Macau Solidário | 105 mil patacas em menos de 48 horas

A comunidade portuguesa em Macau já arrecadou 105 mil patacas em menos de 48 horas para comprar material médico para Portugal associado ao combate do surto da covid-19. O valor foi avançado à agência Lusa pelo presidente do Banco Nacional Ultramarino (BNU), Carlos Álvares.

O dinheiro angariado, num tão curto espaço de tempo, “é animador”, disse a presidente da Casa de Portugal em Macau, Amélia António, uma das entidades que pertence ao movimento solidário que se propõe recolher fundos para adquirir equipamento de protecção para os profissionais de saúde em Portugal e material, que garanta mais testes para despistar a covid-19.

O movimento junta quase duas dezenas de entidades e personalidades e, em cerca de 12 dias quer apoiar Portugal “no esforço de guerra” face ao surto do novo coronavírus, estabelecendo como prioridade a aquisição de equipamento que proteja todos aqueles que estão na linha da frente e a capacidade nacional de detecção de casos, explicaram os seus membros.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários