PARTILHAR

R odolfo Ávila ficou perto de subir ao pódio na segunda jornada dupla do Campeonato da China de Carros de Turismo (CTCC) que decorreu este fim-de-semana em Zhuhai.
Depois de um desafortunado primeiro fim-de-semana do campeonato sem pontos em Xangai, Rodolfo Ávila esteve perto de subir ao pódio nas duas corridas, realizadas este fim de semana, no Circuito Internacional de Zhuhai.
Após colocar o VW Lamando GTS nº9 no topo da tabela de tempos no primeiro treino livre, na qualificação o piloto português radicado em Macau conquistou o segundo lugar da grelha de partida para a corrida de sábado, ficando a 0.023 segundos da ‘pole position’. Contudo, na corrida, um arranque menos feliz custou-lhe duas posições, as quais foram impossíveis de recuperar numa prova de oito voltas que foi encurtada em duas voltas, acabando por terminar atrás do ‘safety car’ devido a um acidente entre dois concorrentes, refere um comunicado enviado pela assessoria do piloto da SVW333 Racing.
“Não fiz um bom arranque e perdi duas posições. Dei o meu melhor para tentar chegar ao pódio, mas este fim-de-semana tivemos sempre dificuldade em acompanhar os KIA e os Ford”, referiu o vice-campeão da edição 2017 do CTCC.

Potência perdida
No Domingo, na corrida principal, com a grelha formada pela ordem inversa dos primeiros doze classificados da primeira corrida, Rodolfo Ávila largou do nono posto. Após um início empolgante, em que subiu cinco posições em sete voltas e quando se preparava para atacar o adversário que seguia à sua frente na terceira posição, Ávila foi forçado a abandonar.
“Estava com um ritmo forte, mas a pressão do óleo do motor já vinha a descer nas últimas quatro voltas, até que comecei a perder potência e parei imediatamente o carro para não danificar o motor”, explicou Ávila, citado na mesma nota enviada às redacções.
O piloto português radicado em Macau não escondeu uma ligeira frustração: “Acho que um lugar no pódio estava hoje [ontem] perfeitamente ao nosso alcance. Fizemos alterações nas afinações que resultaram, mas as corridas são mesmo assim. Há que continuar a trabalhar para melhorar o comportamento do carro e a sua fiabilidade”.
A temporada do CTCC continua dentro de 15 dias, no primeiro fim-de-semana de Junho, desta vez no Circuito Internacional de Guangdong, nos arredores da cidade de Zhaoqing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here