Selecção | Portugal à porta do Euro2016

Hoje Macau -
35
0
PARTILHAR

Um golo de Miguel Veloso, já nos descontos, deixou Portugal a um ponto do apuramento directo para o Euro2016 de futebol, ao selar o triunfo por 1-0 na Albânia, em jogo do Grupo I.
Na Arena Elbasan, o médio voltou a vestir a camisola da selecção portuguesa passado um ano de ausência e, de cabeça, marcou o tento decisivo, aos 90+2 minutos, após um canto de Ricardo Quaresma.
Com tem sido hábito neste apuramento, Portugal esteve longe de ser brilhante, mas foi pragmático, chegou ao golo já quando o nulo era quase certo (tal como sucedeu na Dinamarca) e ficou com pé e meio no Europeu do próximo ano, em França.
Depois do desaire no arranque da campanha perante os albaneses, em Aveiro, a formação das ‘quinas’ alcançou um triunfo precioso na casa de um adversário directo e reforçou a liderança do Grupo I com 15 pontos, mais três que Dinamarca e quatro de Albânia.
Portugal, que somou a quinta vitória consecutiva no apuramento, todas pela margem mínima, repetiu o feito de 1996 e 2009 e continua com um recorde 100 por cento vitorioso nas viagens à Albânia.
Juntamente com Pepe, Miguel Veloso, antes do golo, já estava a ser uma das melhores unidades lusas em campo, num jogo em que Cristiano Ronaldo bem tentou regressar aos golos, mas demonstrou que precisa de afinar melhor a pontaria. thumbs.web.sapo
Bernardo Silva foi a surpresa no ‘onze’ de Fernando Santos, que também apostou em Miguel Veloso e Danny, e que voltou a prescindir de ter um ponta de lança, como tem sido hábito nos jogos fora, entregando as tarefas ofensivas a Ronaldo.
O seleccionador português regressou após castigo e assistiu no banco de suplentes a um início de parte muito disputado a meio-campo, com ambas a falharem muito no passe.
Com o passar dos minutos, mesmo sem grande brilhantismo, Portugal tomou as ‘rédeas’ do encontro, sobretudo após um remate perigoso de Ronaldo, que obrigou o guardião albanês a boa defesa, e um remate de Nani ao poste, em dois lances seguidos.
Pela primeira vez titular em jogos oficiais, Bernardo Silva apareceu descaído para o lado direito e deu classe à equipa portuguesa, enquanto Miguel Veloso encheu o terreno com vários roubos de bola, embora depois com pouco discernimento na altura de lançar o ataque.
A verdade é que Portugal, também com Pepe ‘imperial’ no centro da defesa, ‘secou’ a equipa albanesa na primeira parte, tanto que Rui Patrício tocou pela primeira vez na bola já o intervalo estava perto.
Sem jogar um futebol de ‘encher o olho’, a selecção portuguesa teve oportunidades para regressar aos balneários em vantagem, com Ronaldo (com os gritos Messi, Messi, Messi a crescerem nas bancadas) a testar novamente Berisha, aos 29 minutos, e depois Bernardo Silva, que, em boa posição, falhou o alvo, aos 39. ricardo-quaresma-17
Na segunda parte, Portugal entrou a pressionar mais alto e voltou a estar perto de marcar, em ambas as ocasiões por Danny, aos 56 e 60 minutos.
Com alguma surpresa, Bernardo Silva saiu para dar lugar a Quaresma, que praticamente não entrou em jogo, acabando a formação de Fernando Santos por perder alguma criatividade.
Com o passar dos minutos, o meio-campo luso foi perdendo intensidade e poder de choque, o que resultou na melhor fase da Albânia. Aos 75 minutos, Çikalleshi fez a bola embater com estrondo na barra da baliza de Rui Patrício, num lance em que a bola ainda tabelou em Ricardo Carvalho.
O jogo ficou ainda mais partido com a entrada de Éder para o lugar de Danny, uma aposta de risco de Fernando Santos e que deu lugar a um final frenético na Arena Elbasan.
A Albânia ganhou ascendente e até, a certa altura, ‘sufocou’ a selecção lusa, que mesmo assim voltou a estar perto de marcar por Eliseu, que, isolado por Cristiano Ronaldo, tentou o chapéu e falhou por centímetros.
Quando era quase certo o nulo, na marcação de um pontapé de canto, Miguel Veloso subiu mais alto e deu o triunfo a Portugal, aos 90+2 minutos, dando a melhor sequência a um cruzamento de Ricardo Quaresma, na direita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here