BMW Art Car projectado por Cao Fei no Grande Prémio de Macau

No fim-de-semana passado, em Daytona Beach, nos Estados Unidos da América, a BMW Motorsport confirmou que o próximo “BMW Art Car” – que em 2015 foi concessionado à artista chinesa Cao Fei e que só este ano será apresentado ao público – será visto a competir, pela primeira e única vez, em Novembro no Grande Prémio de Macau. Apesar do enorme historial da BMW no Circuito da Guia, onde é o único fabricante a ter vencido provas de automóveis e motos, esta será a primeira vez que um “BMW Art Car” correrá no evento de automobilismo mais expressivo do Sudeste Asiático.

A artista multimédia chinesa Cao Fei foi a escolhida para projectar este 18º carro da colecção BMW Art Car, juntando o seu nome a um rol de artistas famosos como Alexander Calder, Frank Stella, Roy Lichtenstein, Andy Warhol, Robert Rauschenberg ou David Hockney, que pintaram modelos BMW icónicos ao longo nas últimas quatro décadas. Com 39 anos, Fei, talvez mais conhecida por seu projecto online RMB City (um mundo virtual projectado para o jogo de realidade alternativa Second Life), vai tornar-se a artista mais jovem a fazer um trabalho desta natureza para a BMW. Por nunca ter trabalhado com automóveis antes, Fei debruçou algum tempo na investigação da relação intercultural entre o público e avanços na tecnologia de condução, especialmente na República Popular da China, de uma forma nunca antes vista.

A escolha da artista chinesa coube a um painel de doze juízes, directores e curadores de alguns dos mais prestigiados museus de arte contemporânea do mundo, tais como o Museu Solomon R. Guggenheim ou o Museu Whitney de Arte Americana, ambos em Nova Iorque. Esta colecção nasceu em 1975 quando o piloto amador francês e apaixonado por arte, Hervé Poulain, em colaboração com o então director da BMW Motorsport, Jochen Neerpasch,  pediram ao seu amigo e reputado escultor francês Alexander Calder para lhes desenhar um carro. O resultado foi um BMW 3.0 CSL, que em 1975 participou nas 24 horas de Le Mans e rapidamente se tornou o carro favorito dos fãs pela sua decoração desigual, assim nascendo a Colecção BMW Art Car. Para além de estarem expostos no museu da marca alemã em Munique, estes carros viajam um pouco por todo o mundo para exposições.

Um português ao volante?

O carro a apresentar por Cao Fei em Macau será um BMW M6 GT3 e até poderá ser conduzido por um piloto português. António Félix da Costa é um dos pilotos que pertence aos quadros da BMW Motorsport e provavelmente aquele que melhor conhece o Circuito da Guia. O jovem de Cascais venceu por duas vezes o Grande Prémio de Fórmula 3  e o ano passado deixou claro em declarações aos jornalistas que queria regressar num futuro próximo à prova de Macau, não num Fórmula 3, mas sim num carro de GT.

Sobre a participação no Grande Prémio, a BMW Motorsport ainda não decidiu se alinhará com a sua equipa oficial ou se fará representar por uma equipa privada. “Ainda não decidimos”, disse fonte oficial da BMW ao HM. “Como é sabido, o ano passado participamos com uma equipa-cliente, esta também pode ser uma opção em 2017”.

Nenhum dos BMW Art Car até aqui produzidos para competição foi conduzido por pilotos portugueses.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários