PARTILHAR

O Consórcio CCSC vai receber mais de cem milhões de patacas para a prestação de serviços de embalamento de cinzas volantes solidificadas, que saem da Central de Incineração de Resíduos Sólidos. Um anúncio ontem publicado em Boletim Oficial dá conta que as empresas vão ser pagas até 2019, num total de 101,8 milhões de patacas. A concessionário, que integra a empresa local Sinogal e a Sino Environmental Waste Services e opera a Central de Inceneração, costuma ver-lhe adjudicado este serviço, mas o valor aumentou de forma elevada face à última concessão, feita no ano passado e que abrangia também este ano, e que era de apenas 4,8 milhões de patacas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here