GP | Zhuzhou recebeu primeiras provas de apuramento

As provas de apuramento para o 71.º Grande Prémio de Macau, da competição de carros de Turismo organizada pela Associação Geral Automóvel de Macau-China (AAMC), a Macau Roadsport Challenge, tiveram o seu início no pretérito fim de semana no Circuito Internacional de Zhuzhou

 

Apesar da distância às RAEs, a competição reuniu mais de sessenta pilotos inscritos, sendo apenas catorze da RAEM. Dada a popularidade da competição que junta em pista os Toyota GR86 (ZN8) e os Subaru BRZ (ZD8), a AAMC viu-se obrigada a dividir por sorteio o pelotão em duas grelhas, o que obrigou a realização de quatro corridas ao longo do fim de semana. Numa pista que era nova para a grande maioria dos pilotos e sob condições meteorológicas que não tornaram a vida fácil para pilotos e equipas, assistiram-se a quatro corridas muito animadas e que adiaram muitas decisões para a próxima e final jornada dupla a realizar em Julho.

No Grupo A ficaram colocados dois nomes portugueses bem conhecidos do automobilismo de Macau, Rui Valente e Jerónimo Badaraco, que este ano está a fazer a sua estreia nesta disciplina de carros de Turismo. Os dois veteranos pilotos do território tiveram qualificações modestas, 23.º e 27.º respectivamente, o que os colocou numa posição difícil para as corridas, pois é sabido que no meio do pelotão as lutas por posições são mais aguerridas e o risco de acidente muito maior.

Resolvidos alguns problemas de afinações encontrados na qualificação, Rui Valente conseguiu levar o seu BRZ ao 19.º lugar na primeira corrida e, com muito esforço e resistindo a alguns toques da concorrência, ao 14.º lugar no segundo confronto. O apuramento não está fácil para o piloto português que terá que entrar no Top-10 nas duas corridas de faltam. “Noni” também não ficou com a vida facilitada, pois aos comandos de um GR86 foi 23.º e 18.º classificado.

Neste grupo, Damon Chan de Hong Kong venceu as duas corridas, à frente de Adrian Chung, ao passo que Tse Ka Hing e Loo Long Yin dividiram os terceiros lugares.

Outros dois estreantes

No Grupo B encontraram-se dois pilotos macaenses que na época passada estiveram afastados das pistas e também eles fizeram a sua estreia na categoria este fim de semana: Célio Alves Dias e Sabino Osório Lei. Na qualificação, Sabino colocou o GR86 da equipa 778 Auto Sport num espectacular quinto lugar, enquanto Célio Alves Dias foi apenas o 21º no seu primeiro contacto com o GR86. A primeira corrida não correu bem a Sabino Osório Lei, que terminou no 14º lugar, mas um precioso terceiro lugar no segundo embate coloca-o com um pé dentro do Grande Prémio. Já Célio Alves Dias aplicou a sua experiência e escalou até ao 12º lugar na corrida de sábado, enquanto que na contenda de domingo viu a bandeira de xadrez no 18º posto, o que o obrigará a continuar a lutar por uma vaga.

Neste grupo, Chan Ka Ping – o piloto de Macau treinado por Filipe Souza – venceu a primeira corrida, terminando à frente do seu companheiro de equipa, Cheng Hoi Man, e Hu Zuoliang do Interior da China. Jactin Chung, de Hong Kong, triunfou na segunda prova, fazendo-se acompanhar no pódio por Chan e Sabino.

A segunda jornada dupla do Macau Roadsport Challenge, que será novamente disputada no traçado localizado na Província de Hunan, está marcada para o fim-de-semana de 6 a 7 de Julho. A 71ª edição do Grande Prémio de Macau decorrerá de 14 a 17 de Novembro.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários