PARTILHAR

As águias foram à Coreia do Norte carimbar a segunda vitória a contar para o Grupo I da Taça AFC. No império de Kim Jong-un, Carlos Leonel foi o ditador com dois golos e tem quatro tentos em duas jornadas.

O Benfica de Macau venceu ontem o Hwaepul por 3-2, em Pyonyang, na Coreia do Norte, somando a segunda vitória na Taça da Confederação Asiática de Futebol (AFC). Perante uma assistência de 22 mil pessoas, no Estádio Kim Il Sung, o avançado Carlos Leonel voltou a estar em destaque com mais dois golos.

As águias entraram da melhor maneira no encontro e, logo aos 7 minutos, Carlos Leonel aproveitou a ocasião de golo para começar a fazer história e colocou os encarnados na frente.

No entanto, poucos minutos depois, aos 13, o árbitro assinalou uma falta na área do Benfica de Macau, que originou uma grande penalidade. O capitão do Hwaepul, Jong Chol-Hyok, foi chamado para cobrar o castigo máximo e não deu hipóteses ao guarda-redes Batista. Este foi também o primeiro golo na competição da formação da Coreia do Norte, que na jornada inaugural do grupo tinha sido derrotada pelos conterrâneos do 25 de Abril por 1-0.

A primeira parte daquela que foi a estreia de uma equipa de Macau como visitante na fase de grupos da Taça AFC foi disputada com uma grande intensidade. Foi por essa razão que não houve grandes surpresas, quando antes do intervalo o Benfica teve tempo para se colocar novamente em vantagem.

O 2-1 para as águias foi apontado por David Tetteh, internacional do Quirguistão, que permitiu aos encarnados chegarem ao intervalo na frente do marcador.

Um golos para cada lado

No segundo tempo, os norte-coreanos entraram determinados em virar o resultado e não precisaram de muito tempo para igualar o encontro. O autor do do 2-2 foi o norte-coreano Pak Chol-Song, aos 49 minutos do jogo.

Apesar do golo sofrido, os jogadores orientados por Bernardo Tavares conseguiram manter a concentração e não se deixaram intimidar pelo empate.

A boa resposta encarnada fica demonstrada pelo facto de terem mesmo conseguido vencer o jogo, apesar dos esforços da formação que tem à frente o técnico Il Mun-Ho.

Foi quando o cronómetro indicava 75 minutos de jogo que o herói da primeira partida voltou a brilhar. Carlos Leonel não desperdiçou a oportunidade criada e apontou o 3-2. O avançado tem agora quatro golos em dois jogos na Taça AFC.

Em vantagem, as águias já não deixaram fugir os três pontos e carimbaram um dos momentos mais altos da História do futebol local.

Para se ter uma ideia da diferente dimensão das formações, a Coreia do Norte ocupa actualmente a 120.ª posição do Ranking Mundial FIFA, enquanto Macau não vai além do 186.º lugar do ranking. Uma diferença de 66 lugares, que ontem não ficou visível.

No outro jogo do grupo I, o 25 de Abril derrotou, em Taiwan, o Hang Yuen FC por 5-1. Os golos da equipa vencedora foram apontados por Om Chol-Song (43’), An Il-Born (45+2’, 58’), Rim Chol-Min (55’) e Ri Hyong-Jin (88’). Para os taiwaneses marcou Liu Yung-Sheng (74’).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here