PARTILHAR
DR

O selecionador português de futebol feminino, Francisco Neto, disse hoje esperar “qualidade, empenho e máxima dedicação” da equipa nacional nos próximos jogos de qualificação para o Mundial de 2019, o primeiro dos quais com a Roménia, na terça-feira.

Apesar de a seleção portuguesa de futebol feminina estar já matematicamente afastada do próximo Campeonato do Mundo, que se realiza em França, Francisco Neto assegurou que o compromisso das jogadoras nacionais “é sempre muito grande e a motivação está sempre presente”.

“Estamos tristes por não estarmos mais na luta pelo Mundial, que era um objetivo muito desejado. Mas estamos cientes de que há nove pontos em disputa e temos uma imagem para valorizar (…). Por isso, só espero qualidade, empenho e máxima dedicação da parte das nossas jogadoras. Vamos entrar com grande vontade de vencer”, afirmou, citado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Antes do treino de adaptação ao Estádio Municipal de Botosani, onde Portugal defronta na terça-feira a congénere da Roménia, Francisco Neto antecipou que a Roménia é “uma equipa forte que criará grandes dificuldades”.

A seleção portuguesa de futebol feminino ficou definitivamente afastada na sexta-feira da fase final do Mundial2019, ao perder frente à Itália, por 3-0, em jogo do Grupo 6 da fase qualificação.

Portugal necessitava de vencer as líderes do grupo para manter a possibilidade de chegar pela primeira vez a um campeonato do mundo, depois da histórica presença no Europeu de 2017, na Holanda, enquanto as italianas apenas precisavam de um ponto para confirmar o acesso à fase final da competição, em França.

A seleção de Milena Bartolini assegurou o primeiro lugar, com 21 pontos em sete jogos, mais 11 do que a Bélgica, segunda com 10, enquanto Portugal permanece no terceiro posto, com os mesmos quatro da Roménia – a Moldávia ocupa o quinto lugar, com um ponto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here