PARTILHAR

Os professores da Universidade de Macau (UM) Mao Haijian e Li Ping receberam o bronze nas categorias de Monografia e Artigo Académico, respectivamente. Ambos pertencem ao departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais e os galardões foram-lhes atribuídos numa das sucursais do Ministério da Educação chinês. A obra de Mao foi publicada em 2011 e trata-se de uma investigação sólida sobre a Reforma dos 200 Dias praticada pela Dinastia Qing. O artigo do professor Li explora o desenvolvimento da identidade do Imperador Amarelo durante a história da China, tendo sido publicado pela Ciências Sociais na China, em 2012. Este ano foram premiadas 908 dos seis mil documentos entregues, dos quais 50 foram primeiros lugares, 251 foram bronze e outros 596 venceram a terceira posição. Este galardão foi criado pelo Ministério da Educação em 1995 e tem o objectivo de premiar os melhores trabalhos de investigação na área da Filosofia e das Ciências Sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here