PARTILHAR
Entre os dias 23 de Fevereiro e 24 de Março, Hong Kong recebe o HK Arts Festival. O evento é um clássico da região vizinha, sendo que a edição deste ano é 46ª. O cartaz de 2018 dá algum destaque à cultura russa com uma vasta oferta de concertos e bailado

 

O HK Arts Festival arranca com um clássico trazido para palco: “Anna Karenina”. O bailado, interpretado por uma das companhias de dança mais prestigiadas da Europa, a Ballett Zürich, que imprime à obra imoprtal de Leo Tolstoy a graciosidade da dança clássica.

O incontornável romance da literatura russa foi alvo de várias interpretações, tanto no teatro como no grande ecrã, com protagonistas como Greta Garbo e Keira Knightley a encarnar a histórica personagem. Agora chega a Hong Kong a versão em ballet de um dos dramas mais poderosos e românticos das artes escritas. O espectáculo terá lugar no Grand Theatre do Hong Kong Cultural Centre, nos dias 23 e 24 de Fevereiro às 19h30.

“Anna Karenina”, uma produção de o coreógrafo e director da companhia suíça Christian Spuck, conta com a música de Rachmanino, Lutoslawski, Tsintsadze e Bardanashvili.

O clássico de Tolstoy vive do choque entre a inevitabilidade de paixões proibidas e as normas sociais da Rússia do século XIX, personificado na trágica Anna Karenina e no seu casamento falhado.

A companhia Ballett Zürich leva ao Hong Kong Cultural Centre uma história que oscila entre o erotismo do amor exuberante e o mais escuro dos desesperos, um espectro emocional representado na coreografia.

Rach 3

Nos dias 8, 9 e 10 de Março, às 19h15, o Hong Kong Cultural Centre recebe, “Evgeny Svetlanov”, um ciclo de concertos, em três actos do genial compositor e pianista russo Sergei Rachmaninoff. Em palco estará o pianista clássico Denis Matsuev, acompanhado pela State Academic Symphony Orchestra of Russia. Os concertos, conduzidos pelo maestro Kristjan Järvi, focam-se na obra completa de Rachmaninov para piano, na Rapsódia e no Tema para Paganini para piano e orquestra. Ao longo do festim musical, o público pode ainda apreciar a música sinfónica de Stravinsky e Tchaikovsky. As diferentes composições seguirão um ciclo que arranca com “Raízes”, no dia seguinte é “Ressurreição” e na última performance “Redescoberta”.

O título do ciclo de concertos “Evgeny Svetlanov” é também o nome do maestro que levou State Academic Symphony Orchestra of Russia, fundada em 1930, a ser aclamada mundialmente. Este espectáculo que chega em Março a Hong Kong tem merecido a aclamação da crítica por onde tem passado.

Outro dos destaques do HK Arts Festival é a performance de um casal, marido e mulher, que ali a música do violino à dança clássica. Svetlana Zakharova e Vadim Repin apresentam nos dias 27 de 28 de Fevereiro no Hong Kong Cultural Centre “Pas de deux for Toes and Fingers”.

Svetlana Zakharova e Vadim Repin são considerados como uns dos artistas mais virtuosos da sua geração, no que a bailado e violino diz respeito.

A bailarina tem sido aclamada pela crítica como um dos maiores talentos da companhia Bolshoi, enquanto que o seu marido tem coleccionado elogios desde que foi o mais jovem vencedor do prémio Queen Elisabeth Competition em Bruxelas.

O programa que trazem ao HK Arts Festival alterna entre peças puramente instrumentais e solos elaborados de compositores e coreógrafos internacionais seleccionados pelo casal de artistas.

O cartaz do evento conta ainda com a actuação da Estonian National Symphony Orchestra e o Estonian National Male Choir, com a Danish National Symphony Orchestra e com espectáculos de ópera tradicional chinesa.

Durante 17 e 18 de Março, o festival dá destaque às músicas do mundo, com particular destaque para o colorido da música klezmer do Europa Oriental, passando pelo spoken word da sul-coreana A Pansori, e pela originalidade de Namgar, uma artistas que tem sido apelidada como a Björk mongol.

Durante um mês não vão faltar motivos para fazer a travessia no jetfoil para beber alguma cultura de um dos mais antigos festivais de artes da região vizinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here