PARTILHAR

O comércio externo da China, um dos motores da segunda maior economia do mundo, caiu 9,7% em Agosto, face ao mesmo mês de 2014, um decréscimo superior ao registado em Julho (8,8%). Segundo dados das alfândegas chinesas, as exportações caíram 6,1% no mês passado e numa comparação anual, enquanto as importações afundaram 14,3%. Em 2014, o crescimento do comércio externo chinês abrandou para 3,4% (cerca de metade da meta preconizada pelo governo), mas o excedente comercial da China aumentou 45,9%, atingindo o valor recorde de 382.400 milhões de dólares. No conjunto, o crescimento da economia chinesa abrandou, em 2014, para 7,3%, o mais baixo desde há 24 anos, e para este ano, a meta é “cerca de 7%”. Segunda economia mundial, a seguir aos Estados Unidos, a China é também o maior exportador do planeta, à frente da Alemanha e do Japão, e representa 12% do comércio global.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here