PARTILHAR

Os casinos fecharam 2015 com receitas de 230.840 milhões de patacas, uma queda de 34,3% face a 2014, indicam dados oficiais divulgados na semana passada. Só em Dezembro, os casinos encaixaram 18.340 milhões de patacas – menos 21,2% face ao mesmo mês de 2014, de acordo com os dados publicados no portal da Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ).
Trata-se do segundo ano consecutivo de quebra das receitas dos casinos depois de, em 2014, terem sofrido uma diminuição de 2,6%. As receitas do Jogo iniciaram em Junho de 2014 uma curva descendente, com Dezembro a marcar o 19.º mês consecutivo de quedas homólogas. Este foi o mês com o terceiro pior desempenho de 2015, depois de os casinos terem terminado Novembro com receitas de 16.425 milhões de patacas – caindo assim para o valor mensal mais baixo em cinco anos.
No entanto, a percentagem de queda em Dezembro (21,2%) foi a segunda menor – a seguir à de Janeiro (17,4%). Em Fevereiro, as receitas dos casinos sofreram um tombo de 48,6%.
Apesar da queda das receitas, as operadoras prosseguem com novos projectos, ainda que tenham sido anunciados adiamentos. Foi o caso da Wynn que adiou de 25 de Março para 25 de Junho a abertura do novo hotel-casino no Cotai. Também para a segunda metade do ano está prevista a abertura do Parisian, que inclui uma réplica da Torre Eiffel (com metade do tamanho da original), da também norte-americana Las Vegas Sands, bem como a do MGM Cotai. A última operadora a instalar-se no Cotai vai ser a Sociedade de Jogos de Macau (SJM), com a inauguração, prevista para o final de 2017, do Lisboa Palace.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here