Transportes | Aeroporto bateu recorde de passageiros em Junho

O mês de Junho foi intenso tráfego no Aeroporto Internacional de Macau, com o número de voos comerciais a bater um recorde. Os dados da Direcção dos Serviços de Estatística e Censos para os transportes revelam que o número de acidentes de viação desceu quase um quarto durante o mesmo período

 

O Aeroporto Internacional de Macau registou em Junho 6.042 voos comerciais, um número que representa um acréscimo de 22 por cento em termos anuais e um recorde de movimentos de aeronaves no território, de acordo com dados publicados ontem pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC). O destino e proveniência responsável por este incremento é o Interior da China, com uma subida do número de voos na ordem dos quase 40 por cento, num total de 2.661 voos. Também as viagens de e para Taiwan aumentaram, 7,3 por cento, para um total de 1.023 voos.

Num plano geral, no primeiro semestre do ano, o Aeroporto Internacional de Macau registou 35.632 voos comerciais, uma subida de 19,4 por cento em relação ao mesmo período de 2018.

Em termos de carga transportada, durante o mês de Junho foram movimentadas 3.135 toneladas, ou seja, mais 10,2 por cento em relação a Junho de 2018. Neste aspecto, importa salientar a carga exportada (2.209 toneladas), que representou uma subida de 29,7 por cento. Já a carga importada (543 toneladas) e a carga em regime de trânsito (384 toneladas) diminuíram 11,8 por cento e 27,1 por cento, respectivamente.

A postos na fronteira

Durante Junho, os postos fronteiriços de Macau registaram 441.430 movimentos de automóveis, o que representou um aumento de 9,7 por cento em termos anuais. Neste aspecto, destaque para o Posto Fronteiriço do Cotai onde o movimento de veículos se fixou em 127.885, um acréscimo de 7,4 por cento. Já a fronteira das Portas do Cerco teve uma descida ligeira de movimento, 0,7 por cento, um total de 278.063. No cômputo do primeiro semestre do ano, o movimento de automóveis nos postos fronteiriços totalizou 2.605.003, mais 7,5 por cento, face ao período homólogo do ano passado.

Em relação ao trânsito, os dados da DSEC relevam que Junho foi um mês com menos sinistros automóveis, com a ocorrência de 979 acidentes de viação, o que representou uma descida de 24 por cento em termos anuais, dos quais resultaram 316 feridos. Durante o primeiro semestre do ano, houve em Macau 6.170 acidentes de viação, que vitimaram mortalmente cinco pessoas.

Os dados do Governo mostram ainda que o número de veículos com matrículas novas desceu 21,2 por cento no mês de Junho, em relação ao mesmo período de 2018. Num panorama geral, durante o primeiro semestre deste ano, o número de veículos com matrículas novas foi de 5.714, menos 23,8 por cento, face ao mesmo período do ano passado.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários