Associação cria lar e aulas de formação em Seac Pai Van

AAssociação dos Familiares Encarregados dos Deficientes Mentais de Macau vai criar um lar destinado ao cuidado de portadores de deficiência mental profunda. Situado em Seac Pai Van, o lar abre em Julho e veio, de acordo com notícia do jornal Ou Mun, para suprir a necessidade de lares para adultos com deficiências graves.
O presidente da Associação, Chang Tak Toi, afirmou que o funcionamento experimental deste lar teve início há um ano, sendo o espaço subsidiado pelo Instituto de Acção Social.
Usando as experiências do centro de serviços recreativos e de saúde da Associação, o lar vai fornecer formação de trabalhos domésticos aos deficientes, aumentando a capacidade de cuidados de vida pelos próprios. Terapia física e ocupacional, educação sexual e relação de géneros são outros serviços do lar. O presidente quer que o espaço ajude na questão de envelhecimento tanto dos portadores de deficiência como dos seus familiares.
“Os pais de portadores de deficiência mental grave sofrem muita pressão no cuidado dos filhos e estes precisam especialmente de um lar. No entanto, faltam sempre lares no território”, indicou.
Chang Tak Toi espera que o Governo reserve espaço nos novos aterros para construir lares destinados a esta fatia da população. Neste momento existem 45 vagas neste lar, mas o número aumentará depois da inauguração oficial. Chang Tak Toi referiu que, até ao momento, a mão de obra é suficiente. No entanto, acrescentou, é necessário melhorar o sistema de transportes públicos com acesso de Seac Pai Van à península, já que vários dos deficientes têm emprego do lado de Macau.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários