Incêndio destrói ponte de madeira mais antiga da China

Um incêndio reduziu a cinzas a ponte Wan’an, construída há 900 anos durante a dinastia Song (960-1127) e considerada a ponte de madeira mais longa e antiga da China, informou hoje a imprensa local.

A ponte, localizada na vila de Pingnan, na província de Fujian, sudeste da China, começou a arder, na noite de sábado. O colapso da estrutura não causou vítimas, de acordo com o jornal oficial Global Times. Ainda não se conhece o motivo do incêndio.

“Acho que a origem do incêndio foi humana, não um desastre natural, pois a combustão espontânea de uma ponte sobre a água é muito rara”, disse Xu Yitao, especialista em arquitetura antiga da Universidade de Pequim, citado pelo jornal.

O fogo permaneceu ativo ao longo de dez horas, embora a estrutura de madeira da ponte tenha desabado durante os primeiros vinte minutos do incêndio.

Conhecida como “Ponte da Paz Universal”, a estrutura tinha quase cem metros de comprimento e um enorme valor cultural e arquitetónico, pois ilustrava as tradicionais técnicas e conhecimentos chineses nas construções de madeira.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários