Epidemia | Governo usa Pousada Marina Infante para receber turistas de Hebei

A Pousada Marina Infante, localizada no Cotai, será usada a partir de hoje como lugar de acolhimento de turistas provenientes da província de Hebei. O comunicado foi ontem emitido e explica ainda que o encaminhamento dos cidadãos de Hubei será feito de forma gradual e que tal não aconteceu mais cedo pelo facto da pousada ter estado aberta ao público até esta quarta-feira.
Desta forma, pretendeu-se “evitar que as pessoas ali hospedadas, e que circulavam livremente, fossem vistas como as que estariam em isolamento e que a situação gerasse confusão desnecessária entre a população”. “Por isso o governo considerou prudente anunciar a referida medida apenas depois de todos os hóspedes terem deixado as referidas instalações hoteleiras”, acrescenta a mesma nota.
Entretanto, os Serviços de Saúde de Macau (SSM) “já transmitiram as devidas recomendações aos trabalhadores do referido hotel”, estando previsto o destacamento de agentes policiais para o local a fim de procederem “aos respectivos trabalhos de gestão e segurança”.
A escolha da Pousada Marina Infante para este fim deve-se ao facto de esta unidade hoteleira estar “localizada fora da área residencial, minimizando o impacto na sociedade”.
Até às 21h30 desta quarta-feira encontravam-se no território 26 turistas oriundos da província de Hubei (13 indivíduos do sexo masculino e 13 do sexo feminino), e que estavam colocados em isolamento na Pousada da Juventude de Hac-Sa. “Por motivos de se ter atingido o limite da lotação dos quartos de quatro e duas camas, caso aumente o número de pessoas a necessitar de isolamento, ter-se-ão de abrir os quartos de 16 camas no rés-do-chão”, explica ainda o Governo.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários