Dragon | Aos 51 anos o regresso ao GP F3

A lista de inscritos para a terceira edição da Taça do Mundo FIA de Fórmula 3 ficou completa no final da pretérita semana, com a confirmação das presenças do espanhol Alex Palou e do japonês Ryuji Kumita. Ambos vão conduzir monolugares Dallara-Volkswagen da equipa nipónica B-MAX Racing Team.

Palou tem sido um habitual das provas de Fórmula 3 nas últimas temporadas, tendo terminado no 11º lugar em 2017. Já o empresário-piloto Ryuji Kumita, que utiliza a alcunha de “Dragon”, depois da estreia infeliz no ano passado, vai superar o seu próprio recorde: o de piloto mais velho a correr na prova de Fórmula 3 do Circuito da Guia.

O piloto nipónico de Fórmula 3 de 51 anos começou e terminou a sua participação na prova de então na quinta-feira. Na sessão de treinos livres, o então campeão da classe secundário do Campeonato Japonês de Fórmula 3, bateu logo na sua primeira volta à pista. Reparado o monolugar Dallara-Volkswagen para a qualificação da tarde, “Dragon” voltou a bater de frente nas barreiras de protecção, junto à Polícia, logo na sua primeira volta rápida, mas desta vez magoou-se num dedo e assim deu por terminada a sua participação na prova. Apesar do infortúnio e da curtíssima passagem pela prova, o japonês prometeu voltar e vai cumprir a promessa.

Os campeões da Europa e Japão de Fórmula 3, assim como o vencedor do ano passado, encabeçam uma lista de inscritos de grande qualidade da Taça do Mundo FIA de Fórmula 3. O vencedor da edição de 2017, o britânico Dan Ticktum, também estará presente, assim como o jovem piloto de Macau Charles Leung.

Borrachas japonesas para todos

Pela 35ª vez, a Yokohama, através da sua gama desportiva Advan, que celebra o seu quadragésimo aniversário, irá ser o fornecedor exclusivo de pneus do Grande Prémio de Macau de Fórmula 3. Desde 1983, quando a categoria foi introduzida no Grande Prémio, apenas por uma vez, em 2016, o construtor japonês não foi o fornecedor exclusivo da prova, tendo na altura perdido o concurso anual aberto pela FIA para a rival Pirelli.

O Grande Prémio de Macau é o evento desportivo asiático mais importante para o construtor fundado em 1917. A marca japonesa também fornece dos pneus da Taça do Mundo FIA de Carros de Turismo (WTCR) e alguns concorrentes da Taça de Carros de Turismo de Macau.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários