PARTILHAR

O imperador japonês de 84 anos, Akihito, retomou as suas funções ontem após três dias de descanso devido a uma anemia cerebral, informou a Agência da Casa Imperial do Japão. O governante foi forçado a cancelar actos oficiais na segunda, terça e quarta-feira, devido a náuseas e tonturas causadas por fluxo sanguíneo insuficiente no cérebro.

“Akihito começou a cumprir suas funções oficiais no ritmo habitual”, disse um porta-voz da Agência da Casa Imperial do Japão à France-Presse. Akihito, o 125º Imperador do Japão, governa desde Janeiro de 1989.

O imperador já tinha tido sérios problemas de circulação sanguínea no passado e em Fevereiro de 2012 foi sujeito a uma cirurgia por causa do estreitamento de duas artérias. Akihito deverá abandonar funções no final de Abril de 2019, sob uma lei especial que lhe permite abdicar a favor do seu filho mais velho, o príncipe Naruhito, de 58 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here