Grande Prémio Internacional de Kart de Macau acontece este fim-de-semana

Ontem, no Kartódromo de Coloane, já se ouviram os rugidos dos motores de mais uma edição do Grande Prémio Internacional de Kart de Macau, evento que tem como cabeça de cartaz o Campeonato CIK FIA Ásia-Pacífico KZ e que também acolhe uma série de outras competições asiáticas.

A prova tutelada pela Comissão Internacional de Kart da Federação Internacional de Automobilismo (CIK-FIA) e a mais importante do sudeste asiático contará este ano com vinte e oito participantes, de catorze diferentes países ou territórios, mais seis que o ano passado. A edição de 2015, ganha pelo italiano Lorenzo Camplese (Parolin/TM Racing – Chassis/Motor), ficou ligeiramente aquém no que respeita à qualidade do leque e número de pilotos internacionais à partida. Na tentativa de atrair mais e melhores participantes, Macau voltou a colocar à disposição dos concorrentes estrangeiros um pacote de incentivos, incluindo um cheque de 3,000 dólares norte-americano a cada participante internacional.

Segundo a entidade que rege esta modalidade do automobilismo a nível mundial, a aposta terá, em certa medida, resultado: “A Associação Geral de Automóvel de Macau-China (AAMC) fez o seu melhor para cobrir uma parte significativa dos custos, particularmente no que respeita à acomodação. Esta iniciativa atraiu seis pilotos europeus e cinco australianos, contra três pilotos de Macau e cinco de Hong Kong. O nível da competição é esperado ser mais alto que em 2015”, diz o comunicado emitido pela CIK-FIA.

A maior novidade em termos desportivos da prova rainha do programa é a possibilidade dos pilotos escolherem os seus pneus, isto de um leque colocado à disposição pela CIK FIA. Esta medida poderá apimentar a competição, dada a importância da escolha de pneus a este nível.

Primeiras impressões

Quinta-feira, como é habitual, foi dia de testes com os pilotos e equipas a experimentarem novas afinações e a terem um primeiro contacto com um asfalto que irá comportar-se de forma diferente com o decorrer do evento. O mais rápido na última sessão do dia foi o australiano Joshua Fife (Ricciardo Kart / Parilla) que bateu por duas décimas o favorito Francesco Celenta (Formula K / TM Racing), que o ano passado foi o segundo classificado aqui na RAEM. O português de 16 anos Yohan Azedo Sousa (CRG / TM Racing), que se estreia em Macau e ao mesmo tempo na categoria KZ, onde se inserem os karts mais rápidos e equipados com caixa de velocidades, foi o nono mais rápido.

Os pilotos de Macau não desiludiram e é expectável que venham a subir posições durante o desenrolar do fim-de-semana. Andy Chang Wing Chung  (CRG / TM Racing), que este fim-de-semana troca os monolugares pelos karts, foi o 15º, uma posição à frente de Charles Leong Hon Chio (Tony Kart / Vortex), o promissor piloto de 15 anos que ainda recupera de uma lesão num braço. O veterano João Afonso  (Parolin / TM Racing) ficou com a 23ª marca.

Numa organização da Associação Geral de Automóvel de Macau-China, com o apoio do Instituto do Desporto e da Direcção dos Serviços de Turismo, as corridas têm entrada gratuita para os quatro dias. A Pré-Final está marcada para às 10h15 de domingo, enquanto a Final tem a partida marcada para as 15h15.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários