PARTILHAR

Celebra-se hoje o Dia Mundial do Consumidor e o tema escolhido para a edição deste ano é “Antibióticos Fora do Menu”, conforme explica o Conselho de Consumidores (CC). Numa campanha mundial, lançada pelo Conselho Internacional de Consumidores, da qual faz parte o grupo de Macau, o CC apela a que todos os sectores de restauração parem de servir e vender carnes de animais com antibióticos.
“A questão da resistência dos micróbios aos antibióticos tem vindo a amplificar cada vez mais, pelo que a Organização Mundial de Saúde (OMS) indicou que se não for adoptada uma acção urgente, o ser humano poderá entrar numa era de pós-antibióticos, onde infecções comuns e pequenas lesões que têm cura há dezenas de anos podem voltar a ser letais”, defendeu o CC em comunicado à imprensa.
Actualmente, metade dos antibióticos produzidos mundialmente são utilizados na indústria agrícola, sobretudo na promoção do crescimento e prevenção de doenças de animais domésticos, e não para a cura de doenças. Até 2030 espera-se que o uso de antibióticos na indústria agrícola aumente dois terços, de 63 mil toneladas para 105 mil toneladas.
O CC explica ainda que vai entrar em cooperação com o Centro de Segurança Alimentar do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) a fim de organizar a realização de palestras de sensibilização sobre as legislações relativas a resíduos de medicamentos veterinários e à segurança alimentar, divulgando ainda a lista de substâncias proibidas para o uso junto das “lojas certificadas” de restauração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here