PARTILHAR
Foto: Pedro André Santos

Pedro André Santos

O Sporting Clube de Macau vai abrir uma academia de futebol destinada a jovens entre os 5 e os 12 anos que terão a oportunidade de aprender as bases de treino e, futuramente, poderem reforçar a equipa sénior. Os treinos arrancam em Outubro e têm um custo anual de 5.500 patacas, ou mensalidades de 650 patacas

De olhos postos no futuro, o Sporting Clube de Macau (SCM) decidiu apostar na formação através da criação de uma academia de futebol para crianças, de ambos os sexos, entre os 5 e os 12 anos. Os interessados poderão já inscrever-se online ou pessoalmente, num dia-aberto que irá ter lugar a 23 ou 26 de Setembro, estando a data ainda por confirmar.

“A ideia é formar futebolistas e proporcionar aos miúdos um treino de qualidade. Queremos pegar no modelo português da Academia de Alcochete e trazê-lo para aqui, com as devidas proporções, obviamente. Gostaríamos muito de descobrir aqui talentos mundiais, mas para já estamos com os pés bem assentes na terra”, começou por explicar José Reis, director da academia do SCM.

Segundo o responsável, existe a intenção de haver uma “articulação com a casa-mãe”, embora não estejam ainda definidos os moldes em que tal poderá acontecer. “O Sporting Clube de Portugal organiza todos os anos um torneio muito importante de escalões jovens e teríamos imenso gosto de termos lá representada uma equipa da academia”, disse.

O projecto foi apresentado na passada sexta-feira, na Escola Portuguesa, onde estiveram presentes os monitores e bastantes crianças, que aproveitaram para dar alguns toques na bola. Apesar de não haver ainda um número de inscritos, José Reis garante que tem havido bastante interesse, tanto da comunidade portuguesa como da chinesa, estando convicto que “vamos ter crianças suficientes para viabilizar a academia”.

Nuno Capela na coordenação

Depois de ter conseguido a manutenção na Liga de Elite ao leme do Sporting Clube de Macau, o treinador do Nuno Capela irá ser o responsável pela coordenação da academia, descrevendo a oportunidade como “mais um passo neste projecto do novo Sporting na consolidação da equipa de seniores”. “Depois de o Sporting ter visto que necessitava de novos jogadores não profissionais, a aposta na formação tornou-se num factor primordial para a subsistência”, apontou o coordenador.

Nuno Capela sublinhou também que a academia vem colmatar uma lacuna que existe no território ao nível das escolas de formação, que “estão todas sediadas na Taipa”, lembrando também que as escolas do território “estão cheias de crianças que não têm onde praticar futebol”.

Em relação aos treinos, o técnico irá focar-se sobretudo na criação de bases para desenvolver futuros futebolistas, já que há muitos jogadores que “chegam aos escalões superiores sem qualquer conhecimento de futebol”.

A possibilidade de incluir jovens de diferentes nacionalidades não preocupa o técnico já que “futebol é uma linguagem universal”, embora não descarte a possibilidade de “ajustar os formadores” de acordo com o público alvo.

Os treinos deverão arrancar em Outubro e irão decorrer duas vezes por semana, às quartas-feiras (17:30-19:30) e aos sábados (09:00-11:00), nos campos da Escola Primária Luso-Chinesa da Flora e na Escola Portuguesa, dois parceiros da academia, que conta ainda com o apoio da Premium & Collectibles. Os interessados terão que pagar uma mensalidade de 650 patacas, ou anuidade de 5.500 patacas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here