Automobilismo | Rodolfo Ávila e André Couto alcançaram pódios em Ningbo

À imagem da ronda anterior do CTCC, Ávila voltou a ser o piloto mais rápida na qualificação, mas um problema no arranque fez com que caísse logo para o último lugar na primeira corrida

Rodolfo Ávila e André Couto, ambos em VW Lamando, conseguiram dois terceiros lugares na quinta ronda do Campeonato de Carros de Turismo da China (CTCC). Contudo, a frustração foi o sentido dominante, uma vez que nas diferentes provas os colegas de equipa sentiram que ficaram muito perto de subir ao lugar mais alto do pódio.

Logo na sessão de qualificação, Ávila mostrou que estava em Ningbo para andar entre os mais rápidos e alcançou primeiro lugar. O resultado fazia antever para o piloto de Macau a possibilidade de disputar os lugares do topo na primeira corrida do fim-de-semana. Por sua vez, André Couto foi o segundo mais rápido, mas devido a uma penalização por ter ultrapassado os limites da pista foi relegado para a quinta posição.

Na primeira corrida, Rodolfo Ávila partia à procura da primeira vitória em dois anos de CTCCC, mas as suas aspirações ficaram comprometidas logo no arranque devido a um problemas de travões. Assim, ainda na recta da meta, o piloto local caiu para último. Até ao final, recuperou até ao nono lugar.

“Foi bastante desapontante porque sabia que tinha todas as condições para vencer”, afirmou o vice-campeão do CTCC de 2017. “Os travões de trás ficaram bloqueados por uma volta e fui ultrapassado por todos os meus adversários. Depois do carro voltar ao normal, limitei-me a recuperar o maior número de posições possível”, acrescentou.

Quanto a Couto, que se estreou no CTCC, conseguiu subir de quinto para terceiro, lugar em que terminou a primeira corrida. “Foi o melhor possível”, começou por dizer após a prova. “Comecei em quinto e durante a corrida senti-me bem no carro. Fiz a volta mais rápida. Mas preciso de aumentar o meu ritmo e controlar melhor a degradação dos pneus”, apontou.

O grande vencedor acabou por ser Ye Hong Li (KIA), seguido por Ruo Xi Ou Yang (Senova).

Ávila novamente azarado

Na última prova do fim-de-semana, Ávila, devido à inversão da grelha de partida, arrancou de segundo. Porém, o piloto voltou a ser azarado. Desta feita sofreu um toque de um adversário, entrou em pião e caiu para sexto. Até ao final ainda recuperou e conquistou um merecido pódio.

“Consegui terminar em terceiro, o que não foi óptimo, mas também não foi mau para as contas do campeonato. Voltámos a mostrar que temos andamento para lutar pelos primeiros lugares, mas temos que nas próximas corridas traduzir isso em vitórias”, frisou.

Já André Couto mostrou um bom ritmo mas acabou em 13.º, depois dos cintos-de-segurança terem aberto, o que obrigou um piloto a uma paragem nas boxes.

Em termos do resultado final da corrida, Ye Hong Li (KIA), foi repetiu a vitória do dia anterior e o colega de equipa Zhang Zhen Dong foi segundo.

Após cinco rondas, Ye Hong Li lidera o campeonato com 120 pontos, mais 50 do que Rodolfo Ávila, que tem 70. Ao nível das equipas a KIA lidera com 232, mais 52,5 pontos do que a VW, que tem 179,5 pontos.

A próxima ronda do campeonato disputa-se já este fim-de-semana, em Wuhan.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários