Jovem de Macau brilha no asiático de Fórmula Renault

Quando há doze meses tentou realizar a sua primeira corrida de fórmulas, Leong Hon Chio, ou Charles Leong, foi barrado a participar. Na altura os seus catorze anos e a sua longa experiência de karting não eram suficientes para ser autorizado a correr no Campeonato da China de Fórmula 4. Doze meses passaram, e agora com 15 anos completos, o jovem piloto da RAEM venceu a sua primeira corrida de monolugares. Aliás, Leong fez uma “dobradinha” na prova de abertura do Campeonato Asiático de Fórmula Renault que se disputou no fim-de-semana transacto no Circuito Internacional de Zhuhai, precisamente o mesmo palco onde tinha sido impedido de realizar a sua estreia nas corridas de fórmulas, um feito ao alcance de muito poucos.

“Foi um fim-de-semana perfeito para mim. A minha equipa deu-me um bom carro e tudo correu bem”, expressou o humilde representante da RAEM. Para além de ter vencido as duas corridas, Leong fez ainda a pole-position e bateu o recorde da volta mais rápida de Fórmula Renault 2.0 ao circuito da cidade chinesa adjacente a Macau, ao rodar em 1m33.9s.

“Esta foi a minha primeira participação no asiático de Fórmula Renault. Comparando com as minhas anteriores corridas de karting e outros fórmulas, o Fórmula Renault é mais rápido, logo a pressão é maior  e o desafio também”, disse à comunicação social o piloto do território que corre por uma equipa de Hong Kong.

Leong vai completar a temporada asiática de Fórmula Renault 2.0, campeonato que tem até ao final do ano provas na Malásia, Tailândia, Xangai e Zhejiang, esperando que os bons resultados a alcançar este ano e um apoio do Governo de Macau lhe abra portas para uma oportunidade nos maiores palcos do automobilismo mundial.

“Este ano estou a lançar as bases para o futuro, pois o meu objectivo é participar na Eurocup Fórmula Renault no próximo ano”, afirma com arrojo aquele que é unanimemente apontado como o melhor da última geração de pilotos de Macau.

Entretanto em Zhaoqing

Em Cantão, no primeiro fim-de-semana “GIC Challenge” da temporada, Rui Valente venceu à classe as duas corridas de “Sprint”, ambas de 15 voltas, e ficou em segundo da geral na prova de resistência de uma hora, em que fez dupla com Sérgio Lacerda. No Circuito Internacional de Guangdong, o piloto português radicado no território utilizou o Honda Integra DC5 e não o MINI Cooper S que irá conduzir nas provas de apuramento para o Grande Prémio de Macau no Verão.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários