PARTILHAR

Dois agentes de fiscalização dos Serviços de Saúde (SS) foram, neste passado sábado, agredidos por um indivíduo que estava a fumar num local onde o acto é proibido. O infractor encontrava-se de cigarro aceso dentro de um restaurante em São Lourenço, quando quatro agentes das rusgas anti-tabaco foram notificados do sucedido.
Ao chegarem ao local, um outro homem que estava sentado com o infractor aconselhou-o a não apresentar os documentos de identificação e negar que tinha estado a fumar. Depois de alguns insultos, os restantes fiscais intervieram, mas o infractor não só continuou a insultá-los, como agarrou dois deles pelo pescoço e fez ameaças com uma garrafa de vidro em riste. Após terem conseguido controlar o indivíduo, chamaram a polícia, mas o fumador fingiu ter caído no chão para mais uma vez pontapear os agentes e aproveitar para fugir do local.
O homem foi mais tarde detido pela PSP e sujeito a uma investigação, estando acusado de cometer um crime contra a integridade física e ameaça. Os agentes dos SS tiveram mesmo que receber tratamento no S. Januário.
“Os SS repudiam os actos de violência e reafirmam que este tipo de comportamento não pode ser tolerado daí que este caso terá um acompanhamento rigoroso até ao apuramento da responsabilidade legal deste infractor”, afirmam os SS em comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here