Saúde | Governo alerta para surto de hepatite A na Coreia do Sul

Os Serviços de Saúde (SS) emitiram um comunicado a alertar para o surto de hepatite A que está a afectar a Coreia do Sul, onde desde o início do ano foram registados mais de 14.000 casos, número bastante superior ao de anos anteriores. Entre 2014 e 2018 foram registados anualmente na Coreia do Sul cerca de 5.000 casos.

Este ano, os casos detectados concentram-se principalmente em Gyeonggi-do, Seul e Daejeon, com as autoridades locais a suspeitar que a situação esteja relacionada com consumo de conchas do mar cruas em conserva. Face a esta situação, os SS “apelam aos residentes de Macau que se desloquem a esta região para prestarem atenção à higiene alimentar e evitarem comer alimentos que não tenham sido devidamente cozinhados.”

Importa referir que os SS registaram, através de declaração obrigatória de doenças transmissíveis, 18 casos de hepatite A entre 2014 e o dia 17 de Setembro de 2019. Números que reflectem uma média anual de aproximadamente três casos, sem registo de correlação, ou contágio, entre si, nem óbitos.

Os SS apelam ao cuidado de quem visitar a Coreia do Sul com o consumo de alimentos de alto risco, principalmente quando não são bem cozinhados, como marisco, ostras, ameijoas, camarões, caranguejos, assim como frutas e legumes que possam ter sido contaminados.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários