PARTILHAR
Os norte-coreanos do Hwaepul derrotaram o Erchim FC por 4-0, na Mongólia, na terça-feira à noite, e estão mais perto de garantir o apuramento para a fase de grupos da Taça AFC, onde vão ter como adversário o Benfica de Macau

 

O Hwaepul SC está com pé e meio no Grupo I da Taça da Confederação de Futebol Asiática (AFC), depois de na primeira mão do play-off de apuramento para a próxima fase da competição, ter derrotado a equipa do Erchim FC por 4-0. O encontro foi realizado na terça-feira à noite, na Mongólia.

No Centro de Futebol da Federação de Futebol local, na capital Ulaanbaatar, os norte-coreanos mostraram desde cedo aos 335 espectadores presentes a razão de serem encarados como favoritos no play-off de apuramento para a próxima fase da competição.

Ainda o cronómetro não tinha chegado aos 10 minutos, e a equipa já estava em vantagem, fazendo valer a sua maior experiência internacional. O golo foi apontado pelo defesa-central Ri Chang-ho, jogador que com 28 anos é um dos principais rostos da selecção A da Coreia do Norte.

Durante o primeiro tempo o Hwaepul SC controlou os acontecimentos com facilidade. Porém evitou sempre correr riscos desnecessários para não sofrer golos que pudessem comprometer a segunda mão do play-off na Coreia do Norte.

Ainda assim, antes do intervalo, aos 41 minutos, a equipa orientada pelo técnico Il Mun-ho conseguiu dilatar a vantagem para 2-0. O marcador de serviço foi o avançado Ri Song.

 

Esforço inglório

Após o intervalo, o Erchim FC entrou com uma atitude mais agressiva, procurando reduzir a vantagem do adversário. Os mongóis mantiveram esta toada mais agressiva até aos 85 minutos, altura em que chegou o 3-0, por Ril Il-san.

O golo provou como certa a aposta do treinador coreano, que 10 minutos antes tinha feito entrar o marcador do terceiro tento, para o lugar do também avançado Il Jon-chung.

Com 3-0, o Erchim desistiu animicamente do jogo e entrou numa fase de maior desorientação. Apesar de faltarem pouco mais de cinco minutos para o final do encontro, os mongóis acabaram mesmo por sofrer mais um golo. O tento que fechou o encontro foi apontado pelo central Ri Chang-ho, que bisou na partida.

Com uma desvantagem de 4-0, a missão de dar a volta à eliminatória para os campeões da Mongólia adivinha-se como quase impossível. Para dificultar ainda mais a situação do Erchim, a segunda mão, que está agendada para a próxima terça-feira, vai ser disputada na cidade de Pochon-up, no Estádio Hwaepul, que tem uma capacidade para 5 mil pessoas.

 

Grupo quase completo

Com este resultado o Grupo I da Taça AFC, que conta com o Benfica de Macau, está praticamente completo. Além da equipa do território, também fazem parte do grupo o Hang Yuen, de Taiwan, e o 25 de Abril, formação que também é da Coreia do Norte.

Contudo, o adversário do primeiro jogo do Benfica no Grupo I já é conhecido e realiza-se a 7 de Março diante da formação de Taiwan, às 20h00, no Estádio de Macau. Depois, na segunda jornada, a 14 do mesmo mês, as águias de Macau vão deslocar-se fora para defrontar Hwaepul, ou Erchim, naquela que poderá ser a primeira de duas deslocações à Coreia do Norte. O jogo está marcado para as 19h00, hora de Macau.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here