PARTILHAR

Um total de 160 profissionais de saúde fizeram parte das três turmas que participaram no curso de formação sobre as “técnicas de tratamento de emergência em incidentes com radiações”. Numa nota à imprensa, os Serviços de Saúde (SS) indicam que a condução da formação foi levada a cabo pelo director do Instituto de Protecção contra as Radiações e Segurança Nuclear do Centro de Prevenção e Controlo de Doenças do Interior da China, Su Xu, e a Hou Changchong, chefe do Instituto em causa.
“O teor da formação incluiu a situação actual de contingência à saúde de radiações e seus desafios, os efeitos das radiações ionizantes sobre a saúde e sua avaliação de risco, a prevenção e protecção contra as radiações, a vigilância, a descontaminação, bem como as preparações e respostas em casos de emergência nuclear e radiológica no âmbito de saúde”.
Durante a formação, o Centro de Prevenção e Controlo da Doença de Macau trocou experiências sobre os trabalhos desenvolvidos, “tendo obtido opiniões preciosas dos peritos para a melhoria do trabalho”, informam os SS em comunicado à imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here