PARTILHAR

Sou Tim Peng, director dos Serviços de Economia, confirmou ao jornal Ou Mun que em 13 anos de existência do Plano de Apoio a Pequenas e Médias Empresas (PME) já foram concedidos 2200 milhões de patacas, num total de 8144 pedidos, bem como 163 milhões no âmbito do Plano de Apoio a Jovens Empreendedores, com 1029 pedidos.
O director da DSE avançou que existem 33 mil empresas deste género, sendo que as PME com apenas cinco funcionários ocupam 80% desse grupo. O director frisou que as PME representam o foco do trabalho a desenvolver este ano pelos serviços.
“Este ano a DSE vai mandar funcionários para reunirem com as empresas para que sejam apresentadas mais informações do plano de apoio e para terem conhecimento das suas necessidades”, explicou Sou Tim Peng. O responsável acrescentou que já foram realizados vários seminários sobre os planos a desenvolver, em conjunto com comerciantes e associações. Está ainda previsto o reforço do número de conselheiros nesta área.
Nos restantes dois planos de apoio, tal como o Plano de Garantia de Créditos a PME ou o plano para projectos específicos, foram aprovados, respectivamente, 490 e 61 pedidos, sendo que o primeiro concedeu 1236 milhões de patacas em apoios e o segundo 50,3 milhões de patacas.
Em relação ao Centro de Incubação de Negócios foram apresentados 524 casos de consulta, tendo sido aprovados 23 pedidos para a instalação de escritórios provisórios gratuitos. Num ano de existência, o centro resolveu 49 pedidos de orientação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here