Ávila com ténues aspirações ao título de pilotos do CTCC

Piloto local pode sagrar-se campeão em Xangai, mas precisa de uma conjugação muito favorável de resultados. Porém, Ávila está em excelente posição de ajudar a VW a conquistar o título de marcas

As hipóteses são muito remotas, mas Rodolfo Ávila ainda pode sagrar-se o grande vencedor do Campeonato da China de Carros de Turismo (CTCC), este fim-de-semana, em Xangai. Em sexto lugar à geral na competição, o piloto de Macau está nesta altura a 19 pontos da liderança, ocupada pelo colega de equipa Rob Huff. Nesta fase estão 45 pontos em discussão.

Também a Volkswagen, da qual Ávila faz parte, está a lutar pelo campeonato de marcas, pelo o piloto pode ver a sua prestação limitada pela necessidade de cumprir ordens de equipa. O facto de quatro pilotos do mesmo construtor estarem nesta luta, pode fazer com que, via de uma menor pontuação, Ávila tenha apenas de se concentrar em amealhar pontos para a equipa e abdicar da luta pelo campeonato de pilotos.

“A prioridade do fim-de-semana será sempre que um dos pilotos da SAIC Volkswagen se sagre campeão e qualquer um de nós os quatro ainda tem possibilidades matemáticas de ser campeão. Como não pontuei na última corrida, as minhas hipóteses são muito limitadas, portanto o meu fim-de-semana irá muito provavelmente decorrer um pouco ao sabor da estratégia montada pela equipa”, deixou muito claro Rodolfo Ávila, em comunicado.

Cinco pilotos à sua frente

Além de precisar de somar mais 20 pontos do que Huff, Ávila vai precisar de alcançar mais 12,5 pontos do que Cao Hong Wei (Ford), mais 11 pontos do que Zhu Dai Wei (BAIC), mais oito pontos do que Jiang Teng Yi (VW) e mais um ponto e meio do que Zhang Zhen Dong (VW).

Ao nível dos construtores a VW está na liderança com 331,5 pontos, à frente de Ford, com 268,5 pontos e BAIC, que soma 267 pontos. Apenas estas marcas podem chegar ao título, com a VW a ser a favorita.

A prova do fim-de-semana vai ser realizada no Circuito Internacional de Xangai, que é igualmente utilizado para receber a ronda chinesa do campeonato de Fórmula 1. Esta é também a segunda vez, esta época, que o CTCC visita esta pista em Xangai. No verão, Ávila conseguiu um sexto e um 12.º lugar na capital financeira chinesa, tendo as duas corridas sido vencidas por Rob Huff e Jim Ka To, o último em Kia.

Huff chega especialmente motivado a esta ronda, depois de ter vencido a prova do WTCC no Circuito da Guia. Por sua vez, Ávila chega a Xangai depois de na ronda anterior do CTCC, em Wuhan, ter somado um terceiro lugar e uma desistência, quando rodava nos lugares do pódio.

“Vamos para a última corrida da temporada onde vou tentar mais uma vez andar nos lugares da frente. Devido aos bons resultados nas últimas corridas, o nosso carro vai estar mais pesado, o que nos vai dificultar um pouco a tarefa, mas vou dar o meu melhor”, explicou o piloto de Macau sobre a abordagem para a corrida.

O fim-de-semana arranca hoje, com duas sessões de treinos-livres. Amanhã, pela manhã, será realizada a sessão de qualificação, enquanto que a primeira corrida está agendada para as 15h20. A temporada encerra com uma segunda corrida de dez voltas à 13h10, de domingo.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários