Baleia Baleia Baleia – “Quero ser um ecrã”

A meio caminho entre o pop rock sem vergonha e um punk mais vibrante e soalheiro, os Baleia Baleia Baleia pegam nos elementos mais alegres e coloridos que o rock alguma vez engendrou, agitam-nos numa garrafa com gasosa e tiram a tampa para molhar toda gente. Dupla formada por Manuel Molarinho (baixo e voz) e Ricardo Cabral (bateria).

Hoje Macau -
109
0
PARTILHAR

“Quero ser um ecrã”

E a vida, a morte, em fotos no ecrã
os dias compridos e os olhos no ecrã
o mundo perdido, achado no ecrã

Quero ser um ecrã

E os sonhos dos outros cumpridos no ecrã
o monstro do visível escondido do ecrã

Quero ser um ecrã

E as balas que nunca passam do ecrã
a força dos gritos, regulável no ecrã
as lendas e os mitos, imortais no ecrã

Quero ser um ecrã

Medos e incertezas no armário do ecrã
celulite e flacidez no ginásio do ecrã

Quero ser um ecrã

E é sempre Verão no ecrã
e os corpos estão sempre nus
e há tantos gatinhos no ecrã
e sushi
e bolinhos
e coisas boas

Baleia Baleia Baleia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here