PARTILHAR

A Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) confirmou que a nova lei referente ao ensino técnico-profissional poderá estar na Assembleia Legislativa (AL) no próximo ano ou em 2018, sendo que a conclusão do processo legislativo esteve previsto para 2015. A elaboração do Plano de Desenvolvimento Quinquenal levou ao atraso da revisão da lei.
Segundo o jornal Ou Mun, Ng Wai Hong, chefe da divisão do ensino secundário e técnico da DSEJ, confirmou que a nova lei vai aumentar a flexibilidade da estrutura dos actuais currículos, dos participantes das empresas e dos professores.
Ng Wai Hong disse que actualmente existem 1300 estudantes a tirar cursos técnicos e profissionais em Macau, sendo que 5% diz respeito ao estudantes do ensino secundário. O responsável da DSEJ lembrou que nos últimos anos o Fundo de Desenvolvimento Educativo implementou um subsídio especial para educação técnico-profissional por forma a serem elaborados estágios.
O responsável confirmou ainda a criação de um “Centro de Prática de Educação Profissional” em Seac Pai Van para a formação na área da cozinha e indústrias culturais e criativas, estando prevista a oferta de exames de credenciação. O seu funcionamento deverá começar em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here