PARTILHAR

Um recluso do Estabelecimento Prisional de Macau (EPM), oriundo da China continental, morreu no hospital vítima de tuberculose óssea vertebral (infecção por tuberculose do sistema nervoso central) e pneumonia.
Segundo um comunicado, o homem estava sujeito a baixa hospitalar desde 30 de Março, devido à doença e, na noite de sexta-feira, acabou por sofrer uma paragem respiratória, que originou a morte. O recluso, de apelido Li, tinha 31 anos e estava preso por crimes de furto qualificado, danos, furto de veículo e uso de documento alheio. Estava ainda em prisão preventiva, desde 18 de Março. Conforme o registo clínico do EPM, o homem teria sido alvo de uma intervenção cirúrgica no continente, sendo que, meio ano depois da operação, começou a sentir repetidamente dores nas costas e nos membros inferiores. Durante o internamento hospitalar já em Macau, foi-lhe diagnosticada tuberculose óssea vertebral. O homem foi colocado em ventilação mecânica desde o dia 6 de Julho.
Os familiares, que o EPM assegura estarem a ser apoiados, nunca conseguiram visitar o preso, devido a questões relacionadas com o visto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here