João Sousa eliminado na primeira ronda do torneio de ténis de Pequim

O tenista português João Sousa, 43.º do ‘ranking’ mundial, foi ontem eliminado na primeira ronda do torneio de Pequim, na China, em piso duro, ao perder com o russo Andrey Rublev, 68.º da hierarquia.

O número 1 nacional cedeu em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-0 e 6-4, em apenas uma hora e sete minutos.

João Sousa foi completamente dominado no primeiro ‘set’ e no segundo sofreu um ‘break’ logo no terceiro jogo e não mais recuperou, tendo o primeiro e único ponto para quebrar o serviço ao adversário já no 10.º jogo.

O tenista luso não conseguiu, porém, concretizá-lo e fazer o 5-5, com o russo a vencer, então, três pontos consecutivos e a selar a vitória.

João Sousa admite incapacidade de superar “altíssimo nível” de Andrey Rublev
O tenista português João Sousa admitiu ter sido incapaz de contrariar o “altíssimo nível” demonstrado pelo russo Andrey Rublev na partida que ditou a sua eliminação na primeira ronda do torneio de Pequim.

“Não consegui vencer, o Andrey fez um encontro muito bom, aqui as condições de jogo eram-lhe muito favoráveis e a verdade é que fez um encontro muito bom, não tive qualquer hipótese para contrariar o estilo de jogo dele, muito forte. Conseguiu jogar a um altíssimo nível e eu, sinceramente, não consegui encontrar esse antídoto para fazer frente a esse bom nível dele. Daí a vitória contundente por parte dele”, disse, em mensagem divulgada pela assessoria de imprensa do jogador.

O número um português cedeu em dois ‘sets’ frente ao 68.º da hierarquia, pelos parciais de 6-0 e 6-4, em apenas uma hora e sete minutos. “Agora é preparar da melhor maneira o próximo torneio em Xangai, onde vou disputar o ‘qualifying’ para tentar voltar a esse bom nível e tentar fazer bons encontros lá”, disse.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários