PARTILHAR

As reservas de ouro da China atingiram 12,1 mil toneladas no final de 2016, as segundas maiores do mundo depois da África do Sul, informou Zhang Yongtao, vice-presidente da Associação de Ouro da China, em um entrevista coletiva. No ano passado, as transações de ouro no mercado chinês, incluindo as divisas em ouro, trocas de futuros e ouro fora de balcão em bancos comerciais, chegaram a 70 mil toneladas, disse Zhang, prevendo um volume maior de 100 mil toneladas em 2020.

A China é o maior produtor de ouro no mundo há dez anos e o maior consumidor há quatro. O país quer aumentar sua produção anual de ouro para 500 toneladas em 2020 em relação ao nível anual de 450 toneladas. No primeiro semestre deste ano, um total de 207 toneladas de ouro foram produzidas, uma queda anual de 9,8%. Enquanto isso, o consumo de ouro cresceu quase 10% em termos anuais para 545 toneladas no mesmo período, com o consumo de barras de ouro aumentando mais de 50%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here