PARTILHAR

A arte que se faz por cá e a que vem do interior da China trazem agora mais cultura aos lagos Nam Van. O Instituto Cultural (IC) apresenta duas exposições que promovem os jovens artistas locais, sem deixar de enfatizar nomes já destacados no mercado chinês.
A mostra “Passando e Olhando – Exposição de Arte de um Jovem Artista” estará patente na zona do Anim’Arte Nam Van a partir de hoje e até Setembro. A iniciativa expõe mais de 60 pinturas, esculturas e instalações artísticas de 30 artistas locais, onde se incluem, por exemplo, Allen Wong, Sissi Ho, Kitman Leong, Eric Fok e Bruno Kwan.
Segundo adianta a organização, constituída pelo IC e pela Associação dos Artistas de Belas-Artes de Macau, os artistas esperam que, através da plataforma de exposição do Anim’Arte NAM VAN, o público possa conhecer a sua visão em relação à criação artística e à persistência.
Por outro lado é ainda esperança que este tipo de iniciativa venha a apoiar o desenvolvimento de artistas locais através da venda das obras expostas.
Além desta, os Nam Van recebem ainda a exposição “Memória Sussurra”, mostra das obras de Cai Guo Jie que estará patente no mesmo espaço e apresenta 14 pinturas do artista. A mostra explora módulos culturais, a compilação de artigos e a gravação de imagens, principalmente mediante “registo” e “documentário”, afirma a organização.
As duas exposições estarão abertas ao público até 20 de Setembro e contam com entrada livre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here