PARTILHAR

O Instituto Cultural (IC) vai publicar um relatório com estatísticas sobre as indústrias culturais e criativas no final deste ano, a partir das informações da Base de Dados destas indústrias. Chan Peng Fai, subdirector do IC, afirmou que esta Base já “provou a sua eficácia” desde que foi criada em 2008.
Segundo o Jornal de Cidadão, o responsável explicou que a Base de Dados já ajudou várias empresas a encontrar alguns profissionais destas indústrias, que podem oferecer serviços específicos que as empresas procuram. Agora, o grupo de trabalho responsável por esta Base vai reunir informações num relatório, tais como qual o sector destas indústrias que contribuiu mais para o crescimento económico em Macau.
“A Base tem os seus dados preliminares e o IC tem de estudar profundamente como melhorar a sua função”, disse Chan Peng Fai, na última sexta-feira.
A Base de Dados envolve informações sobre mais de 400 talentos, grupos profissionais e empresas culturais e criativas.
“Em 2011, o IC tinha já convidado alguns técnicos estrangeiros para estabelecer as estatísticas em conjunto connosco e já fizemos um quadro com algumas dessas informações”, revelou o dirigente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here