PARTILHAR

Os serviços de alfândega chineses apreenderam um considerável lote de roupas desportivas pirateadas alusivas ao Campeonato do Mundo de Futebol 2018, de acordo com notícia veiculada pela Xinhua.

A Alfândega de Ningbo, na Província de Zhejiang, no leste da China, anunciou na segunda-feira a apreensão de 1.800 equipamentos falsificados de futebol supostamente com o selo oficial da FIFA, além de 14.844 pares de ténis falsificados das marcas Adidas e Nike. A autoridade aduaneira contactou a FIFA para verificação da falsificação.

A alfândega na cidade de Yiwu, também em Zhejiang, apreendeu 288 bolas falsificadas. As bolas não tinham marca, mas estavam impressas com padrões que se assemelhavam à bola oficial da Copa do Mundo e com imagens de troféus da Copa do Mundo e escritos dizendo “Rússia 2018”.

Yiwu é conhecida como o “supermercado mundial” devido ao grande fluxo comercial de produtos de retalho. Segundo a Xinhua, os inspectores alfandegários da cidade realizaram inspecções rigorosas contra pirataria e organizaram campanhas públicas.

A alfândega de Hangzhou, na capital provincial, disse que vai impor multas aos exportadores.

As alfândegas junto das principais bases de produção orientadas para a exportação da China, incluindo as províncias de Zhejiang, Guangdong e Hubei, iniciaram uma luta contra a falsificação de produtos do Mundo 2018 em Março. Na segunda-feira, as autoridades aduaneiras de Hangzhou apreenderam 32.398 produtos que violavam os direitos de propriedade intelectual da competição que decorre na Rússia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here