Café Lisboa

Há certos lugares onde as leis dos homens determinam que a nacionalidade depende de um solo. Dentro de um consulado português pisamos solo português, o mesmo se passa num navio por contágio de cores da bandeira. Depois existem outros sítios que equivalem a algo mais íntimo, que nos sabem a casa, a um abraço terno dos que estão longe. Melhor ainda se esse abraço for dito sem palavras, com a leveza com que se serve um prato, sem alaridos nem despropósitos.

O Café Lisboa é esse sítio. Apesar de estar fisicamente na Taipa, podia localizar-se em qualquer lado porque a sua dimensão extravasa paredes, chão e tecto. O Café Lisboa oferece o carinho da comida caseira, com paladar honesto, sem artificialidades desnecessárias, sem apresentações que relativizem o essencial. Mas se os pratos são deliciosos, espere até chegar à sobremesa. Toucinho do céu, tiramisu, torta de laranja, tudo uma delícia.

Além das iguarias que nos chegam à mesa, o Café Lisboa também serve os mais calorosos sorrisos. Sabe bem voltar e saborear tranquilamente um pouco de casa, degustar o conforto de ser bem-recebido.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários