rápidos atacando a profundidade nas costas da defesa encarnada. Mas a equipa de Henrique Nunes nunca deu possibilidade para essa ligação funcionar, com Cuco na marcação a Ema e os centrais bem subidos quase na linha de meio. A bola era recuperada ainda no meio campo defensivo do Sporting forçando os defesas leoninos a constantes ataques dos homens mais avançados dos encarnados que estavam muito perdulários na hora da finalização. Seria apenas uma questão de tempo e aos 12 minutos Edgar Teixeira inaugura o marcador e a partir daí vieram mais 4 até ao intervalo e mais 4 na segunda parte. Vinicius Morais (3 golos), Adilson Brito(2 golos), Chan Man(2 golos) e Ethan Lay (1) foram os marcadores. Destaque no Benfica para os 3 golos de Vinicius Morais, para a forma séria com que Edgar Teixeira encara todos levando os colegas atrás e para o desbloqueador através dos corredores que foi Chan Man.

No lado do Sporting uma nota positiva para o defesa central Eric Peres que demonstrou algumas dificuldades já na parte final mas que sem ele em campo o resultado poderia ser mais avolumado.

Outros encontros

Na sexta feira jogou-se o Kei Lun 5 vs 2 Policia, regresso do Kei Lun às vitórias acabando a primeira volta num excelente quarto lugar. No sábado para além do dérby, realizou-se também outro jogo grande entre o CPK 3 Vs 1 Cheng Fung. Jogo que só teve golos na segunda parte com a equipa de João Rosa a colocar-se em vantagem logo no começo dos últimos 45 minutos mas o CPK deu a volta ao marcador em 2 minutos a 15 minutos do fim pelo inevitável Diego Patriota a bisar.

No domingo e já sem Sadan o Monte Carlo 9 Vs 2 Lai Chi, mais um resultado desnivelado onde o Monte Carlo fez o seu trabalho mas voltou a sofrer golos. No último jogo da primeira volta teve lugar o KA I 4 vs 1 Development  Team.

Homem da jornada#77 Chan Man ( Benfica )- Foi um dos responsáveis pela grande intensidade posta pela equipa do Benfica no jogo frente ao Sporting. Jogador que já passou por Portugal e que deveria ter tido mais oportunidades no sul do País. Grande atitude competitiva aparece este ano mais disciplinado tacticamente no momento defensivo mas é no momento ofensivo que se destaca na qualidade dos seus cruzamentos. Neste jogo teve oportunidade para nos mostrar que evoluiu também ao nível da finalização com dois bons golos apontados.

11 Abr 2017

Antevisão da jornada da Liga de Elite | Derbi Lisboeta na Taipa

João Maria Pegado

O campeonato da liga elite está de regresso com a jornada nove. Após um interregno de duas semana para a realização do primeiro jogo da selecção do território para AFC Asian Cup, em que Macau perdeu no Quirguistão por 1-0 situando-se no terceiro posto do grupo

O campeonato tem início hoje às 21:00 no Estádio da Taipa com o jogo Kei Lun Vs Policia. A equipa liderada por Josicler, após a derrota na jornada passada frente ao Benfica, vai tentar voltar aos triunfos. Para tal conta com o reforço na baliza que se estreou contra os encarnados e desta vez vai tentar manter a baliza inviolável frente a uma Policia que volta ao campeonato após o triste episódio da jornada anterior frente a CPK. Neste jogo a equipa do Kei Lun deverá conseguir os 3 pontos, frente a uma Policia desfalcada após as suspensões, e assim conseguir manter-se isolada no quarto posto do campeonato.

Sábado de derby

Pode-se dizer que já não é o mesmo dos últimos anos mas um Benfica Vs Sporting é sempre um dérbi que desperta paixões onde todos os intervenientes estão hiper motivados para jogar este tipo de partidas, independentemente da situação ou da classificação em que se encontram.

O Benfica entra neste encontro como favorito. A equipa de Henrique Nunes talvez não tenha tido o melhor tipo de preparação para este desafio, devido às inúmeras ausências de jogadores para representar a selecção do território. Assim a equipa encarnada não deverá fazer grandes alterações mantendo o onze base que tem feito a maioria dos jogos, havendo a dúvida sobre o lado direito da defesa para saber se Chan Man estará disponível. Se não, Amâncio Goitia será o natural substituto e terá oportunidade de defrontar a equipa na qual jogou os últimos três anos.

Do lado do Sporting um jogo tremendo, não tanto pelos pontos em disputa mas sim pela honra do seu nome. A equipa de Nuno Capela teve estas duas semana para preparar este dérbi da melhor forma e terão dissecado este Benfica em todos os momentos do jogo, para poder contrariar o favoritismo encarnado. E poderão estar confiantes, já que estes Leões já não são a equipa jovem que começou o campeonato e neste momento já tem mais jogadores com ‘quilómetros’ nas pernas. A exemplo,  o ultimo jogo, o único jovem a entrar de inicio foi o talentoso Tony . Um jogo disputado e emotivo é o que se espera este sábado na Taipa.

Às 20:30 segue-se outro bom jogo para assistir entre duas equipas com bons intervenientes, CPK Vs Cheng Fung. Neste encontro é de se esperar um jogo com o CPK assumir mais o controlo do mesmo, com o seu meio campo liderado por Diego Patriota a marcar o ritmo de encontro.

O Cheng Fung por seu turno vai tentar explorar o ataque rápido, especialmente com Fabricio Lima a atacar a profundidade, situação em que o CPK apresenta algumas dificuldades na protecção da mesma .

Domingo

Com mesmo horário dos jogos de sábado, teremos no primeiro jogo deste domingo o embate entre o Monte Carlo Vs Lai Chi. Os canarinhos não terão grandes dificuldades em garantir os três pontos mas já sem a presença de um dos seus melhores jogadores, Sadan que já voltou ao Brasil para continuar a sua carreira desportiva.

Por último o Ka I liderado pelo o seu ponta de lança William Carlos Gomes vai defrontar a equipa da Associação, Developement Team. Os encarnados são favoritos para este encontro e voltar a triunfar para chegar mais perto do grupo da frente do campeonato.

7 Abr 2017

Sporting mais perto da permanência

João Maria Pegado

Nas sexta feira a jornada 8 da Liga Elite teve início com o jogo grande na luta pela permanência, Sporting De Macau 1 Vs 0 Development Team.

Os Leões do território apareceram neste jogo com um onze diferente do habitual. No lado esquerdo da defesa jogou Iuri Capelo no lugar do habitual titular Chan Fai e no meio campo apresentou dois novos reforços: o médio centro Kande e o extremo Cisse. No lado dos Sub 23 o habitual onze sem grandes surpresas.

O primeiro grande destaque vai para a escassa qualidade futebolística apresentada no relvado do estádio da Taipa, o que não impediu um jogo emotivo devido à incerteza até ao último minuto do resultado final.

O Sporting entrou bem no jogo aproveitando o facto de ter surpreendido no onze e logo cedo se instalou no meio campo ofensivo dos sub 23, os quais tinham a lição bem estuda e com ataques rápidos tentavam explorar a profundidade, aproveitando as dificuldades na transição defensiva dos pupilos de Nuno Capela, que ficavam expostos quando perdiam a bola em organização ofensiva não havendo ninguém que pressionasse na perda de bola.

Aos 15 minutos apareceu o único golo do encontro marcado por Ema Maicon que aproveita um erro da defensiva dos jovens da associação, que ao tentarem sair a jogar com a bola controlada a partir de trás, permitiram a recuperação de bola à entrada da área, pelo antigo jogador do KA I, que  com calma tirou um adversário do caminho e ficou só com o guarda redes pela frente e tranquilamente desviou para o fundo da redes. Estava feito o golo que o Sporting procurou desde do inicio e aqui o jogo mudou.

Os Leões do território, que após o golo, talvez pela importância dos três pontos em disputa e para não serem apanhados na perigosa transição ofensiva rápidos jogadores dos Sub 23, recuou a suas linhas e deixou de chegar ao meio campo ofensivo com homens suficientes para criar perigo e até ao intervalo foram o jovens da selecção a terem as melhores oportunidades.

Após o intervalo e percebendo que os sub 23 não tinham tanta qualidade quando tinham que jogar de ataque planeado, o técnico do Sporting montou uma boa organização defensiva e utilizou a arma que tinha sido até então da equipa adversária, o contra ataque. Reforçou o seu meio campo com Duarte Pinheiro Torres e dando mais músculo na primeira fase de pressão com o Marroquino Marouan. Nesta fase destaque para Pedro Lopes o guarda redes do Sporting que com boas defesas ia permitindo a vantagem do marcador.

No lado dos Sub 23 destaque para Cheong Hoi  San, o capitão da equipa da associação, dos seus pés saíram as jogadas de maior perigo da sua equipa muitas vezes jogando em combinações no lado esquerdo com Hun Seng Kuai, lateral esquerdo que dava muita profundidade ao seu corredor e com uma disponibilidade física muito boa. E foi precisamente nesta parte física que o Sporting começou a perder a luta do meio campo, contra uns jovens da associação bem preparados fisicamente e começaram a empurrar os leões para sua defensiva. Nesta fase o Sporting usou e abusou do anti-jogo algo que não é novidade na equipa leonina mas mesmo assim os jovens da associação não desistiram de procurar o golo mas nunca tiveram qualidade no ultimo terço do terreno onde a organização defensiva do Sporting esteve muito bem. Destaque ainda para as expulsões de alguns elementos técnicos do Sporting de Macau pelo segundo jogo consecutivo.

O resultado mais justo para este encontro seria o empate que premiaria a ousadia e a melhor qualidade no processo colectivo dos jovens dos Sub 23, mas o Sporting com  mais experiência soube controlar os momentos do jogo e conseguir uma vitória bastante importantíssima na luta pela permanência.

Sábado feio

Este dia fica marcado pelo triste episódio  que deve deixar todos os intervenientes do futebol de Macau tristes, especialmente a associação de futebol. No jogo entre a CPK 2 Vs 0 Policia, com golos de Ho Ka Seng e Diego Patriota, o destaque vai para a cena de pancadaria no período de desconto da segunda parte, onde o jogador do CPK Lucas, foi agredido por meia equipa da Policia. Para além das culpas óbvias que se podem ver nas imagens televisivas de quem poderá ter originado toda esta confusão, não posso deixar de responsabilizar a equipa de arbitragem, que sabendo da forma agressiva, por vezes violenta, que equipa da Policia se apresenta em todos os jogos, deixa arrastar o jogo para estas situações não controlando o jogo logo de início punindo certas entradas com admoestação de cartões e não sendo passivo na gestão do jogo.

No outro jogo (KA I 2 Vs 1 Lai Chi)o Ka I continua a somar pontos e desta vez venceu o Lai Chi com um bis de William Carlos Gomes.

O passeio continua

Benfica 4 Vs 0 Kei Lun. O líder continua a passear a sua classe pelo campeonato. Desta vez foi à bem organizada equipa de Josi Cler, que apresentou uma novidade na baliza, o brasileiro Douglas Jardim. No último jogo da jornada o Monte Carlo continua também o seu passeio com mais uma goleada, desta vez ao Cheng Fung por 7-2, confirmando a grande vocação ofensiva da equipa canarinha que mais uma vez sofreu dois golos.

Jogador da jornada- #18 Cheong Hoi  San ( Development Team ) – Jogo de gente crescida e o capitão dos Sub 23 disse presente. Excelente na fase defensiva onde sabia onde se posicionar e não se escondia do choque, recuperando muitas vezes a bola para sua equipa. Mas foi na fase ofensiva que mais se destacou onde escolhia com critério as jogadas de ataque da sua equipa. Muita qualidade com e sem bola, com certeza os grandes já andarão de olho nele.

21 Mar 2017

Antevisão da 8ª jornada da Liga de Elite | Pontos pela sobrevivência

João Maria Pegado

A oitava jornada da Liga Elite tem um calendário com jogos muito interessantes, dos quais deverão resultar confrontos bastante equilibrados e emotivos.

O destaque da análise desta jornada vai para a luta entre as equipas do final da tabela. Sporting Macau Vs Development  Team, sexta-feira às 21:00h no Estádio da Taipa – um jogo em que ambas as equipas estão proibidas de perder pontos, sob o risco de verem um adversário directo na luta pela permanência afastar-se.

Depois de ter estado três épocas consecutivas a disputar o campeonato, conseguindo manter-se entre os lugares cimeiros da tabela, o Sporting De Macau esta temporada, após uma mudança de Direcção e com o fim da ligação ao seu patrocinador das últimas quatro temporadas, esteve inclusivamente em risco de não participar no presente campeonato.

A poucos dias do começo do mesmo, foi anunciado que os leões iriam participar,  mas desta vez com uma mudança de política interna. A aposta em jovens locais passou a ser o rumo a seguir. Pode dizer-se que esta aposta tem tido resultado, visto ter-se começado a ver alguns jogadores com potencial, dos quais se destacam o avançado Tony Lopes e o lateral esquerdo Roy Fong. Após as primeiras jornadas onde a equipa defrontou equipas do top 5 da tabela onde coleccionou derrotas, que podem ser consideradas normais, mas onde igualmente mostrou uma boa imagem, excepto contra o Kei Lun. Frente a equipas do seu campeonato a história tem sido outra, com excepção da derrota no último minuto frente ao KA I, a equipa orientada por Nuno Capela tem conseguido pontuar sempre. Com isto espera-se um Sporting dominador na maior parte do jogo, visto ter jogadores mais rodados na primeira liga do que o seu oponente.  Posto isto, só um resultado se impõe: a vitória.

A equipa da associação tem vindo a subir de qualidade, tendo mesmo conquistado os 4 pontos que tem de momento nos últimos três jogos, conseguindo inclusive a vitória no último encontro frente ao Lai Chi que, como o Sporting, é um adversário directo na fuga aos últimos lugares. Por isso estará neste jogo motivada com este excelente resultado e vai querer contrariar esse favoritismo de domínio de jogo do Sporting e é sabido o quanto estes jovens gostam de jogar contra os Leões do território. Excelente jogo em perspectiva no estádio da Taipa.

Na tabela classificativa neste momento os verde e branco estão no 9º lugar com 3 pontos, a um ponto da Development Team que se situa acima da linha de água em 8º com 4 pontos. De referir que o Sporting tem neste momento um jogo a menos, devido ao caso ‘Juninho’,no qual a Associação de Futebol de Macau tirou o ponto no empate, a 1 golo, entre Lai Chi e Sporting. Até haver uma decisão sobre o caso, estas equipas ficarão sem o jogo disputado.

Jogos interessantes

No sábado, a jornada começa às 18:30h com o KA I vs Lai Chi. A equipa dos velozes terá que pontuar para tentar ganhar pontos, tanto ao Sporting como à equipa da associação, que se defrontam entre si. Não vão ter tarefa fácil, já que o KA I está a demonstrar o seu melhor futebol da época. Após o reforçar a equipa durante o campeonato e o regresso em pleno de William Carlos Gomes, o KA I tem estado em bom plano.

Às 20:30h defrontam-se CPK e Polícia. O onze de Inacio Hui quer voltar às vitórias depois da derrota frente ao Benfica e para tal terá que levar de vencido o conjunto da Polícia, uma equipa sempre complicada de bater, que conta no seu plantel com Chon Kit, guarda redes que se tem destacado mais neste início de campeonato com grandes exibições entre os postes.

Domingo.

Às 18:30h temos um Benfica Vs Kei Lun. Jogo onde o favorito será sempre o Benfica, mas atenção a esta equipa de Josi Cler. O Kei Lun possui um meio campo experiente, comandado por Silva e na frente muita fantasia, onde Taylor Gomes tem estado em evidência. No entanto, nota-se a falta de um guarda-redes que dê mais consistência defensiva. Julgo, no entanto que, com maior ou menor dificuldade, os encarnados irão resolver os problemas impostos pelo seu opositor, mas terão que jogar no mesmo nível de intensidade que a equipa do Kei Lun, logo desde o início, pois poderão ser surpreendidos.

Por último Monte Carlo Vs Cheng Fung (20:30), onde os golos aparecerão com certeza. Duas equipas que gostam de jogar ao ataque e que dispõem de grande executantes nessa fase do jogo. Destaque para Neto no Monte Carlo e Ronieli no Cheng Fung.

2017 Liga Elite

Equipas

P

V

E

D

GM

GS

DiF

Pontos

1

BENFICA

7

6

1

0

36

2

34

19

2

MONTE CARLO

7

6

0

1

22

11

11

18

3

C.P.K.

7

5

0

2

18

8

10

15

4

KEI LUN

7

4

1

2

22

13

9

13

5

CHING FUNG

7

2

4

1

12

10

2

10

6

TAK CHUN KA I

7

2

1

4

9

17

-8

7

7

POLICIA

7

2

1

4

5

14

-9

7

8

DEVELOPMENT

7

1

1

5

8

26

-18

4

9

SPORTING

6

1

0

5

5

15

-10

3

10

LAI CHI

6

0

1

5

2

23

-21

1

17 Mar 2017