PARTILHAR

Abre amanhã, pelas 18h30, na casa Garden, “Distant Shore”, a mais recente exposição do artista cabo-verdiano Alex da Silva. A mostra, promovida pela Associação de Divulgação da Cultura Cabo-verdiana (ADCC) de Macau, acontece na comemoração do seu segundo aniversário, em que se juntam também os quarenta anos das relações diplomáticas com a China.
A exposição reúne cerca de trinta obras que, segundo a organização, são exemplos da pintura nacional contemporânea. A ADCC salienta ainda que Alex da Silva conta já com um vasto currículo, sendo referência nas artes plásticas no espaço dos países de Língua Portuguesa. Alex da Silva teve formação na Holanda, na Willem de Kooning Academy em Roterdão e pós-graduação e mestrado na Minerva Academy, em Groningen, país onde também reside alternadamente com Cabo Verde.
Com obra feita nas áreas da pintura, desenho com colagem, fotografia e escultura, o artista tem visto o seu trabalho a ser exposto um pouco por todo o mundo. A exposição ficará patente até 21 de Abril, seguindo para Pequim, e conta com entrada livre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here