Mundial 2018 | Selecionador português e jogadores felizes com apoio em Lisboa, tristes pela eliminação

O selecionador português de futebol mostrou-se este domingo feliz com a recepção que a equipa lusa teve no regresso a Lisboa, mas admitiu “tristeza” por não ter conseguido dar “mais uma alegria” aos portugueses, dada a eliminação do Mundial 2018.

“Sabemos o sentimento que o povo português nutre pela seleção nacional. Estamos muito tristes, porque, além da derrota, queríamos dar ao povo português mais uma alegria. Esta tristeza reinava ontem (sábado) no balneário, com eles (jogadores) a chorarem. Estávamos tristes por nós, mas muito pelo povo português”, afirmou Fernando Santos aos jornalistas, no aeroporto de Lisboa.

Cerca de três centenas de pessoas aguardaram pela chegada da seleção portuguesa ao aeroporto de Lisboa, um dia depois de esta ter sido eliminada pelo Uruguai (2-1), nos oitavos de final do Mundial2018, a decorrer na Rússia.

Apesar da eliminação da equipa das ‘quinas’, as pessoas que se deslocaram ao aeroporto dirigiram palavras de incentivo aos jogadores e, assim que as ‘barreiras’ de segurança foram ‘quebradas’, procuraram obter uma recordação dos campeões europeus em título.

“É uma emoção ter esta receção. As coisas não correram como queríamos, não pudemos dar ao nosso povo aquilo que eles mereciam e o que todos nós queríamos. É muito gratificante saber que o povo está connosco. Dá força para continuarmos”, disse José Fonte.

O central, de 34 anos, que foi um dos indiscutíveis de Fernando Santos nos quatro encontros na prova, lamentou a “oportunidade perdida” pela seleção nacional, antes de se mostrar disponível para continuar a “ajudar” Portugal: “Nunca direi que não à minha seleção, ao meu país, ao meu selecionador. Nunca. Se o treinador precisar de mim para vir limpar as botas, eu venho. Estou aqui para ajudar.”

Também Bruno Alves agradeceu o apoio que sempre foi dispensado à seleção nacional e assegurou que a seleção portuguesa vai continuar à procura de fazer melhor em futuras competições.

“Acreditámos sempre que poderíamos fazer melhor. Muito obrigado a todos pelo apoio. Desta vez, não tivemos sorte. Foi o melhor jogo que fizemos, mas não conseguimos vencer. Vamos tentar fazer melhor no futuro. Portugal tem qualidade e condições para fazer melhor”, vincou o central, de 36 anos.

Portugal foi afastado pelo Uruguai nos oitavos de final do campeonato do mundo, perdendo por 2-1 no sábado, em Sochi, na Rússia.

A seleção nacional foi para o intervalo a perder por 1-0, graças a um golo de Edinson Cavani, aos sete minutos, mas Pepe ainda igualou para a equipa das ‘quinas’, aos 55 minutos. Pouco depois, aos 62, Cavani ‘bisou’ na partida, com um golo que acabaria por dar o triunfo aos sul-americanos.

2 Jul 2018

Mundial 2018: Cristiano Ronaldo mantém o ‘7’ e André Silva herda o ‘9’ de Éder

O capitão Cristiano Ronaldo vai manter o número sete na camisola no Mundial2018 de futebol, com André Silva a herdar o ‘9’ de Éder, herói da conquista do Euro2016.

De acordo com a numeração hoje divulgada pela Federação Portuguesa de Futebol, dos 13 campeões da Europa em 2016 que se mantêm nas escolhas de Fernando Santos apenas José Fonte mudou de número, ao trocar o ‘4’ – passa para Manuel Fernantes – pelo ‘6’, que era de Ricardo Carvalho.

De resto, Rui Patrício (1), Bruno Alves (2), Pepe (3), Raphael Guerreiro (5), Cristiano Ronaldo (7), João Moutinho (8), João Mário (10), Anthony Lopes (12), William Carvalho (14), Ricardo Quaresma (20), Cédric (21) e Adrien (23) vão usar a mesma numeração do Europeu de França.

Éder, que marcou o golo do triunfo na final do Euro2016, é um dos grandes ausentes e ‘passa’ a sua camisola para outro avançado: André Silva.

Renato Sanches e Nani também não foram convocados e ‘cedem’ o ’16’ e o ’17’ a Bruno Fernandes e Gonçalo Guedes, respetivamente.

Ausente por lesão, Danilo vai ver o seu ’13’ ser utilizado por Ruben Dias, enquanto Ricardo Pereira fica com o ’15’ de André Gomes e Mário Rui com o ’19’ que foi de Eliseu.

Campeão inglês pelo Manchester City, Bernardo Silva vai usar a camisola ’11’, usada em França por Vieirinha, enquanto o guarda-redes Beto regressa a uma grande competição e vai usar o ’22’, utilizado por Eduardo no Europeu.

Portugal está integrado no Grupo B do Mundial2018, juntamente com Espanha, Irão e Marrocos.

Numeração dos jogadores de Portugal no Mundial2018:

1 – Rui Patrício

2 – Bruno Alves

3 – Pepe

4 – Manuel Fernandes

5 – Raphael Guerreiro

6 – José Fonte

7 – Cristiano Ronaldo

8 – João Moutinho

9 – André Silva

10 – João Mário

11 – Bernardo Silva

12 – Anthony Lopes

13 – Rúben Dias

14 – William Carvalho

15 – Ricardo Pereira

16 – Bruno Fernandes

17 – Gonçalo Guedes

18 – Gelson Martins

19 – Mário Rui

20 – Ricardo Quaresma

21 – Cédric

22 – Beto

23 – Adrien

28 Mai 2018