PARTILHAR
O Estádio de Macau assistiu a um espectáculo de golos no sábado à noite com os Canarinhos a imporem-se por 6-5, já em período de descontos

 

O Monte Carlo venceu o Ka I por 6-5 no sábado à noite, num encontrou que ficou marcado pelo golo tardio apontado por Miguel Noronha. Quando o cronómetro indicava os 94 minutos, o atacante rematou à entrada da área e apontou o 6-5, que permitiu a vitória tardia canarinha.

Com o golo, Miguel Noronha tornou-se o herói da vitória, num jogo que ficou marcado também pela grande eficácia dos canarinhos, que em seis remates à baliza marcaram seis golos. Por sua vez, o Ka I rematou mais mas mesmo assim não o suficiente para evitar uma derrota surpreendente, apesar dos quatro tentos apontados por William.

Apesar de uma entrada mais ofensiva da equipa que actuou de vermelho, foi o Monte Carlo que se colocou primeiro em vantagem. Aos 10 minutos, Miguel Noronha isolou Vernon Wong, numa jogada de contra-ataque, e o avançado na frente do guardião Sou Kwok Ho rematou para o 1-0. Um golo que nasceu do primeiro remate à baliza feito pelo Monte Carlo.

Se no primeiro lance de golo a defesa do Ka I se tinha mostrado algo desconcentrada, a confirmação desse facto chegou aos 27 minutos. Vernon Wong teve tempo para, dentro da área, fintar três adversários e ainda rematar quase em câmara lenta para o 2-0, sem que o guardião Sou pouco mais pudesse fazer do que tentar sair-lhe aos pés.

Em desvantagem, a recuperação do Ka I começou aos 33 minutos. Fábio Ribeiro surge isolado perante o Ho Mai Fan, que consegue cortar a bola. Contudo, William chega mais rápido que toda a gente ao ressalto e reduz para 1-0. Mais tarde, a um minuto do intervalo, Kou Cheng Hong apontou o tento do 2-2, quando tirou dois adversário do caminho e rematou, já dentro da pequena área, para o golo.

Esforço inglório

No regresso do intervalo, o Ka I veio com a mesma atitude e demorou pouco tempo a chegar à vantagem. William, no espaço de dez minutos, aos 46 e 56, colocou os encarnados na frente por 4-2.

Contudo, o esforço do brasileiro foi inglório. Na defesa a equipa do Ka I deixou-se adormecer e sofreu três golos, que colocaram o resultado em 5-4, com sete minutos do tempo regulamentar para jogar. Geofredo Cheung, Miguel Noronha e Iong Oi Chit foram os marcadores de serviço.

O Ka I não baixou os braços e três minutos depois, aos 86 minutos, chegou ao empate através de William, que fez o 5-5. Com este resultado, o encontro parecia caminhar para o fim, mas, aos 94 minutos, chegou o golo que haveria de imprimir surpresa ao marcador. Noronha remata, à entrada da área, com pouca força e de forma rasteira, mas e a bola toma a direcção da baliza, só parando lá dentro. O guardião Sou pouco fez e assim o Monte Carlo garantiu os três pontos num encontro em que nem sempre se defendeu da melhor maneira.

 

Jogo entre Casa de Portugal e Tim Iec adiado

A Casa de Portugal tinha encontro agendado diante do Tim Iec para ontem, no Canídromo, mas o jogo foi adiado devido ao aviso de tempestade içado pelos Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG). A nova data deverá ser agendada durante esta semana, sendo provável que o encontro se realize em Julho. Já na quinta-feira à noite o Consulado de Portugal tinha derrotado o Hong Ngai por 2-0, com golos de Pedro Maia, aos 66 minutos, e Diego Miranda, aos 78 minutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here