Exposição | Santiago Ribeiro leva pintura surrealista a Pequim

O pintor surrealista português Santiago Ribeiro mostra pela primeira vez a sua arte em Pequim, na Exposição Internacional de Arte Contemporânea “Arts Week in China”, que decorre de 23 a 28 de Agosto.

Artistas de vários países participam nesta mostra, cujo programa pretende familiarizar os moradores da República Popular da China com as modernas tendências nas artes visuais e decorativas, segundo o comunicado de imprensa.

Depois de uma digressão internacional que passou por Belgrado na Sérvia, São Petersburgo na Rússia, Nova Iorque nos EUA e agora Pequim na China, Santiago Ribeiro apresenta ao público chinês a pintura a óleo “Industrial of Apples”, título da tela surrealista escolhida para esta participação.

O artista português, nascido em 1964, é natural de Coimbra e algumas das suas obras fazem parte da colecção permanente do Museu Nacional Machado de Castro, na cidade dos estudantes. Santiago Ribeiro é também o fundador e promotor do projecto artístico internacional “Surrealism Now”, criado em 2010, organizado com o apoio da Fundação Bissaya Barreto.

A arte de Santiago Ribeiro passou já por muitas cidades como Berlim, Moscovo, Nova Iorque, Dallas, Los Angeles, Mississippi, Varsóvia, São Petersburgo, Nantes, Paris, Londres, Florença, Madrid, Granada, Barcelona, Lisboa, Belgrado, Bucareste, Tóquio, Taipé, além de diversos locais no Brasil e em Portugal.

A “Art Week in China” é organizada pela União das Artes da Eurásia, a Fundação Mundial para as Artes e o Centro Cultural Russo em Pequim.

Subscrever
Notifique-me de
guest
1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Maria-Fernanda Pinto
Maria-Fernanda Pinto
28 Ago 2019 19:26

Há muitos anos que com muito gosto, “sigo” a International Surrealism Now. Contribui mesmo para a sua apresentação na Doroth’ys Gallery em Paris, e a seguir nas salas da Mairie de Garches, periferia de Paris.
Que a sua viagem “nos tempos” continue por muitos e bons, pois bem merece!