PARTILHAR

A taxa de inflação de Macau fixou-se em 1,46 por cento nos 12 meses terminados em Fevereiro, em relação aos 12 meses imediatamente anteriores, indicam dados oficiais divulgados ontem.

Segundo a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), os principais aumentos foram registados nos índices de preços das secções da educação (+5,79 por cento) e da saúde (+4,64 por cento). Em Fevereiro, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou um aumento anual de 3,2 por cento, o maior em termos homólogos desde Março de 2016.

Tal ficou a dever-se ao Ano Novo Lunar (que, no ano passado, foi em Janeiro), com o crescimento a ser impulsionado principalmente pela subida dos preços das refeições adquiridas fora de casa e das excursões. Também pelo aumento nas rendas de casa, das tarifas dos parquímetros dos lugares de estacionamento público e dos preços do vestuário para senhora, de acordo com a DSEC. Em termos mensais, o IPC de Fevereiro cresceu 0,93 por cento. O IPC geral permite conhecer a influência da variação de preços na generalidade das famílias de Macau.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here