Hong Kong | Situação “grave” justifica reforço de medidas

A coordenadora do Núcleo de Prevenção e Vigilância da Doença, Leong Iek Hou justificou a exigência imposta a quem vem de Hong Kong de apresentar um teste de ácido nucleico emitido nas últimas 24 horas, com a existência de muitos casos confirmados, cuja fonte ainda se desconhece. “Sendo uma situação epidémica relativamente grave, os requisitos de certificação de amostragem foram aumentados a fim de garantir a segurança dos trabalhadores”, esclareceu a responsável por ocasião da conferência de actualização sobre o novo tipo de coronavírus. Quanto à forma de cálculo do período de validade do teste, Leong Iek Hou explicou que o certificado de amostra relevante é considerado válido por 24 horas a partir das 00h do primeiro dia após a amostra. O número de mortes provocadas pela covid-19 em Hong Kong chegou ontem às 51, avançou ontem o South China Morning Post. Também durante o dia de ontem foram registados, pelo menos, 70 novos casos.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários