PARTILHAR

A presidente do Instituto de Acção Social (IAS), Vong Yim Mui, afirmou que o organismo vai continuar a atribuir subsídios e alojamentos temporários aos moradores do Sin Fong Garden, já que a reconstrução do edifício ainda não está calendarizada. Mesmo assim, o instituto já apresentou uma acção judicial em Outubro do ano passado contra a empresa construtora para a recuperação das despesas tidas pelo Executivo. A presidente frisou que, como ainda nada se sabe sobre a conclusão da reconstrução do Sin Fong Garden, o IAS vai continuar a atribuir os subsídios especiais e arranjar alojamentos temporários. Mas como isto envolve o erário público, o IAS diz querer recuperar o dinheiro gasto pelo Governo. Ainda não se apurou quem é o responsável pela má qualidade dos pilares do prédio – que fez com que o edifício tivesse de ser evacuado em 2012 -, mas deverá ser o construtor de Sin Fong Garden, diz a presidente. O IAS começou a dar apoios aos moradores depois do edifício estar em risco de ruína. A Comissão de Gestão do Sin Fong Garden apontou em Novembro do ano passado que vai apresentar uma planta de reconstrução à Direcção dos Serviços a Solos, Obras Públicas e Transportes (DSSOPT).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here