China/África | Cooperação com Pequim é “fundamental” para sucesso africano, diz António Guterres

O secretário-geral da ONU, António Guterres, considerou a cooperação entre a China e África “fundamental” para o sucesso do continente, numa entrevista difundida nas vésperas de um fórum que traz a Pequim dezenas de líderes africanos.

Numa entrevista conjunta aos jornalistas chineses, antes de partir para Pequim, onde participará, na próxima semana, no Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), Guterres frisou a importância do desenvolvimento de África para o mundo.

“Eu acredito firmemente que o sucesso do desenvolvimento e paz mundiais depende do sucesso de África, e que a cooperação entre China e África é fundamental para o sucesso de África”, afirmou.

“O mundo é um só, o planeta é um só, vivemos numa época de integração, tudo está interligado”, acrescentou o português, que frisou a importância de reforçar a conectividade através do investimento em infraestruturas, nomeadamente no âmbito da iniciativa chinesa “Nova Rota da Seda”.

Segundo analistas, o FOCAC deverá anunciar a inclusão dos países africanos naquele projeto internacional de infra-estruturas, lançado pela China, e que inclui uma malha ferroviária intercontinental, novos portos, aeroportos ou centrais elétricas, visando ressuscitar vias comercias que remontam ao Império romano, então percorridas por caravanas. O projeto inclui ainda Europa, Ásia Central e Sudeste Asiático.

Guterres enalteceu também a articulação do investimento chinês no continente com a Agenda 2063, da União Africana, e a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, da ONU. A China organiza entre esta segunda a terça-feira, em Pequim, o Fórum de Cooperação China/África, que reúne dezenas de chefes de Estado e do Governo dos países africanos.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários