PARTILHAR

Os Serviços de Saúde (SS) emitiram ontem um comunicado onde dão conta que apenas sete farmácias venderam medicamentos sem receita médica desde 2013. Foi registado um caso nesse ano, mais três casos o ano passado e três casos nos primeiros três trimestres deste ano, estando já a decorrer os processos sancionatórios contra esses locais. Desde 2013, o Governo já terá efectuado um total de 2116 acções de inspecção às farmácias locais. A lei que regula a venda de medicamentos data de 1990, podendo as sanções variarem entre as duas mil e 12 mil patacas. No mesmo comunicado, os SS ponderam aumentar os valores das multas. “Em referência à experiência de gestão de assuntos farmacêuticos internacionais, na eventual revisão das vigentes legislações de monitorização de medicamento, pretende-se criar sanções mais pesadas para que esta tenha efeitos mais dissuasores”, pode ler-se.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here