Covid-19 | Irão anuncia 11 novas mortes

A epidemia causada pelo novo coronavírus provocou a morte de mais 11 pessoas infectadas no Irão, segundo o Ministério da Saúde do país, elevando o número de mortos para 54, o maior depois da China.

“Onze pessoas perderam a vida” nas últimas 24 horas, após serem infectadas com o novo coronavírus”, disse o porta-voz do ministério, Kianouche Jahanpour, citado pela agência AFP, acrescentando terem sido relatados 385 novos casos, elevando o número de pessoas infectadas no Irão para 978.

No sábado, segundo dados das autoridades locais, o Irão registava 43 mortos por causa do novo coronavírus, um aumento de nove mortes e 205 novos casos detetados.

Após ter sido acusado de minimizar o balanço da epidemia e de gerir mal a situação, o Governo iraniano prometeu maior transparência.

Em conferência de imprensa, o mesmo porta-voz admitiu a possibilidade de “dezenas de milhares” puderem vir a fazer testes. O número de vítimas mortais do coronavírus no Irão é o mais elevado a seguir ao da China, onde a epidemia surgiu no final de 2019.

Kianouche Jahanpour acusou os ‘media’ estrangeiros de divulgarem informações falsas sobre a epidemia, citando “rumores, informações falsas e contraditórias” e acusou o serviço da BBC em persa de “se aliar aos inimigos regionais do Irão para a propagação de mentiras”.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários